Ganhador.com

Apostas na Copa do Brasil 2018: como fazer seu palpite na reta final do torneio

A Copa do Brasil definitivamente caiu nas graças do torcedor. Criada no fim dos anos 1980, ela começou sendo encarada como um torneio caça-níqueis, sendo desprezada por alguns clubes. O São Paulo de Telê Santana, por exemplo, abriu mão de sua vaga, preferindo disputar outros torneios. Pior para o Tricolor, que ainda não tem o troféu.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Desde então, a competição cresceu, ganhou importância no calendário e passou a ser vista não apenas como um atalho para a Libertadores, mas sim como um título muito importante. Ninguém mais despreza a Copa do Brasil. Para completar, a CBF deu uma nova injeção de ânimo aos participantes ao reforçar a premiação na edição 2018.

O vencedor da Copa do Brasil neste ano sairá não apenas com o troféu e com uma vaga na Libertadores, mas também com até R$ 67 milhões na conta bancária, somando o prêmio concedido na final e as recompensas por cada etapa superada. O montante supera as premiações concedidas aos vencedores do Brasileirão e da Libertadores.

Outro fator que ajudou a alavancar a popularidade da competição foi a inclusão das equipes classificadas à Libertadores, que entram na briga a partir das oitavas-de-final. Durante muito tempo, a ausência desses clubes deixava o torneio um pouco esvaziado. Agora, porém, todas as potências do futebol brasileiro entram na briga, garantindo a realização de vários clássicos nacionais ao longo do certame.

Graças às rivalidades regionais e à presença de algumas das mais tradicionais equipes do futebol brasileiro, a segunda principal competição organizada pela CBF é uma das preferidas do torcedor. E a Copa do Brasil também oferece muita diversão para os adeptos das apostas esportivas.

Há diversas alternativas para você lucrar e se divertir, desde as apostas em um jogo específico até os palpites de longo prazo, em que você crava qual será o campeão ao longo da competição. O Ganhador preparou um guia com todas as informações de que você precisa para apostar até o fim de temporada.

 

Mata-mata do início ao fim

Nada menos de 91 clubes participam da briga pelo título da Copa do Brasil. A distribuição das vagas obedece a critérios técnicos: os Estados com clubes mais fortes e melhores resultados nos torneios organizados pela CBF são representados por mais clubes.

Enquanto Estados como Amapá, Tocantins e Espírito Santo ganham só uma vaga, São Paulo entrou com dez times na edição de 2018. Rio de Janeiro, Minas Gerais e Santa Catarina ficaram com sete vagas cada, à frente de Rio Grande do Sul (seis) e Paraná (cinco).

Como você já sabe, não há fase de grupos na Copa do Brasil: todas as etapas são eliminatórias. Uma recente mudança no regulamento aumentou a emoção das primeiras rodadas. Nas duas primeiras fases, os confrontos passaram a ser decididos em jogo único, com o empate favorecendo o visitante. O mando de campo é definido pelo ranking dos clubes: a equipe com pior colocação recebe a partida.

O sorteio dos primeiros cruzamentos, aliás, também é feito de acordo com o ranking da CBF, que separa as equipes em oito grupos para evitar choques precoces entre equipes de primeiro nível.

A terceira e a quarta fases são disputadas em jogos de ida e volta, e os times que superarem todas essas etapas disputam as oitavas com as agremiações que estavam na Libertadores. Como já citamos acima, esses clubes têm a vantagem de entrar na briga só nas oitavas. Ou seja: precisam de apenas oito jogos para chegar ao título (oitavas, quartas, semis e final, sempre em duelos de ida e volta).

 

Torneio virou corrida de longa distância

A mudança no calendário do certame também ajudou a manter mais clubes grandes na briga. Como a Copa do Brasil agora é disputada ao longo de toda a temporada, diminuiu a chance de uma equipe precisar abrir mão do torneio para priorizar outra competição.

Em 2018, a Copa do Brasil começou em 30 de janeiro, com os jogos de ida da primeira fase, e se estenderá até meados de outubro, quando acontecem os dois jogos da final. A partida de ida está marcada para 10 de outubro, e a volta, para dia 17.

Os times que vêm da Libertadores chegam com uma grande vantagem. Afinal, seus primeiros compromissos pelo torneio aconteceram apenas no fim de abril. A pausa para a disputa da Copa do Mundo da Rússia fez com que os duelos pela Copa do Brasil ficassem ainda mais espaçados.

 

Quatro potências decidem o título

Na Copa do Brasil deste ano, gigantes como Grêmio (pentacampeão da competição), Atlético-MG (vencedor em 2014), Internacional (que levantou a taça em 1992), Santos (campeão em 2010) e Fluminense (vencedor em 2007) ficaram pelo caminho. São Paulo, Botafogo, Vitória e Atlético-PR também caíram, adiando a chance de uma conquista inédita.

No fim, quatro dos cinco maiores campeões da história do torneio alcançaram as semifinais, mostrando que a tradição tem muito peso na Copa do Brasil. O Cruzeiro, hoje empatado com o Grêmio com cinco taças, pode se transformar no maior campeão do certame, conquistando um inédito hexa. Em seu caminho estão Palmeiras, Flamengo e Corinthians, todos tricampeões.

Os quatro semifinalistas chegaram pelo caminho mais curto: como equipes classificadas à Libertadores, todos entraram já nas oitavas. O que não significa que seus caminhos foram fáceis. O Flamengo, por exemplo, teve de medir forças com o Grêmio nas quartas (depois de eliminar a Ponte Preta nas oitavas).

O Corinthians passou por dois times aguerridos, Vitória e Chapecoense. Já o Cruzeiro eliminou os fortes Atlético-PR e Santos. O caminho mais tranquilo talvez tenha sido o do Palmeiras, que pegou América-MG e Bahia. Ainda assim, o Verdão só eliminou o Tricolor da Boa Terra com um golzinho solitário no jogo de volta. Prova de que não há moleza para ninguém na Copa do Brasil.

Entre os quatro melhores da Copa do Brasil 2018 estão os finalistas do Campeonato Paulista e o campeão mineiro, além de uma equipe que liderou boa parte do Campeonato Brasileiro (Flamengo). Além do representante carioca, o Palmeiras também segue na briga pelo título do Brasileirão, tentando dar conta da maratona de jogos para chegar às últimas rodadas vivo em todas as competições.

Com sete finais de Copa do Brasil no currículo, o Rubro-Negro tem, ao lado do Palmeiras, o elenco mais variado e qualificado. Isso ajuda a explicar a presença de Verdão e Mengão nas semis, já que seus treinadores tiveram mais opções e peças de reposição para encarar o duro calendário do futebol nacional.

 

Ninguém é carta fora do baralho

Palmeiras, Grêmio, Cruzeiro e Flamengo apareciam como principais candidatos ao título antes das fases mais agudas da competição. Com a queda dos gaúchos, Verdão, Raposa e Mengão passaram a liderar os palpites, e todos eles seguem vivos na briga. O Corinthians não aparecia como um dos principais candidatos, mas também nunca pode ser descartado.

O Timão faz uma temporada irregular. Depois do título paulista, a equipe foi eliminada da Libertadores e oscilou bastante no Brasileirão, fazendo com que a diretoria resolvesse trocar o técnico Osmar Loss por Jair Ventura. A equipe perdeu alguns de seus principais nomes nas últimas janelas de contratação, mas aposta em algumas revelações, no peso de sua camisa e na força de sua torcida para surpreender e levantar o caneco.

Assim como seu arquirrival, o Palmeiras também decidiu realizar uma troca no comando técnico no meio da temporada. Mas se o Corinthians apostou em um treinador da nova geração, o Verdão trouxe um dos nomes mais marcantes de sua história. Luiz Felipe Scolari tem mostrado o valor da experiência. O time está se acertando e segue mais do que vivo em todas as competições que disputa.

A principal virtude do Palmeiras de Felipão é a competitividade: ainda que não mostre um futebol de encher os olhos, a equipe sempre consegue brigar pelo resultado. Essa é uma característica comum aos grandes campeões dos torneios de mata-mata. E é um traço que aproxima o Verdão do Cruzeiro de Mano Menezes.

Assim como o veterano palmeirense, Mano é cria do futebol gaúcho e tem sua história ligada ao Grêmio – e sabe muito bem como conduzir seu time em confrontos de ida e volta. No ano passado, Mano comprovou a fama de técnico “copeiro” levando o Cruzeiro ao título. Se repetir a façanha, Mano fará da Raposa o primeiro time a conquistar duas edições consecutivas do torneio.

Quem vai querer estragar a festa dos mineiros é o Flamengo, vice-campeão no ano passado. Depois de cair na Libertadores – sendo eliminado justamente pelo Cruzeiro – e perder contato com os líderes no Brasileirão, o Mengão deve priorizar a Copa do Brasil, sua melhor chance de levantar um título importante em 2018. Se o Cruzeiro for a vítima na decisão, melhor ainda para os rubro-negros.

 

Como lucrar com seus palpites

Colocar suas fichas em quem vai faturar a Copa do Brasil neste ano não é a única opção para quem deseja apostar na competição. Pelo contrário: a cada partida do torneio, você encontra dezenas de alternativas para lucrar. Por isso, vale a pena consultar os sites das casas de apostas para descobrir os diferentes tipos de palpites disponíveis.

A modalidade de aposta mais popular é escolher o resultado final de uma partida: vitória do mandante, empate ou triunfo do visitante, simples assim. Você também pode investir no placar exato de um jogo, opção que oferece lucros ainda maiores. Se você preferir, pode tentar cravar a margem de gols do time vencedor, entre outras variações.

As melhores casas de apostas da internet oferecem ainda possibilidades de palpites ainda mais específicos e detalhados. Modalidades como hipótese dupla, handicap e empate anula a aposta também podem ser exploradas. Cada tipo de palpite atende a um tipo de apostador – cabe a você descobrir qual é a opção que mais o atrai.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

 

Onde apostar com segurança e tranquilidade

O apostador brasileiro tem diversas opções para colocar à prova seus conhecimentos sobre o futebol nacional. Antes de fazer um palpite nos jogos decisivos da Copa do Brasil, porém, recomenda-se conhecer todas as opções disponíveis no mercado. Afinal, você não vai querer colocar em risco seu investimento nem estragar sua diversão.

É indispensável escolher uma casa de apostas que atenda às suas necessidades. Bodog, Bumbet, Bet365, Betway, Rivalo estão entre os sites seguros e confiáveis à disposição do apostador do país. O Ganhador avaliou as melhores casas de apostas esportivas do Brasil e mostra quais são os pontos fortes de cada uma delas, além dos bônus oferecidos.

 

Um guia para você faturar e se divertir

Como em qualquer competição disputada em mata-matas, a Copa do Brasil oferece ótimas opções de retorno para o apostador. Se você procura uma alternativa mais segura, melhor colocar suas fichas nos mandantes, que costumam figurar como favoritos. Se quiser arriscar mais, invista nos visitantes, o que deve aumentar sua margem de lucro.

Sabendo que a Copa do Brasil costuma atrair todos os tipos de apostador – desde os iniciantes, que estão apenas começando a explorar esse universo, até os mais experientes, que já fazem palpites bem mais complexos –, o Ganhador preparou um guia com todas as informações necessárias para o seu divertimento.

A página reúne as melhores informações e dicas sobre o mundo das apostas em futebol, ajudando você a tirar dúvidas, entender os diferentes tipos de palpites e encontrar as melhores formas de faturar. Não perca tempo: falta pouco para a Libertadores acabar, e você não vai querer desperdiçar a chance de viver fortes emoções com o torneio.

 

Voltar