UFC

Amanda Ribas chega como favorita contra Marina Rodriguez no UFC 257

Amanda Ribas é lutadora peso-palha do UFC
Foto: Divulgação / UFC

Com quatro vitórias seguidas no UFC, Amanda Ribas caiu nas graças de Dana White, presidente da organização, e ganhou fãs ao redor do mundo. Mas no próximo dia 23 de janeiro, a brasileira tem mais um teste de fogo pela frente, quando encara a compatriota Marina Rodriguez, no UFC 257, que será realizado em Abu Dhabi (EAU). E apesar de estar atrás da rival no ranking do peso-palha (até 52 kg), a mineira aparece como favorita.

Bodog

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

visa mastercard

+4

Saque em 1-2 - Dias
Spin Sports

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

visa mastercard

Saque em 1-2 - Dias
Bet365

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias
Bumbet

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

mastercard bitcoin

+3

Saque em 1-2 - Dias
22 Bet

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

visa paypal

Saque em 1-2 - Dias
BetOnline

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

visa mastercard

Saque em 1-2 - Dias

Saiba como apostar no UFC 

Atual número nove no ranking oficial da categoria, Amanda Ribas conta com suas recentes atuações como um termômetro para apontar seu favoritismo diante da oitava colocada da divisão. Em sua última apresentação, em julho de 2020, a lutadora não tomou conhecimento de Paige VanZant e finalizou a adversária ainda no primeiro round. Após esse compromisso, a mineira ganhou ainda mais moral na organização. Por isso, ela aparece com a cotação de R$ 1,32, com um lucro de 32%, enquanto Marina anota R$ 3,40, com o saldo positivo de 240% em caso de seu triunfo.

O favoritismo de Amanda também se deve ao seu estilo de luta. Com um chão de excelência, explorando o jiu-jitsu e o judô, a atleta não teme ser levada para baixo e pode complicar a vida de Marina, oriunda do muay thai e que prefere que o combate se desenrole na parte em pé. Entretanto, em suas últimas atuações, a mineira também tem mostrado uma evolução na parte em pé e quer provar seu valor nesta luta.

Aliada às boas performances, Amanda Ribas ainda carrega um carisma muito visto em estrelas e campeões do Ultimate. Sempre com um sorriso no rosto e com boas declarações, a lutadora sabe se portar diante das câmeras, o que ainda reforça o status de promessa em ascensão na franquia e uma postulante ao título dos palhas.

A história de Amanda Ribas também é um caso de superação que pode ser coroada com uma grande redenção no meio do MMA. Em 2018, a atleta foi suspensa por dois anos após cair em um exame positivo de teste antidoping. Porém, um ano e quatro meses após o anúncio, a brasileira provou sua inocência e se livrou do gancho, retornando em grande estilo ao UFC e iniciando a sequência positiva que carrega até hoje. 

Odds para o UFC 257

Odds em 16 de janeiro, segundo o Bodog

  • (R$ 3,20) Dustin Poirier x Conor McGregor (R$ 1,35)
  • (R$ 1,69) Dan Hooker x Michael Chandler (R$ 2,15) 
  • (R$ 1,90) Jessica Eye x Joanne Calderwood (R$ 1,83)
  • (R$ 3,40) Marina Rodriguez x Amanda Ribas (R$ 1,32)
  • (R$ 1,64) Brad Tavares x Antônio Cara de Sapato (R$ 2,25)
  • (R$ 1,29) Khalil Rountree Jr. x Marcin Prachnio (R$ 3,60)
  • (R$ 1,62) Matt Frevola x Ottman Azaitar (R$ 2,30)
  • (R$ 2,05) Andrew Sanchez x Makhmud Muradov (R$ 1,74)
  • (R$ 1,41) Arman Tsarukyan x Nasrat Haqparast (R$ 2,90)
  • (R$ 2,00) Amir Albazi x Zhalgas Zhumagulov (R$ 1,77) 
  • (R$ 2,00) Julianna Peña x Sara McMann  (R$ 1,77)

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.