UFC

Por que Dominick Cruz pode ‘quebrar a banca’ contra Henry Cejudo no UFC 250

Fotos: Divulgação / UFC

Com a saída de José Aldo do UFC 250, a maior organização de MMA do planeta convocou Dominick Cruz. O ex-campeão da categoria dos galos encara o atual dono do cinturão, Henry Cejudo, no próximo dia 9 de maio. O show está oficialmente programado para acontecer em Jacksonville, Flórida (EUA). Afastado do MMA há mais de três anos, Cruz chega como azarão, mas existem, sim, motivos para acreditar que o lutador, pode, sim, “quebrar a banca” contra o campeão.

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saiba como apostar no UFC

Segundo os odds lançados pelo Bodog, Dominick Cruz, azarão, rende um lucro de 190% se vencer o duelo e recuperar o título, enquanto Cejudo, campeão e favorito na disputa, oferece um lucro de 41% aos investidores.

O maior problema da carreira de Dominick Cruz sempre foi sua frequência no cage. O americano lida com lesões no joelho há anos. Ele fez apenas quatro lutas nos últimos quase nove anos. Uma lesão no ligamento cruzado do joelho o atormenta desde 2012. Ex-campeão do WEC, Cruz tem apenas seis lutas no UFC desde 2011. Depois de defender o cinturão peso galo, migrado do extinto evento, Dominick bateu Urijah Faber e Demetrious Johnson, mas teve de abdicar do título devido às inúmeras lesões. Ele voltou ao cage depois de quase três anos, em 2014, e nocauteou de forma arrasadora Takeya Mizugaki. Uma nova lesão o afastou do cage e mais de dois anos depois ele desbancou TJ Dillashaw pra se tornar o campeão da divisão. Depois de bater Urijah Faber novamente, ele encarou Cody Garbrandt, mas acabou derrotado e ficou sem o cinturão, em dezembro de 2016. Desde então, ele não pisou de novo no cage, mas ao que tudo indica parece estar pronto para voltar às atividades.

De fato não há como tratá-lo como favorito diante de Cejudo. O atual campeando dos galos vive uma fase extraordinária. Depois de destronar Demetrious Johnson, o maior campeão da história do UFC em número de defesas de cinturão consecutivas (11), Cejudo nocauteou TJ Dillashaw na categoria dos moscas e depois foi atrás do segundo cinturão, conquistando a coroa do peso galo contra Marlon Moraes. Ele bateu Johnson na decisão, mas nocauteou Dillashaw e Moraes, dois lutadores conhecidos pelo poder de fogo na trocação.

O tempo afastado joga contra Cruz. Por outro lado, vale lembrar que se há um lutador no mundo das lutas que já provou que sabe lidar bem com o tempo longe do cage este é Dominick Cruz. Em 2014, depois de mais de dois anos afastado, ele voltou e nocauteou Mizugaki logo no primeiro round. Anos depois, ele superou uma inatividade de mais de dois anos outra vez e derrotou TJ Dillashaw na decisão dos juízes após cinco rounds quando o rival estava na “crista da onda”. Claro, o tempo passa, mas Cruz é um dos lutadores mais inteligentes e estratégicos do plantel do Ultimate. Sua movimentação pode confundir o caratê de Cejudo fazê-lo errar. Lembrando que Cejudo não luta há quase um ano. Sua última apresentação aconteceu em junho de 2019.

Confira o odds para o UFC 250, segundo o Bodog

  • (R$ 1,58) Tony Ferguson x Justin Gaethje (R$ 2,40)
  • (R$ 1,41) Henry Cejudo x Dominick Cruz (R$ 2,90)
  • (R$ 3,20) Jairzinho Rozenstruik x Francis Ngannou (R$ 1,35)
  • (R$ 1,35) Calvin Kattar x Jeremy Stephens (R$ 3,20)
  • (R$ 1,95) Donald Cerrone x Anthony Pettis (R$ 1,80)
  • (R$ 1,57) Greg Hardy x Yorgan de Castro (R$ 2,45)
  • (R$ 1,32) Fabricio Werdum x Aleksei Oleinik (R$ 3,40)
  • (R$ 2,10) Carla Esparza x Michele Waterson (R$ 1,71)
  • (R$ 1,74) Ronaldo Jacaré x Uriah Hall (R$ 2,05)
  • (R$ 1,58) Vicente Luque x Niko Price (R$ 2,40)
  • (R$ 1,52) Bryce Mitchell x Charles Rosa (R$ 2,55)

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.