Ganhador.com

UFC

A possível aposentadoria de Amanda Nunes do MMA

Amanda Nunes é campeã peso-galo e peso-pena do UFC
Foto: Divulgação / UFC

Depois de Henry Cejudo, Jon Jones, Jorge Masvidal e Conor McGregor, Amanda Nunes é a mais nova estrela do UFC a falar em aposentadoria do MMA. A campeã dupla surpreendeu o presidente do Ultimate ao cogitar o fim da carreira depois da vitória conquistada no UFC 250, no último dia 6 de junho, em Las Vegas (EUA). O dirigente não curtiu nada ter ficado sabendo da possibilidade da campeã dupla pendurar as luvas bem no auge de sua trajetória no esporte.

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saiba como apostar no UFC

No último domingo (14), Amanda declarou em entrevista ao Esporte Espetacular que não descarta se aposentar do esporte. Após a vitória na decisão unânime dos juízes contra Felicia Spencer, que lhe rendeu o feito histórico de ser a primeira atleta (entre homens ou mulheres) a defender cinturões de forma simultânea no UFC, a brasileira vive a ansiedade pela chegada de sua primeira filha, o que a motiva a pensar num possível ponto final. Ela quer dar atenção a sua família.

“Eu tô ficando velha (risos). Não quero meter os pés pelas mãos, mas tenho pensado nisso mesmo. Já conquistei tudo o que queria e não tem muito o que fazer na categoria. Vou conversar com meus treinadores. Tô bem pra lutar, tô bem pra me aposentar… Estou chegando naquele momento que quero aproveitar um pouco mais”, declarou a campeã dupla do UFC.

Durante sua participação no Podcast The Schmozone, o dirigente foi pego de surpresa ao ouvir a declaração de Amanda, e não curtiu muito as palavras da brasileira.

“Vou matá-la! Estava falando com os matchmakers do UFC sobre construir a categoria peso-pena só pra ela. Sempre digo que quando um atleta fala de aposentadoria, talvez ele deva parar mesmo. Mas não se você estiver onde ela está. Isso me deixa louco”, afirmou o presidente do UFC.

Como Amanda Nunes é campeã de duas categorias que sofrem com a escassez gritante de desafiantes, a ausência da brasileira faz mais bem do que mal. Outras candidatas e novos talentos precisam se desenvolver na divisão. E enquanto isso acontece, Amanda pode tirar seu merecido descanso pra acompanhar o nascimento de sua primeira filha e curtir a família.

Aos 32, Amanda realmente pode se aposentar a hora que quiser. Tem um legado arrasador, histórico e quase intocável no MMA. Ela bateu todos os grandes nomes do MMA feminino e o fez de forma espetacular. A brasileira já ganhou dinheiro o suficiente e tem estabilidade financeira, O problema é que seus instinto competitivo pode falar mais alto uma vez que outra mulher assumir as atenções dos holofotes e um novo desafio surgir. Hoje, de fato, o cenário é vazio, não existem opções atraentes. Mas na ausência de Amanda é trabalho do UFC promover uma nova potência em ambas as categorias. E aí, quem sabe na próxima temporada, Amanda Nunes não retorna dessa desejada pausa no esporte que ela enxerga como possível aposentadoria.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar