Ganhador.com

Brasileirão Série A

Os prognósticos, as “pedreiras” e as “barbadas” para a 23ª rodada da Série A do Brasileirão

Bruno Henrique do Flamengo

Sem Arrascaeta, Gabigol e Filipe Luís, Bruno Henrique terá a responsabilidade de liderar o ataque do Flamengo na 23ª rodada do Brasileirão.

Foto: Alexandre Vidal – Flamengo - Reprodução

A 23 rodada do Campeonato Brasileiro começa neste sábado, dia 5, com o reencontro de Rogério Ceni – de volta ao comando do Fortaleza – com o São Paulo a partir das 17 horas no Pacaembu. O duelo, apesar de tudo que o cerca (desde a carreira de Ceni como goleiro, umbilicalmente ligada ao clube do Morumbi, seus inúmeros títulos conquistados até a passagem frustrada, seguida de demissão, como técnico do time em 2017), é tratado como uma das “barbadas” em uma rodada cheia de duelos complicados e prognósticos difíceis. Vasco e Santos, por exemplo, é um desses jogos complicados. Os números do Bodog indicam um grande equilíbrio entre os times apesar do “abismo técnico” que separa os elencos comandados por Jorge Sampaoli e Vanderlei Luxemburgo.

Quem talvez tenha a vida “mais fácil” neste final de semana sejam os líderes, Flamengo e Palmeiras. O Rubro-Negro levará seu estrelado elenco para um duelo contra a pior Chapecoense de todos os tempos na matinê do próximo domingo, dia 6, na Arena Condá. O Verdão, que segue invicto desde a chegada de Mano Menzes, recebe o Atlético-MG no Allianz Parque. Colecionando uma série de resultados ruins, o Galo entrará em campo pressionado e com seu técnico, Rodrigo Santana, no bico do corvo após a brutal queda de rendimento do time.

Para diminuir suas chances de risco na hora de investir no futebol brasileiro neste final de semana, separamos os jogos da rodada entre “barbadas” e “pedreiras”.

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

 

Flamengo, Palmeiras, Grêmio, São Paulo e Ceará: as barbadas da rodada

Nunca é demais lembrar que a análise esportiva não é uma ciência exata e zebras sempre acontecerão, mas dentro do contexto da 23 rodada do Campeonato Brasileiro, é possível acreditar – levando os números do Bodog em consideração, que Flamengo, Palmeiras, Grêmio, São Paulo e Ceará tem maiores chances de confirmarem seus favoritismos, como veremos a seguir.

 

Chapecoense (R$ 5,75) x (R$ 1,55) Flamengo

Esta talvez seja a maior “barbada” da rodada. É claro que os desfalques certos de Arrascaeta e Filipe Luis (lesionados) e Gabigol (suspenso) pesam dentro do sistema de jogo do Flamengo. Mas diante daquela que é a pior Chapecoense de todos os tempos e que dificilmente escapará do rebaixamento, é possível acreditar em uma vitória da equipe carioca. Não importa se o time de Jorge Jesus vencerá com folgas ou por um apertado 1 a 0, se terá sufoco ou não. O fato é que dificilmente o Urubu voa de volta para o Rio de Janeiro sem os três pontos e sem dar um retorno de R$ 1,55 para cada real investido.

 

Palmeiras (R$ 1,44) x (R$ 7,50) Atlético-MG

Outro jogo que pode ser classificado como “barbada”. O Palmeiras joga em casa, tem elenco superior, abandonou a ideia ligação direta dos tempos de Felipão e passou a tocar mais a bola sob o comando de Mano Menezes. Lucas Lima têm correspondido quando acionado – coisa quer não vinha acontecendo antes – e William voltou a ser decisivo com o o novo técnico (aliviando um pouco a responsabilidade em cima de Dudu). E enquanto o jogo do Verdão ganhou corpo nas últimas rodadas, o do Atlético-MG foi perdendo rendimento e despencando na tabela de classificação. Embora tenha momentos de bom futebol, o Galo não consegue ser consistente e isso tem custado caro. Seu técnico, Rodrigo Santana, vai para o jogo muito pressionado (ainda mais com Vagner Mancini, Zé Ricardo e Cuca livres no mercado) e com o emprego em risco, ficará entre a cruz e a espada de agredir o Verdão ou fechar-se na defesa e garantir ao menos um empate. A vitória do Palmeiras parece inevitável e um jogo abaixo de 2,5 gols a R$ 1,74 é uma boa forma de aumentar os lucros.

São Paulo (R$ 1,52) x (R$ 6,00) Fortaleza

Por mais que Rogério Ceni consiga tirar coelhos da cartola do Fortaleza, vencer o São Paulo na abertura da 23 rodada do Brasileirão parece estar além da magia do treinador. Ainda mais se levarmos em consideração que este é o mesmo São Paulo que segurou o Flamengo, no Maracanã, na rodada anterior. E se no duelo contra o líder do Brasileirão vimos pouca coisa do trabalho de Fernando Diniz, após uma semana livre para treinar o time, deveremos ver um São Paulo um pouco mais parecido com o padrão que Diniz gosta de colocar nas equipes que treina e com a vantagem de contar com um ataque relativamente eficiente na hora de finalizar. O Fortaleza, por sua vez, não tem mais surpresas para apresentar. Deverá jogar fechado explorando o contra-ataque, torcendo por uma bola que defina o jogo. Até pode dar certo (e não foram poucas as vezes em que o Fluminense de Diniz era amplo favorito e perdeu inexplicavelmente), mas as chances são muito pequenas. É outro jogo onde o melhor é apostar no favorito sem sustos.

Grêmio (R$ 1,95) x (R$ 4,05) Corinthians

Sem compromisso pela Libertadores no meio de semana, o técnico Renato Gaúcho não deverá poupar ninguém para o jogo contra o Corinthians em Porto Alegre. Vale lembrar que o Timão é um adversário direto do Imortal na luta pelo G-4. O alvinegro não vem se destacando neste Brasileirão pelo seu grande desempenho como visitante – apesar da vitória por 1 a 0 sobre a Chapecoense na última quarta-feira na Arena Condá. Sua defesa segue como a melhor da competição e é ela que pode desequilibrar a balança a favor da equipe de Fábio Carille e azedar o favoritismo do tricolor. Por segurança, vale a pena investir na chance-dupla de empate ou vitória do Grêmio a R$ 1,25.

 

Ceará (R$ 2,10) x (R$ 3,80) Goiás

Embora seja apontado como favorito para o duelo contra o Goiás, no próximo domingo, dia 6, no Castelão, o Ceará não tem tanta garrafa assim para vender e vem caindo de rendimento na mesma velocidade que o Atlético-MG. O Goiás não é nenhuma máquina de jogar futebol, mas tem um bom goleiro e time, no geral, competente e no mesmo nível do Ceará. Por conta disso, embora os números coloquem o Vozão como uma “barbada” assim como é o caso do jogo Grêmio x Corinthians, vale a pena investir em cotas alternativas, como por exemplo, um jogo com mais de 2 gols a R$ 1,71 e até mesmo arriscar um duelo onde apenas um time fará gols e placar final abaixo de 2,5 gols a R$ 2,05.

 

Duelos equilibrados podem gerar grandes lucros

Vasco (R$ 2,75) x (R$ 2,60) Santos

Os números do Bodog indicam um duelo equilibrado entre os alvinegros de Vasco e Santos. E não é para menos: nos últimos 15 pontos que disputaram, o Cruz-Maltino faturou sete enquanto que o Peixe levou cinco para casa. Jogando em São Januário, o time de Vanderlei Luxemburgo tem conseguido bons resultados que vão mantendo a equipe longe do Z-4. Já a equipe comandada por Jorge Sampaoli embira tenha encurtado a distância para os líderes na rodada passada, distanciou-se demais da luta pelo título e, pior, viu o Corinthians igualar a sua pontuação e se tornar uma ameaça ao seu terceiro lugar. O desempenho errático de Santos e Vasco ajudam e explicar a proximidade nos odds e o fator casa dá uma leve vantagem ao time de São Januário. Mas, com tanta imprevisibilidade, e levando em consideração o desempenho geral das defesas, acreditar em um jogo onde ambas as equipes marcarão gols – independente do resultado final – rende interessantes R$ 1,90.

Bahia (R$ 2,25) x (R$ 3,30) Athletico-PR

Jogando em casa, o Bahia é sempre favorito. Contra uma equipe que (ainda) não é famosa por sua força longe da Arena da Baixada, fica fácil entender a distância entre os odds no duelo entre baianos e paranaenses. Mas um time que dobra o investimento inicial em caso de sucesso não deve ser considerado um favorito absoluto. Sem chances de título, com a Copa do Brasil no bolso e já classificado para a Libertadores do ano que vem, o Furacão meio que “cumpre tabela” neste resto de temporada. Joga para obter a melhor classificação possível, é claro, mas o mundo não cairá sobre a cabeça de Tiago Nunes se por acaso o time perder o jogo neste sábado na Fonte Nova. Por isso, investir na chance-dupla de empate ou vitória do Bahia a R$ 1,34 é uma hipótese. A chance-dupla de vitória para qualquer uma das equipes rende R$ 1,33 e também é uma boa opção.

Cruzeiro (R$ 2,30) x (R$ 3,35) Internacional

Talvez o duelo mais complicado da rodada. Agora sob o comando de Abel Braga, o Cruzeiro luta para se encontrar dentro de campo e contra a bagunça dos bastidores da Toca da Raposa para tentar achar o caminho da saída do Z-4. O Internacional por sua vez, passa por um momento de instabilidade e o trabalho do técnico Odair Hellmann vem sendo muito questionado pela torcida. Braga teve a vantagem de conseguir uma semana livre para trabalhar o time e colocar em prática algumas de suas ideias de jogo – que não deram liga no Flamengo, mas podem resolver o problema do Cruzeiro. Em algum momento a Raposa precisará voltar a vencer. O jogo contra o Colorado no Mineirão, parece uma boa oportunidade para isso. Vale a pena arriscar aqui e investir da vitória do Cruzeiro e mais que dobrar o investimento inicial.

Botafogo (R$ 2,80) x (R$ 2,60) Fluminense

O clássico carioca também chega trazendo odds equilibrados. Nos últimos 15 pontos disputados, o Botafogo conquistou apenas 4 e vem para o jogo carregando atrás de si uma série de quatro jogos sem vitórias – com três derrotas seguidas. O Fluminense, por sua vez, demitiu Oswaldo de Oliveira, premiou o insubordinado Ganso com a faixa de capitão, deu respaldo para o interino Marcão e, nos números, foi melhor que o alvinegro nas últimas rodadas onde conquistou sete de 15 ponto possíveis. Mas clássico é sempre uma caixinha de surpresas e como não gostamos de surpresas com nossos investimentos a melhor opção aqui é fugir da escolha de um resultado e acreditar em um jogo com mais de dois gols a R$ 1,64 como forma de diminuir os riscos.

CSA (R$ 2,30) x (R$ 3,30) Avaí

No jogo entre os times que patinam no Z-4, ligeira vantagem para o CSA, que joga em casa e já andou complicando a vida de time grande neste Brasileirão. O Avaí dá sinais de que pode melhorar o futebol que vem jogando – mas não é nada capaz de evitar um retorno à Série B em 2020. Este é outro jogo onde vale a pena correr algum risco. Aposte na vitória do CSA e receba mais que o dobro do investimento inicial.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar