Apostas em Surf – Brasileiros Favoritos ao Título Mundial em 2023

O surfista brasileiro Gabriel Medina treina no Japão para sua estreia nas Olimpíadas de Tóquio

Um dos destaques dos melhores sites de apostas esportivas é a variedade de modalidades à sua disposição. As apostas em surf, por exemplo, são uma ótima pedida para quem busca uma novidade para palpitar em 2023. E o melhor: ao contrário de esportes como o futebol e o basquete, em que o Brasil vive uma seca de títulos importantes, os surfistas do país estão entre os melhores da atualidade e têm conquistado muitos troféus.  

Casas de apostas como o 22Bet já abriram seus mercados de longo prazo nos campeões do mundo no masculino e no feminino – e existem brasileiros muito bem cotados nas apostas em surf para 2023. Então que tal conferir como se aposta em surf, quais são as etapas do calendário mundial e quais são os odds para Gabriel Medina e o resto da “Brazilian Storm”? A seguir, você descobre as melhores apostas na nova temporada de surf.

 

#1
Leon

Saque em

1-2 dias

Pagamentos:
visa mastercard +1

Bônus:

100% até R$6000

 

Apostas em surf

Os dois tipos de palpite mais simples de entender no mundo do surf são os seguintes: qual será o resultado de cada etapa e quem vai ficar com o título mundial no fim do ano. No caso da primeira aposta, você estará investindo no campeão de cada evento do circuito mundial; já no segundo tipo de palpite, o mercado é de longo prazo, ou seja, você só lucra ao final do campeonato, caso acerte o campeão da temporada. 

Apesar da popularidade crescente da modalidade – e do sucesso dos brasileiros nos últimos anos –, não são todas as casas de apostas que abrem os palpites no surf. Como os sites são internacionais e atendem a diversos mercados, alguns deles focam em outros esportes com maior ibope em países da Europa, por exemplo. Mas não se preocupe: não é nada difícil ver mercados de surf nas casas de apostas mais seguras e confiáveis para brasileiros.

 

Apostas em surf 2023: quem será campeão mundial?

De acordo com as cotações do 22Bet, a “Brazilian Storm” tem grandes chances de vencer na nova temporada. No circuito masculino da World Surf League (WSL), o favorito é brasileiro e há outros dois candidatos fortíssimos ao título mundial. E não é para menos: o Brasil faturou os últimos quatro campeonatos. Nas sete edições da WSL até hoje, são cinco taças do Brasil, com apenas o havaiano John John Florence, bicampeão da liga, como “intruso”. E essa briga deve se repetir em 2023, como você confere na lista de favoritos:

  • Gabriel Medina (R$ 4,74 para 1 se for campeão): O maior ídolo do surf nacional já é tricampeão mundial (2014, 2018 e 2021) e larga como favorito na briga pelo tetra. A temporada passada foi conturbada, mas Medina deve entrar com tudo em 2023. Seu melhor palpite é mesmo em mais um título do fenômeno de Maresias.
  • John John Florence (R$ 5,50): O havaiano foi bicampeão da WSL em 2017 e 2018 e é considerado um dos principais obstáculos no caminho de um tetra para Medina. Sua enorme experiência nas provas disputadas no North Shore da ilha de Oahu é, claro, o principal trunfo desse atleta experiente e talentoso.
  • Filipe Toledo (R$ 5,50): O atual campeão do mundo. Filipinho, de 27 anos, brilhou na temporada 2022 e se tornou o quarto brasileiro a conquistar um mundial. Os odds já dão uma amostra de como a disputa entre ele, Medina e John John deve ser acirrada em 2023. A ótima fase conta a favor do surfista paulista.
  • Jack Robinson (R$ 7,50): Esse australiano de 25 anos vem crescendo demais e agora já faz parte dos candidatos mais fortes ao título da WSL. Em 2022, ele venceu duas etapas do circuito mundial: uma na Indonésia e outra “em casa”, em Margaret River, onde nasceu. Boa pedida para quem busca investir num “outsider”.
  • Ítalo Ferreira (R$ 8,00): O surfista potiguar de 28 anos tem um título que nem o mito Kelly Slater obteve. Nas Olimpíadas de Tóquio, Ítalo faturou o primeiro ouro do surf nos Jogos. E o brasileiro também já foi campeão do mundo, na temporada 2019, com apresentações de gala em Pipeline, a meca do surf. 

Correm por fora ao título mundial da WSL (masculino):

  • Kanoa Igarashi, do Japão: R$ 13,00 para 1 se for campeão
  • Yago Dora, do Brasil: R$ 21,00
  • João Chianca, o Chumbinho, do Brasil: R$ 31,00
  • Kelly Slater, dos EUA: R$ 34,00

No feminino, o Brasil ainda persegue seu primeiro título mundial. A WSL tem sido dominada pela australiana Stephanie Gilmore e pela havaiana Carissa Moore. Somando os anos sob o atual formato e a competição anterior (ASP World Tour), as duas faturaram nada menos de treze das últimas quinze edições do campeonato mundial. Sabendo disso, você certamente não ficará nada surpreso ao ver as cotações de Stephanie e Carissa para o título de 2023. Só que logo abaixo das duas favoritas já aparece a esperança brasileira: Tatiana Weston-Webb, gaúcha de 26 anos, tem ótimas chances de quebrar a supremacia das supercampeãs e obter o título inédito. É nela o nosso palpite para campeã mundial de surf em 2023.

  • Carissa Moore: R$ 3,24 para 1 se for campeã
  • Stephanie Gilmore: R$ 5,50
  • Tatiana Weston-Webb: R$ 5,55

 

Apostas em surf 2023 – Todas as etapas da WSL

A corrida pelo título mundial começa no fim de janeiro de 2023 e se estende até setembro –mês em que os campeões no masculino e no feminino serão definidos. O circuito inclui uma passagem pelo Brasil, no meio do ano – uma excelente oportunidade de torcer de perto por Medina, Tatiana, Filipinho, Ítalo e toda a “Brazilian Storm”.

  • 29/1 a 10/2 – Billabong Pro Pipeline, em Banzai Pipeline, no Havaí
  • 12/2 a 23/2 – Hurley Pro Sunset Beach, em Sunset Beach, no Havaí
  • 8/3 a 16/3– MEO Rip Curl Portugal Pro, em Supertubos, Portugal
  • 4/4 a 14/4 – Rip Curl Pro Bells Beach, em Bells Beach, na Austrália
  • 20/4 a 30/4 – Margaret River Pro, em Margaret River, na Austrália
  • 27/5 a 28/5 – Surf Ranch Pro, em Lemoore (Calilfórnia), nos EUA
  • 9/6 a 18/6 – Surf City El Salvador Pro, em Punta Roca, El Salvador
  • 23/6 a 1/7 – Rio Pro apresentado por Corona, em Saquarema, no Brasil
  • 13/7 a 22/7 – Corona Open J-Bay, em Jeffreys Bay, na África do Sul
  • 11/8 a 20/8 – Shiseido Tahiti Pro, em Teahupo´o, na Polinésia Francesa
  • 7/9 a 15/9 – Rip Curl WSL Finals, em Lower Trestles (Califórnia), nos EUA 

 

Todos os campeões da história da WSL

Desde 2015, o campeão mundial é o vencedor da World Surf League, que ocupou o lugar da antiga ASP World Tour – cuja última edição, aliás, foi vencida justamente por Medina. Nessa nova era do surf internacional, o Brasil é dominante entre os homens e Stephanie Gilmore e Carissa Moore sobram entre as mulheres. Confira todos os campeões (em 2020 não houve vencedor porque o campeonato acabou sendo suspenso, resultado da pandemia):

Masculino

  • 2022 – Filipe Toledo (Brasil)
  • 2021 – Gabriel Medina (Brasil)
  • 2019 – Ítalo Ferreira (Brasil)
  • 2018 – Gabriel Medina (Brasil)
  • 2017 – John John Florence (Havaí)
  • 2016 – John John Florence (Havaí)
  • 2015 – Adriano de Souza (Brasil)

 

Feminino

  • 2022 – Stephanie Gilmore (Austrália)
  • 2021 – Carissa Moore (Havaí)
  • 2019 – Carissa Moore (Havaí)
  • 2018 – Stephanie Gilmore (Austrália)
  • 2017 – Tyler Wright (Austrália)
  • 2016 – Tyler Wright (Austrália)
  • 2015 – Carissa Moore (Havaí)

 

 

Tutoriais para apostar em esportes:
Apostas passo a passo | Dicas para os iniciantes | O que são odds?Como achar seu jogo no site de apostas? | Glossário do apostador | Apostas de longo prazo

 

FAQ – Perguntas frequentes sobre apostas em surf

 

Quem é favorito ao título mundial de surf em 2023?

O brasileiro Gabriel Medina, tricampeão do mundo, é favorito ao tetra nas casas de apostas. Atrás dele aparecem outro brasileiro, Filipe Toledo, e o havaiano John John Florence. Ítalo Ferreira, que foi o primeiro campeão olímpico do surf na história, também é candidato.

Como fazer uma aposta em surf?

Você pode fazer um palpite de longo prazo em quem será o campeão mundial ou aguardar cada etapa para apostar em quem vai vencer naquela competição específica. Lembrando que o calendário da WSL em 2023 inclui, como de costume, uma etapa no Brasil (junho, em Saquarema, no Rio de Janeiro).

Onde fazer minhas apostas em surf?

Entre as melhores casas de apostas para brasileiros que desejam fazer palpites em surf, a nossa equipe destaca o 22Bet, cujas cotações para a temporada 2023 estão acima, e ainda o Bet365, que também já abriu seus mercados de longo prazo nos campeões do surf.

#1
bet365

Saque em

1-2 dias

Pagamentos:
visa mastercard +2

Bônus:

100% até R$500

*Registre-se, deposite R$30 ou mais na sua conta e você se qualificará a 50% deste valor em Créditos de Aposta (até R$500*) quando fizer apostas qualificativas no valor de 12 vezes o seu depósito qualificativo e estas forem resolvidas. Apostas devem conter pelo menos uma seleção com Odds de 1.20 (1/5) ou superiores. Apenas para novos clientes. Jogo responsável: 18+ idade mínima. Os lucros podem estar sujeitos a uma taxa. Visite help.bet365.com para perguntas ou mais informações sobre essa oferta. São aplicados T&Cs.

Voltar
here