Ganhador.com

Brasileirão Série A

Palmeiras tem rodada dos sonhos, e apostadores lucram 263% com vitória do Inter sobre o Fla

Figueirense x Palmeiras

Nada como uma rodada após a outra. Com toda a polêmica gerada após a contestada vitória rubro-negra no Fla-Flu e o empate diante do irregular Cruzeiro, na quinta-feira (13), o Palmeiras viu a diferença na liderança para o time da Gávea cair para apenas um ponto. Mas em um domingo redentor, o Verdão voltou ao patamar de quatro pontos de distância para o vice-líder. Abaixo, você entenderá melhor.

Com os flamenguistas colados no cangote, os jogadores alviverdes foram a Florianópolis conscientes de que os três pontos eram o único resultado que importava. Afinal, além de enfrentar o Figueirense, agonizando, mais do que nunca, na zona de rebaixamento, o Flamengo encontra-se em um momento iluminado, além de também encarar um time do Z-4 na rodada.

Mas, no fim, o Palestra foi frio e objetivo. Em tarde artilheira do volante Jean, que marcou os dois gols do triunfo por 2 a 1 (Rafael Carioca descontou), a equipe de Cuca consolidou-se no topo da tabela e proporcionou aos apostadores o faturamento de R$ 2,11 por R$ 1. E será um confronto que ainda vai dar o que falar, graças às dúvidas geradas com relação aos pênaltis marcados — um de cada lado. Mas isso não cabe a nós.

E na partida que acontecia em paralelo, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, o Internacional — para alívio do lado vermelho do Rio Grande Sul —, escapou momentaneamente da zona da degola e, de quebra, fez o Flamengo se desgarrar um pouco do Palmeiras. Mas foi sofrido. E como foi!

Os gols aconteceram na segunda etapa. O zagueiro Réver, após cobrança de falta precisa de Diego, testou para abrir o placar para os cariocas. Na raça, o Colorado virou com Sacha e Vitinho, melhor jogador em campo. Com relação aos ganhos dos investidores, havia um fato curioso, já que a cotação para o triunfo de ambos era a mesma. Portanto, quem acreditou nos gaúchos levou R$ 2,63 sobre cada real.

Em um domingo com a cara do Rio de Janeiro, com os termômetros batendo na casa dos 40 graus, o Botafogo recebeu o Atlético-MG no caldeirão em que se transforma a arena que leva o nome do clube da estrela solitária, na Ilha do Governador. Em um jogão, que poderia perfeitamente ter terminado com o marcador favorável para qualquer lado, acabou prevalecendo a insistência do Glorioso, que garantiu os três pontos no finzinho e, assim, manteve-se na quinta posição. Já os atleticanos permanecem no terceiro lugar, mas agora, a oito pontos do Verdão.

O Bota fez 2 a 0 no primeiro tempo, com um gol polêmico de Bruno Silva e um belo arremate de primeira de Rodrigo Pimpão. O Galo acordou na etapa complementar e empatou com Fred, eterno carrasco dos botafoguenses, e Leonardo Silva. Mas, quando todos imaginavam que os alvinegros ficariam com somente um ponto cada, Dudu Cearense aproveitou escanteio batido da esquerda para decretar a quarta vitória consecutiva do Botafogo no Brasileirão. Quem confiou no triunfo do mandante e embolsou R$ 2,52/R$ 1 deve ter corrido para o alambrado de tanta felicidade.

No estádio Durival de Britto, o Atlético-PR ganhou o clássico contra o Coritiba com autoridade. O placar de 2 a 0 foi construído com os gols de Matheus Rossetto e Pablo. O triunfo do Furacão rendeu a bagatela de R$ 2,03/R$ 1 e deixou o time na posição que fecha o G-6, situação que mudaria em caso de vitória do Fluminense, hoje, às 20h (horário de Brasília), em Édson Passos, contra o São Paulo.

Pelo mesmo placar, o Corinthians voltou de vez à luta por uma vaga na próxima edição da Libertadores, ao bater o América-MG, praticamente sem chances de se salvar da queda para a Série B, no Itaquerão. Em confronto que marcou a estreia de Oswaldo de Oliveira no comando do Timão, os gols do triunfo corinthiano foram anotados por Romero e Rodriguinho. Quem investiu nos atuais campeões brasileiros obtiveram retorno de 36%.

Já na Vila Belmiro, o Santos decepcionou a torcida e não saiu do 1 a 1 contra o Grêmio, em um duelo diretamente ligado às disputas no G-6. Everton inaugurou o marcador para os visitantes, enquanto Fabián Noguera deu números finais ao jogo, que garantiu lucro de 356% para quem cravou o palpite de coluna do meio. Com o empate, o Peixe estacionou no quarto lugar. Em compensação, o tricolor gaúcho caiu para oitavo.

 

Confira os demais resultados nas partidas de domingo, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro:

  • Cruzeiro 0 x 0 Chapecoense – Empate pagou R$ 3,81
  • (R$ 1,63) Ponte Preta 3 x 0 Santa Cruz
  • (R$ 1,91) Sport Recife 1 x 0 Vitória

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar