Apostas no Campeonato Mineiro 2019: como fazer seu palpite nos melhores jogos

A rivalidade é a grande marca do Campeonato Mineiro. A edição 2019 da competição terá como principal atração o tira-teima entre os maiores vencedores da história do torneio. Cruzeiro, Atlético-MG e América-MG faturaram um título estadual cada nas últimas três temporadas. Quem vai levar a melhor neste ano? Responder a essa pergunta é um desafio para os torcedores mineiros – e também para os fãs das apostas esportivas na internet. Além de apresentar grandes jogos, o Campeonato Mineiro 2019 será marcado por ótimas chances de lucrar nos sites de apostas.

No ano passado, o Cruzeiro fez uma temporada mais vitoriosa que o Atlético, mas como sempre acontece nas melhores rivalidades, o bom momento do adversário sempre motiva o outro clube a se reforçar. Assim, tanto a Raposa como o Galo chegam para a temporada com fome de conquistas. Com elencos experientes e liderados por técnicos consagrados – o cruzeirense Mano Menezes e o atleticano Levir Culpi –, os dois maiores campeões de Minas Gerais certamente farão grandes clássicos em 2019. E não dá para esquecer do América-MG, força tradicional do Estado.

Como tanto o Cruzeiro como o Atlético-MG participam da Copa Libertadores, é bastante provável que Mano e Levir usem equipes mistas em pelo menos alguns dos compromissos pelo Campeonato Mineiro. Isso aumenta a possibilidade de zebras, fator que deve sempre ficar no radar dos adeptos das apostas em futebol. Na hora da decisão, porém, os grandes não devem abrir mão de escalar seus principais jogadores – tudo para faturar mais uma taça e fazer a festa para cima dos rivais. O Ganhador preparou um raio-x da competição, mostrando quais são os destaques, o que esperar dos favoritos e como lucrar apostando nos jogos do Campeonato Mineiro 2019.

 

Regulamento e formato de disputa do Mineiro 2019

O sistema de disputa do Campeonato Mineiro é bastante simples. Todos os participantes jogam entre si em turno único. Os oito melhores classificados nessa primeira fase seguem para um mata-mata que vai definir o campeão. Já os dois piores da primeira fase caem para a segunda divisão estadual. Os três melhores na classificação geral ganham uma vaga na Copa do Brasil do ano que vem.

No mata-mata, as quartas-de-final serão disputadas em jogo único e as semifinais e final terão partidas de ida e volta. A classificação na primeira fase vai determinar a montagem da chave: o primeiro colocado geral vai pegar o oitavo, o segundo enfrenta o sétimo e assim por diante. Os critérios de desempate adotados pela Federação Mineira são número de vitórias, saldo de gols, gols marcados e confronto direto. Se a igualdade persistir, o critério seguinte é o fair play (leva a melhor quem tiver somado menos cartões vermelhos e amarelos).

 

Calendário do Campeonato Mineiro

O Campeonato Mineiro já ocupou um semestre todo no calendário do futebol no Estado, mas hoje em dia é um torneio bem mais curto. A edição 2019 se estende de 19 de janeiro a 21 de abril, data da segunda partida da final. Os times que chegarem à decisão vão jogar um total de dezesseis partidas (onze pela primeira fase, uma pelas quartas e mais quatro nas semis e finais). Como parte da competição segue em paralelo com a Libertadores e a Copa do Brasil, Cruzeiro, Atlético-MG, América-MG, Tupi, Tombense, URT e Boa Esporte vão precisar dividir suas atenções em algumas rodadas. Os grandes podem se dar ao luxo de poupar atletas, mas os times mais modestos devem ir com força máxima para todos os compromissos.

 

Participantes do Mineiro deste ano

Doze equipes disputam o título da primeira divisão mineira em 2019. Entre eles, três são da capital Belo Horizonte – Cruzeiro, Atlético-MG e América-MG, os maiores campeões da história do torneio. Outros nove municípios são representados, sendo que Juiz de Fora tem duas agremiações na elite do Campeonato Mineiro: Tupi e Tupynambás. As demais equipes são Boa Esporte (Varginha), Caldense (Poços de Caldas), Guarani (Divinópolis), Tombense (Tombos), Patrocinense (Patrocínio), URT (Patos de Minas) e Vila Nova (Nova Lima).

As equipes que subiram para a elite neste ano são Guarani de Divinópolis, campeão da Segundona em 2018, e Tupynambás, vice da divisão de acesso no ano passado. Para essas equipes, ficar na primeira divisão já será um grande triunfo. Os melhores representantes do interior no Campeonato Mineiro do ano passado foram Tupi, Tombense, URT e Boa Esporte. Eles são novamente os principais candidatos a complicar a vida dos grandes na edição 2019 do torneio. No quesito tradição, destacam-se também Caldense e Vila Nova – ambos já foram campeões estaduais.

 

Quem é o atual campeão estadual em Minas Gerais

O Cruzeiro entra na disputa com o status de detentor do título estadual. Em 2018, o clube celeste derrotou o eterno rival Atlético-MG na decisão. No primeiro jogo, deu Galo, 3×1; na volta, a Raposa deu o troco, 2×0, levando a melhor por ter feito melhor campanha na primeira fase. Foi o 37o título estadual cruzeirense, ajudando a Raposa a se aproximar do Galo na lista dos maiores campeões de Minas Gerais. O Atlético ainda tem boa folga na ponta, somando 43 títulos, mas não quer dar brecha para o Cruzeiro se aproximar ainda mais. O América-MG, campeão pela última vez em 2016, soma dezessete troféus do Campeonato Mineiro.

 

Favoritos à conquista do Campeonato Mineiro 2019

Quem olha os elencos de Cruzeiro e Atlético-MG para a nova temporada pode até achar que é impossível alguma outra equipe fazer frente às duas potências de Minas Gerais no Estadual. De fato, Raposa e Galo são candidatíssimos ao título e será difícil evitar uma nova final entre os dois. Mas vale lembrar que ambas as equipes dão sinais de que devem priorizar a Libertadores, o que sempre abre espaço para possíveis surpresas, ainda mais quando o torneio chega à fase de mata-mata.

O atual campeão Cruzeiro busca o bi com um elenco um pouco mais fraco que o do ano passado, pelo menos neste início de temporada. Isso porque o time de Mano Menezes não contará mais com o uruguaio Arrascaeta, negociado com o Flamengo, além do zagueiro Manoel, que foi para o Corinthians, e do lateral Ezequiel, agora defendendo as cores do Fluminense. Bruno Silva e Rafael Sóbis também deixaram a Toca da Raposa, assinando com Flu e Inter, respectivamente.

Por outro lado, a Raposa contratou o volante Jadson, do Fluminense, e pretende trazer mais um ou dois bons reforços com o dinheiro obtido com a venda de Arrascaeta para o Fla. A permanência de Dedé, que foi alvo do forte assédio de outros clubes na janela de transferências, também é um ponto positivo. A única certeza é que, mesmo com algumas trocas no elenco, o Cruzeiro tem bola para ser competitivo em todos os torneios que disputar em 2019. A espinha dorsal formada por Fábio, Léo, Dedé, Henrique, Thiago Neves, Fred e Barcos é experiente e qualificada, e merece muito respeito.

Do lado alvinegro de Minas Gerais, a expectativa dos torcedores do Atlético-MG é de um 2019 bem melhor do que 2018. A experiência do técnico Levir Culpi, grande conhecedor do futebol mineiro, é sempre um ponto positivo. O Galo negociou o zagueiro Gabriel com o Botafogo e o lateral Danilo Barcelos com o Vasco, mas segurou os demais integrantes do elenco, que ainda foi bem reforçado. O zagueiro Réver volta ao clube, e terá a companhia de Igor Rabello, ex-Botafogo, na defesa. No meio, Jair (Sport) e Vinícius (Bahia) são novas opções para Levir, que ainda receberá o lateral Guga (Avaí).

A diretoria atleticana deverá continuar a perseguir bons reforços ao longo da primeira fase do Campeonato Mineiro, mas mesmo que não consiga trazer nomes de peso, o time tem boas peças. O goleiro Victor, o zagueiro Leonardo Silva, o lateral Fábio Santos, o volante Elias e o atacante Ricardo Oliveira teriam lugar em qualquer elenco do país. Isso sem falar nos gringos Cazares e Chará e no meia-atacante Luan, que interessou a várias equipes na janela mas acabou permanecendo no Galo.

Como terceira força do Estado, o América-MG deve sempre ser respeitado, ainda que não tenha tantos recursos quanto os dois principais clubes mineiros. Disputando a Série B do Brasileirão em 2019, o Coelho não terá as mesmas receitas que em outras temporadas, quando teve seu orçamento reforçado pela presença na elite. Um dos trunfos americanos no Campeonato Mineiro 2019 é o técnico Givanildo Oliveira, um expert na disputa dos Estaduais. A equipe perdeu um de seus melhores atletas, o zagueiro Matheus Ferraz, para o Fluminense. A Ponte Preta levou Giovanni e Gérson Magrão, e a Chapecoense contratou o goleiro João Ricardo e o atacante Aylon. Givanildo vai ter de se virar para encarar os grandes.

Se a missão do América é dura, pior ainda é a situação dos demais clubes mineiros, que se deparam com o desafio de disputar com Cruzeiro e Atlético tendo orçamentos modestos e poucas condições de se reforçar. Ainda é cedo para apontar quais equipes podem ser mais competitivas, mas Tupi e Boa Esporte, além de Tombense e URT, aparecem como maiores candidatos a zebras. O formato de disputa, com oito vagas para os mata-matas, possibilita que um time vá crescendo durante a competição e surpreenda nos jogos eliminatórios. A conferir. Em relação à briga contra o rebaixamento, Tupynambás e Guarani, que acabam de chegar da segunda divisão, precisam ficar atentos. Caldense e Vila Nova, que escaparam por pouco no ano passado, também terão de lutar muito para não passar o mesmo sufoco neste ano.

 

Melhores casas de apostas para brasileiros

A primeira escolha de quem pretende aproveitar o Campeonato Mineiro para buscar ótimos lucros deve ser encontrar o site que melhor atende a você. Para ajudá-lo nessa tarefa, decidimos avaliar as melhores casas de apostas para futebol, sempre considerando apenas aquelas que recebem palpites dos apostadores brasileiros. Com isso, você tem a garantia de que não terá problemas para fazer qualquer movimentação financeira, sempre em reais e sempre em português. Muito mais fácil, certo?

Além de atender aos torcedores do Brasil, a nossa seleção de sites de apostas também é formada exclusivamente por páginas com excelente reputação no mercado. Como você deve imaginar, o crescimento espetacular do ramo de apostas esportivas fez com que o número de sites desse tipo se multiplicasse rapidamente nos últimos anos. Justamente por isso, é bom prestar atenção antes de começar a investir, garantindo que você esteja colocando seu dinheiro em um site seguro, confiável e honesto.

 

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

 

Como apostar no Campeonato Mineiro 2019

Depois de escolher a casa de apostas certa para você – avaliando quesitos como facilidade de uso, atendimento ao usuário e variedade de palpites –, é a hora de traçar a estratégia para faturar com os Estaduais. Os fãs do Campeonato Mineiro encontrarão várias opções para lucrar e se divertir com as apostas neste começo de temporada 2019. O apostador poderá fazer diversos tipos de palpites em dezenas de jogos interessantes. Cabe a você identificar as melhores oportunidades, encontrando os melhores odds e aprendendo a maximizar seus lucros.

Além do tipo de palpite mais simples e popular, em que você aponta qual será o ganhador de uma partida, é possível explorar opções mais sofisticadas – e, justamente por isso, mais lucrativas. Você pode tentar colocar suas fichas no placar exato, por exemplo. Esse tipo de aposta costuma oferecer odds bem mais atraentes do que os palpites simples no vencedor do jogo. Caso esteja confiante em relação ao desempenho de um atleta específico, você pode colocar suas fichas nas chances de ele balançar as redes. Fred, Ricardo Oliveira, Sassá, Luan… em quem você vai acreditar no Campeonato Mineiro de 2019?

 

Guia de apostas em futebol

 

Voltar