Copa do Brasil

Vitória por 1 a 0 sobre o Inter deixa o Athletico-PR a um empate do título da Copa do Brasil

Com a vitória por 1 a 0 obtida na Arena da Baixada, o Athletico-PR precisa apenas de um empate no Beira-Rio para levar o título da Copa do Brasil

Foto: Gabriel Machado/AGIF/CBF/Reprodução

Uma final de Copa do Brasil com cara de final. Foi isso que vimos na noite da última quarta-feira na Arena da Baixada no primeiro duelo entre Athletico-PR e Internacional. O jogo foi movimentado, com ligeiro domínio do Furacão e os times alternando chances de gol. Marcelo Lomba teve papel importante na partida e com boas defesas evitou um placar mais elástico a favor dos donos da casa. A vitória por 1 a o, entretanto, bateu com a nossa dica de aposta e rendeu um bom lucro segundo os números do SpinSports:  R$ 2,05 por R$ 1,00 para o sucesso atleticano e de R$ 1,55 para um placar final onde apenas uma equipe marcaria gols (apostas de R$ 100,00 renderam, respectivamente, R$ 205,00 e R$ 155,00).

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Athletico-PR 1 x 0 Internacional

Os primeiros 45 minutos

Confirmando nossa dica de aposta, o duelo entre Athletico-PR e Internacional na primeira partida da final da Copa do Brasil foi melhor do que se podia imaginar. Sem covardia, as equipes buscaram o resultado e alternaram boas oportunidades de gol. Forte na Arena da Baixada, o Furacão tomou a iniciativa do duelo e era mais presente e perigoso no campo de ataque. Mas D’Alessandro, ídolo e líder colorado, com os pés calibrados criava boas oportunidades no contra-ataque: Nico López, por duas vezes, foi bem acionado pelo argentino, mas desperdiçou. De longe, Uendel também assustou, mas o gol não saiu. O Athletico-PR era mais perigoso nas tentativas de fora da área. Rony e Léo Cittadini perderam boas oportunidades e, com isso, o placar no primeiro tempo ficou no 0 a 0 (que, sejamos honestos, interessava mais ao Internacional).

 

O segundo tempo seguiu movimentado

O Internacional voltou do intervalo disposto a fazer o resultado fora de casa e, mais aberto, tentou pressionar a defesa do Athletico-PR. Mas a estratégia virou àgua aos 12 minutos do segundo tempo: Marco Rúben fez boa jogada e passou para Bruno Gumarães que, dentro da grande área, bateu de primeira sem chances de defesa para Marcelo Lomba. Em desvantagem – e ciente de que vai decidir o título no Beira-Rio – o Internacional “tirou o pé” e passou a tomar cuidado para não deixar o Furacão abrir uma vantagem maior. Mesmo assim, ainda teve boas oportunidades com Lindoso e D’Alessandro. Em outro lance de perigo, Rony quase ampliou aos 27, mas parou nas mãos de Marcelo Lomba.

 

Como fica?

Os times voltam à campo na próxima quarta-feira, dia 18, no Beira-Rio, onde farão o derradeiro jogo da final da Copa do Brasil. O Athletico-PR leva o título – e o prêmio de R$ 52 milhões – com qualquer empate. Para o Internacional, apenas a vitória por dois gols (ou mais) de diferença garantirá o título. Vitória por um gol levará a decisão para os pênaltis.

Pelo Campeonato Brasileiro, Athletico-PR e Inter voltam a campono próximo domingo, às 11h. O Furacão recebe o Avaí, na Arena da Baixada, em Curitiba e o Colorado visita o Atlético-MG, no estádio Independência (Horto), em Belo Horizonte.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar