Fórmula 1

Campeão da F1 sai no Brasil? Se prognóstico de Hamilton for confirmado, ainda não

Foto: Mark Thompson/Getty Images

A Fórmula 1 chega ao Grande Prêmio do Brasil, penúltima prova do calendário, com a possibilidade de, mais uma vez, ser palco da consagração de um campeão, assim como já aconteceu com Fernando Alonso, Kimi Raikkonen, Lewis Hamilton, Jenson Button e Sebastian Vettel. Este ano, quem aparece mais cotado para ganhar o título é Nico Rosberg, da Mercedes. Mas Hamilton, seu companheiro de equipe, fará de tudo para impedir a primeira conquista do rival na categoria máxima do automobilismo.

E Rosberg pode realizar seu grande sonho no próximo domingo (13), no autódromo de Interlagos, com largada marcada para as 14h (horário de Brasília), desde que o atual bicampeão não vença a corrida. Para explicar o porquê, recorremos à matemática. Com 330 pontos, o piloto britânico tem 19 a menos que o alemão. Veja como seria possível a confirmação do título no Brasil:

  • Rosberg em 2º (+18)/ Hamilton em 4º (+12);
  • Rosberg em 3º (+15)/Hamilton em 6º (+8);
  • Rosberg em 4º (+12)/Hamilton em 8º (+4);
  • Rosberg em 5º (+10)/Hamilton em 9º (+2);
  • Rosberg em 6º (+8)/Hamilton em 10º (+1).

PROGNÓSTICOS PARA DOMINGO

Nos dois últimos GPs, como de costume, acertamos a projeção de vitória de Lewis Hamilton. E a mesma situação se repete em Interlagos, com o britânico aparecendo como favorito para subir ao degrau mais alto do pódio, quando este palpite proporcionará o pagamento de R$ 1,83 sobre cada real. Mas Nico Rosberg surge no vácuo do companheiro, com a margem de resgate de 263%.

CENÁRIO DA LUTA PELO TÍTULO

Há grande expectativa de uma condução mais segura de Nico, já que ele confirmaria a conquista com o segundo lugar no próximo domingo e no último compromisso da temporada, o GP de Abu Dhabi. Já Hamilton terá que dar tudo de si. E com a confiabilidade dos carros da Mercedes, problemas com o bólido prateado, como uma quebra durante a prova, são difíceis de acontecer. É um verdadeiro jogo de xadrez. O inglês vai “chamar pra briga”, mas o alemão, esperto e prudente, vai defender (fugir) seus pontos até o fim. Já decidiu em quem apostar?

MEROS EXPECTADORES OU FIÉIS DA BALANÇA?

Daniel Ricciardo (RBR) é o piloto com mais chances de se sobressair à dupla da Mercedes, quando o triunfo do australiano no GP do Brasil vale R$ 12/R$ 1. Na sequência, aparece o outro representante da Red Bull, o holandês Max Verstappen, que pode trazer 1300% de valorização nos aportes, caso receba a bandeira quadriculada. E são os condutores da equipe austríaca que podem ajudar Hamilton a tirar preciosos pontos de Nico Rosberg, que dificilmente irá se arriscar em uma disputa por posição.

Na sequência de sugestivas zebras, temos os ferraristas Sebastian Vettel e Kimi Haikkonen, com as cotações de R$ 13/R$ 1 e R$ 34/R$ 1, respectivamente. Mas estamos falando de possibilidades quase que por protocolo, pois a escuderia italiana, a mais tradicional da F1, não vê a hora de a melancólica temporada de 2016 chegar ao fim.

TERCEIRO ESCALÃO

É raro a Fórmula 1 reproduzir os roteiros de filmes sobre automobilismo, em que situações absurdas e vitórias épicas acontecem. Só assim mesmo para que um dos seis pilotos citados acima não chegue em primeiro lugar. Ou você acredita que um temporal pode tirar os carros de Mercedes, RBR e Ferrari da prova? Sendo assim, eis a lista dos postulantes a sortudo do ano:

  • Nico Hulkenberg e Sergio Pérez (Force India) – R$ 250/R$ 1;
  • Valtteri Bottas (Williams) – R$ 400/R$ 1;
  • Felipe Massa (Williams) – R$ 750/R$ 1;
  • Fernando Alonso e Jenson Button (McLaren) – R$ 1000/R$ 1.

POLE POSITION

Lewis Hamilton também leva o favoritismo, no que diz respeito à pole position, quando o melhor tempo no treino de classificação, marcado para o sábado, às 14h (horário de Brasília), renderia R$ 1,90/R$ 1. O valor sobe para R$ 2,20/R$ 1 com Nico Rosberg largando na melhor posição do grid. Confira, a seguir, os outros corredores com mais chances de sair na frente no GP do Brasil:

  • Ricciardo: R$ 13,00/R$ 1
  • Verstappen: R$ 15,00/R$ 1
  • Vettel: R$ 15,00/R$ 1
  • Raikkonen: R$ 26,00/R$ 1
  • Hulkenberg: R$ 200/R$ 1
  • Pérez: R$ 200/R$ 1
  • Bottas: R$ 300/R$ 1
  • Massa – R$ 500/R$ 1
  • Alonso – R$ 750/R$ 1

VOLTA MAIS RÁPIDA DO GP DO BRASIL

Única situação em que há um empate de palpites, com relação aos dois pilotos da equipe Mercedes, de acordo com Oddsshark.com/br. Veja a situação dos demais:

  • Hamilton: R$ 2,63/R$ 1
  • Rosberg: R$ 2,63/R$ 1
  • Ricciardo: R$ 9,00/R$ 1
  • Verstappen: R$ 9,00/R$ 1
  • Vettel: R$ 9,00/R$ 1
  • Raikkonen: R$ 15,00/R$ 1

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.