Ganhador.com

UFC

Por que Francis Ngannou é favorito contra Jairzinho Rozenstruik no UFC?

Francis Ngannou encara Jairzinho Rozenstruik no UFC Columbus
Foto: Divulgação / UFC

Francis Ngannou e Jairzinho Rozenstruik são dois bons exemplos do tradicional peso-pesado que atrai as atenções do mundo das lutas. Lutadores grandes, fortes e com um poder de nocaute assustador. No próximo dia 28 de março, no UFC Fight Night Columbus (EUA), os dois serão colocados dentro do mesmo octógono, e o seguro de vida do árbitro que entrar no cage junto a eles deve estar em dia, pois Ngannou x Jairzinho tem tudo pra ser uma daquelas lutas espetaculares que acabam em questão de segundos, tamanha a brutalidade dos envolvidos.

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saiba como apostar no UFC

No Bodog, Francis Ngannou é o favorito com uma oferta de 35% de rendimento, enquanto Jairzinho Rozenstruik chega alcança até 220% de lucro se vencer o confronto peso-pesado programado para cinco rounds.

Depois de perder a chance pelo cinturão do UFC em janeiro de 2018, quando foi superado por Stipe Miocic, Ngannou foi derrotado por Derrick Lewis numa luta morna e sem graça. Mas ele parece ter aprendido a lição e desde julho daquele ano ele emplacou. três vitórias consecutivas. Nocauteou Curtis Blaydes,  Cain Velásquez e Junior Cigano em sequência. Todos em questão de segundos. Apesar de ter perdido por duas vezes na decisão dos juízes, Ngannou mostrou que segue como um dos lutadores mais poderosos que o MMA já viu. Na maioria das vezes, um golpe é o suficiente para derrubar o rival.

Jairzinho Rozenstruik tem feito uma trajetória até de certa forma parecida com a de Ngannou. O peso-pesado acumula quatro vitórias no octógono, sendo todas por nocaute. Ele tem um cartel perfeito de 10 vitórias em dez lutas no MMA. Em sua última apresentação, Jairzinho passou sufoco contra Alistair Overeem e foi dominado por quase toda a luta, até que a quatro segundos (isso mesmo) do fim ele conectou um “coice” com a mão direita que não só nocauteou Overeem como deformou o rosto do americano, abrindo um corte gigante no lábio e forçando Alistair a passar por uma cirurgia plástica parar reparar o estrago.

Das dez vitórias de Jairzinho, sete foram no primeiro round. Mas ele também venceu nas três vezes que passou do primeiro assalto. Já Ngannou, sustenta um cartel de 14 vitórias e três derrotas. Qual a semelhança entre as três vezes que Francis perdeu? Nas três vezes ele passou do primeiro round. É claro que tele venceu lutas depois do primeiro round também. Mas das sete vezes que ele passou do primeiro assalto, quatro ele saiu derrotado.

Eu duvido muito que essa luta vá passar do primeiro round, mas se tratando de uma luta principal, programada pra cinco, no momento Jairzinho parece mais preparado pra uma luta longa. Ele aguentou quase cinco rounds inteiros em desvantagem contra Overeem e ainda teve força pra nocautear o adversário com apenas um golpe. Ngannou perdeu as duas vezes que passou do primeiro assalto lutando pelo UFC.

Claro que MMA é muito mais do que preparo físico. Em se tratando de pesos-pesados desse calibre, técnica, velocidade e absorção de golpes pesam muito mais, e a experiência de Ngannou, que já venceu nomes como Junior Cigano, Cain Velásquez, Alistair Overeem, Andrei Arlovski e Curtis Blaydes pode fazer a diferença, por isso ele é o favorito no duelo. Mas não se enganem, Jairzinho está longe de ser carta fora do baralho. Ele tá em atividade, vai completar cinco lutas em 13 meses e vive uma fase espetacular. Tem talento pra surpreender muita gente.

Ah, e vale lembrar que o ingrediente principal do duelo é que o vencedor deve garantir uma chance pelo cinturão dos pesados contra o vencedor da trilogia entre o campeão Stipe Miocic e o ex-dono do cinturão Daniel Cormier, que devem se reencontrar em algum momento na temporada.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar