Ganhador.com

Futebol

O Palmeiras melhorou em 2020? Veja como você pode apostar no Verdão quando a bola voltar a rolar no Brasil

William do Bigode do Palmeiras
Instagram Oficial - SE Palmeiras

Apesar da pausa no esporte mundial, por conta da pandemia de coronavírus, a bola vai seguir rolando nos gramados do Ganhador. Ao longo dos próximos dias, vamos fazer um balanço dos principais times do Brasil nos primeiros meses de 2020 e trazer projeções e padrões para os apostadores ficarem atentos quando a ação voltar daqui algumas semanas. O assunto deste post é o Palmeiras de Luxemburgo: será que o Verdão melhorou em 2020 nas mãos do novo treinador? Veja o balanço do Alviverde nos primeiros meses do ano e as tendências de apostas no Bodog!

 

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

 

Um novo Palmeiras em 2020?

Após assinar com o técnico Vanderlei Luxemburgo, a expectativa era de um Palmeiras bem diferente da letargia do ano passado: uma equipe que se apoiasse menos nos chutões, valorizasse mais a bola e resgatasse aquele DNA mais ofensivo que o treinador implementou no Verdão na época da Parmalat nos anos 90. 

Após toda a pré-temporada e quase dois meses de bola rolando, já é possível falar em um ‘novo Verdão’ em 2020? Por enquanto, não. Apesar dos números serem bons, ainda trata-se de um time bem irregular, que ainda se livra da bola quando pressionado e que não conseguiu vencer nenhum dos três oponentes da Série A que enfrentou: empates com Santos e São Paulo e derrota para o Bragantino.

 

Falta equilíbrio entre defesa e ataque

A ideia de Luxemburgo na pré-temporada era bem clara: uma formação com um meia clássico, camisa 10, abastecendo o  trio ofensivo formado por Dudu, Willian e Luiz Adriano (algo próximo ao que Alex fazia quando jogava nos esquemas do treinador no Cruzeiro e no próprio Palmeiras).

Após dar algumas chances a Lucas Lima, Raphael Veiga e pouco espaço para Gustavo Scarpa no setor, Luxa logo desistiu da ideia inicial e apostou em uma formação, em teoria, próxima a do Flamengo de Jorge Jesus: um quarteto ofensivo com Dudu, Willian, Rony e Luiz Adriano trocando bastante de posição a todo momento.

Com isso, cabe aos dois volantes em campo o papel de dar proteção a zaga e levar a bola ao ataque com qualidade. Eis o grande problema da equipe até o momento: independente da formação da dupla, o time segue dando um espaço gigantesco entre as linhas. Com um meio-campo inoperante, o time dificilmente vai jogar próximo do que a torcida espera.

Como apostar nos jogos do Verdão?

  • Jogos com menos de 2,5 gols

Por não levar grandes sustos, mas também não agredir a todo momento, os jogos do Palmeiras de Luxa costumam ter poucos gols: em cinco dos últimos seis duelos tivemos menos de três gols marcados. Esta é uma boa pedida quando a bola voltar a rolar.

  • Apostas de ambos os times não marcam

Esta é uma boa tendência do time de Luxemburgo em 2020: em oito das 12 partidas disputadas algum dos times não balançou as redes.

  • O faro de gol de Willian Bigode

Há um destaque claro no quarteto ofensivo do Verdão: Willian Bigode. Um dos jogadores mais subestimados do futebol brasileiro, ele começou 2020 voando com sete gols em 10 jogos como titular. Ótima pedida nos odds do Bodog.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar