UFC

Por que Charles DoBronx pode quebrar a banca contra Kevin Lee no UFC Brasília

Charles DoBronx é lutador peso leve do UFC
Foto: Divulgação / UFC

A luta principal do UFC Fight Night que acontece no próximo dia 14 de março, em. Brasília, pode não ser a mais interessante para o fã de ocasião do mundo das lutas. Kevin Lee é pouquíssimo conhecido no país, enquanto Charle DoBronx, por mais que seja um lutador popular entre os fãs de lutas, nunca atingiu um nível de popularidade que toque as grandes massas. Mas a hora chegou. Além de ser um confronto para lá de empolgante, entre dois lutadores do Top 15 da categoria dos leves, o UFC Brasília representa a maior oportunidade da carreira de Charles. Ele pode, enfim, cair nas graças do grande público e ganhar o reconhecimento que merece.

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saiba como apostar no UFC 248

Segundo o Bodog, Charles é azarão. O brasileiro rende cerca de 120% de lucro em caso de vitória, enquanto Lee oferece um rendimento de 66% aos investidores.

Apesar de ter apenas 30 anos, DoBronx acumula 25 lutas no octógono do Ultimate. O paulista é o recordista de finalizações na história do evento, com 13 vitórias usando o jiu-jitsu no total. Ele quebrou o recorde que era de Royce Gracie. Só isso já é um feito grande o suficiente para contribuir para a popularidade de Charles. O brasileiro é jovem, experiente, finalizador e desenvolveu nos últimos tempos um poder de nocaute considerável. É um estilo de luta que casa muito bem contra Kevin Lee e pode resultar num duelo explosivo.

Essa não é a primeira vez que Charles participa de uma luta principal. Ele já foi o astro principal de um show contra Max Holloway, em agosto de 2015, mas embora fosse uma grande oportunidade, ele acabou derrotado. Inclusive, essa luta contra Lee é também uma boa oportunidade para ele se livrar de uma espécie de “tabu”. Charles nunca teve vida fácil no UFC, sempre enfrentou os melhores, mas todas as vezes que encarou nomes que o levariam ao topo das divisões, ele acabou sucumbindo. Foi assim contra Holloway,  Frankie Edgar, Anthony Pettis e Cub Swanson. Diante de Lee, é mais uma chance de se aproximar do Top 5. Dentro de casa e com o apoio da torcida, o brasileiro pode se consolidar como mais um forte nome do MMA no país. Tá mais do que na hora.

Claro que primeiro Charles tem de passar pelo desafio que Kevin oferece, mas chegando embalado com seis vitórias consecutivas, o brasileiro esbanja confiança e promete “tirar Kevin Lee para nada”. Se vencer, no mínimo Charles entra para o Top 10 de uma das categorias mais complicadas do UFC. Atualmente, ele é o décimo terceiro colocado, enquanto Lee é o oitavo. A vitória representa muito pro brasileiro. Mais até do que significa para o americano, que vem de vitória espetacular contra Gregor Gillespie.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.