UFC

Por que Glover Teixeira pode quebrar a banca contra Jan Blachowicz no UFC 266?

Glover Teixeira é lutador meio-pesado do UFC
Foto: Divulgação / UFC

Com 41 anos, Glover Teixeira vai ter mais uma chance de ser o melhor lutador do mundo na categoria dos meio-pesados (até 93 kg) do Ultimate. Se em 2014 o atleta foi derrotado por Jon Jones em duelo válido pelo título, agora ele pode reescrever sua história na maior franquia de MMA do mundo. No dia 4 de setembro, o brasileiro mede forças diante do campeão Jan Blachowicz, na luta principal do UFC 266, que ainda não tem um local definido. Mas será que agora, com mais experiência e em uma sequência de vitórias, o mineiro consegue chegar ao topo da divisão?

Bodog

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

visa mastercard

+4

Saque em 1-2 - Dias
Spin Sports

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

visa mastercard

Saque em 1-2 - Dias
Bet365

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias
Bumbet

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

mastercard bitcoin

+3

Saque em 1-2 - Dias
22 Bet

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

visa paypal

Saque em 1-2 - Dias
BetOnline

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

visa mastercard

Saque em 1-2 - Dias

Saiba como apostar no UFC 

Inicialmente o brasileiro não conta com a confiança nos odds. A cotação do atleta natural de Sobrália (MG) aparece com a cotação de R$ 3,00, ou seja, 200% de saldo se vencer e é a zebra na luta. Por outro lado, Jan Blachowicz, que na sua última atuação terminou com a invencibilidade de Israel Adesanya no MMA, está com R$ 1,40, 40% de faturamento.

Mas por que Glover agora pode quebrar a banca e sagrar-se campeão do Ultimate? Uma das explicações pode vir das suas últimas apresentações dentro do octógono mais famoso do mundo. O brasileiro acumula cinco triunfos seguidos, sendo quatro por via rápida, ou seja, por nocaute ou finalização. Portanto, a confiança do lutador, tanto no jogo em pé, quanto na luta agarrada está em alta e ele não deve se intimidar contra o polonês.

O casamento de estilos também pode ser um fator que Glover surpreenda. Como está com seu jogo em pé e no chão afiado, o brasileiro deixa Blachowicz sem saber qual área tentar explorar do adversário. O polonês é conhecido por mãos pesadas, mas o mineiro já mostrou que aguenta resistentes ataques e não costuma desistir facilmente. Caso o europeu repita a tática que fez contra Adesanya, por ter a surpresa com o jiu-jitsu de Teixeira, que na sua última atuação finalizou Thiago Marreta.  

Apesar de Blachowicz já ter tido a experiência de defender seu título e poder não sentir a pressão com mais uma luta com essa importância, a experiência é algo que Glover vai levar para esse combate. Com 19 anos no MMA profissional, o brasileiro já passou por diversas situações que lhe deram confiança e maturidade para encarar o combate mais importante e que pode mudar para sempre a sua vida.

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.