Futebol

Os grandes estão nas semifinais do Paulistão; o Flamengo é finalista da Taça Rio e o Cruzeiro disparou na Libertadores

Decisivo

Como foram os jogos pela semifinal da Taça Guanabara, quartas de final do Campeonato Paulista e o duelo entre Cruzeiro e Deportivo Lara pela Libertadores

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo / Reprodução

Pelo segundo ano consecutivo, Palmeiras, Santos, Corinthians e São Paulo estão nas semifinais do Campeonato Paulista – confirmando a indicação dos especialistas que apostavam em uma decisão apenas entre os grandes do Estado. Claro que os resultados não foram exatamente os esperados e enquanto que Palmeiras e São Paulo venceram suas partidas (com lucros de, respectivamente, 1,29/1,00 e 2,05/1,00 conforme apontado aqui), o Santos jogou com o regulamento embaixo do braço e ficou no 0 a 0 com o Red Bull Brasil (e pagou interessantes 3,20/1,00) e o Corinthians deu mole no Itaquerão, mais uma vez, e após novo empate em 1 a 1 com a Ferroviária (3,35/1,00) precisou decidir a vaga nos pênaltis onde, novamente, brilhou a estrela do goleiro Cássio. Pelo Campeonato Carioca, o Flamengo confirmou os odds do Bodog, venceu o Fluminense (pagando 2,36/1,00) e fará a final da Taça Rio contra o vencedor de Bangu e Vasco que jogam hoje, dia 28, a partir das 21:30 no Maracanã. E mesmo errando o placar – foi indicada uma vitória por 3 a 0 – o Cruzeiro confirmou a indicação deste Ganhador e venceu o Deportivo Lara ontem, no Mineirão, no jogo adiado da segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. Com o resultado, a Raposa disparou na liderança do Grupo B.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Campeonato Paulista

Palmeiras 5 x 0 Novorizontino

Se o empate em 1 a 1 no jogo de ida deu margem para muito falatório – principalmente do lado palmeirense – a atuação da última terça-feira no Pacaembu reestabeleceu a realidade da qualidade do elenco alviverde e a goleada por 5 a 0 veio com grande facilidade. Em menos de 10 minutos o jogo já estava definido com gols de Felipe Melo e Ricardo Goulart. Atrás no placar, o Tigre se aproveitou da “tirada de pé” do Palmeiras e tentou pressionar, sem muita eficiência. No segundo tempo, tudo ficou mais fácil quando, aos seis minutos o árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo marcou pênalti após um toque de mão na bola de Everton Sena na área. Gustavo Scarpa cobrou e converteu. Completamente entregue em campo, o Novorizontino ainda deu espaços para para que Dudu – em outra cobrança de pênalti – ampliasse e Scarpa fechasse a goleada.

O Palmeiras agora enfrenta o São Paulo na semifinal.

Ituano 0 x 1 São Paulo

No mesmo dia em que anunciou o retorno de Alexandre Pato ao Morumbi – assinou por quatro anos –, o São Paulo foi até a cidade de Itu e confirmou sua classificação para as semifinais do Campeonato Paulista com uma nova vitória sobre os donos da casa, desta vez por 1 a 0. Se no primeiro tempo faltou futebol e chances de gol de ambos os lados, no segundo o Tricolor mudou de atitude – muito por conta da melhora de rendimento de Antony –, assumiu o controle da partida e viu Liziero (outra jóia formada em Cotia) marcar o gol da vitória em rebote após finalização de Pablo. Ao que tudo indica, contrariando todas as expectativas, Cuca receberá de Vágner Mancini uma base melhor que a que ele (Mancini) recebeu de André Jardine para trabalhar – o que pode ser uma excelente notícia para o decorrer da temporada do São Paulo.

Red Bull Brasil 0 x 0 Santos

Apesar da vantagem de 2 a 0 construída no jogo de ida, o Santos foi para cima do Red Bull Brasil na última terça-feira do estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, tentando aumentar a sua vantagem e fazer uma partida mais “tranquila”. Superior aos donos da casa durante toda a primeira etapa, o Peixe parou no bom sistema defensivo montado pelo técnico Antonio Carlos Zago e ainda levou alguns pequenos sustos. Na melhor chance dos donos da casa, Deivid furou bisonhamente e não conseguiu finalizar para o gol vazio do Santos. No segundo tempo, o Peixe voltou disposto a não correr riscos e controlar o jogo atá o final – e foi bem-sucedido em sua missão. Aos 45, polêmica: Rodrygo foi derrubado na área do Red Bull mas o árbitro, após consulta ao VAR manteve a decisão de não marcar o pênalti.

O Santos agora enfrentará o Corinthians na semifinal do Campeonato Paulista.

Corinthians 1 x 1 Ferroviária

O Corinthians recebeu a boa equipe da Ferroviária em seu estádio e como bom anfitrião que é, deixou a bola com os visitantes que pouco perigo ofereceram nos primeiros 45 minutos. Apesar de não ter a posse de bola, o Corinthians era mais perigoso e chegou a abrir o placar com Gustagol – mas o lance foi, corretamente, anulado. Júnior Urso, então, aproveitou bom cruzamento de Clayson aos 33 e abriu o placar. Na volta para o segundo tempo, o Timão tentou assumir o controle total do jogo e pressionava a saída de bola da Ferroviária. A estratégia deu certo até os 14 minutos, quando Diogo Mateus bateu rasteiro, e Thiago Santos completou no meio da área. Com  o 1 a 1 no placar, Carille mexeu no Timão e tirou Jadson e Ralf para as entradas de Sornoza e Pedrinho. Pouco depois, Boselli entrou no lugar da Vagner Love. Mas apesar de duas boas oportunidades criadas, o gol não saiu. Nos pênaltis, brilhou a estrela de Cássio – mais uma vez – que defendeu a segunda batida, de Thiago Santos, e viu Tony mandar para fora a primeira. Uilliam, Higor Meritão e o goleiro Tadeu converteram para a Ferroviária. Pelo lado do Timão, Danilo Avelar desperdiçou a cobrança enquanto que Gustagol, Clayson, Boselli e Pedrinho marcaram.

 

Campeonato Carioca

Fluminense 1 x 2 Flamengo

Ainda sob os efeitos do Fla x Flu do último final de semana, os grandes cariocas entraram em campo na noite de ontem mais preocupados em se estranharem do que em jogar bola. O jogo, quente durante os 90 minutos teve participação do VAR em dois lances – no começo do jogo, Léo Santos marcou para o Fluminense, mas Marcelo de Lima Henrique, olhando as imagens, marcou falta de Matheus Ferraz em Rodrigo Caio no começo da jogada; no segundo tempo, Everaldo foi derrubado por Léo Duarte na área, e o árbitro marcou pênalti após consultar as imagens. E em meio a tanta “eletricidade” houve tempo para Renê abrir o placar no primeiro tempo e para Bruno Henrique ser expulso – aos 49 minutos – após falta violenta em Gilberto. Os times tentaram jogar bola no segundo tempo e Yoni González, em pênalti marcado com a ajuda do VAR, deixou tudo igual. Éverton Ribeiro, em nova cobrança de pênalti deu a vitória ao Flamengo. Além da derrota, o Fluminense perdeu também Paulo Henrique Ganso, expulso após xingar muito o quarto árbitro aos 51 minutos do segundo tempo.

O Flamengo agora espera pelo vencedor de Bangu e Vasco para decidir o título da Taça Rio neste domingo, dia 31.

 

Copa Libertadores

Cruzeiro 2 x 0 Deportivo Lara

Não foi tão fácil como se imaginava, mas o Cruzeiro venceu a segunda partida da Copa Libertadores e agora lidera o Grupo B com 6 pontos (em 6 possíveis). Sem muita inspiração, a Raposa fez um duelo morno contra o Deportivo Lara na noite de ontem, dia 27, no Mineirão. Aniversariante do dia, Rodriguinho abriu o placar no começo do primeiro tempo e foi praticamente tudo o que aconteceu nos primeiros 45 minutos exceto por um gol de Fred mal-anulado pela arbitragem. O segundo tempo também não foi dos melhores: sem vontade, o Cruzeiro limitava-se a controlar o jogo e não correr riscos. Mesmo assim, nos acréscimos, Jadson marcou seu primeiro gol com a camisa da Raposa e deu números finais à partida.

O Cruzeiro volta a campo neste domingo quando enfrenta o América-MG nas semifinais do Campeonato Mineiro. Pela Libertadores, joga na próxima quarta-feira contra o Emelec em Guayaquil.

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Palpites para Bangu x Vasco na semifinal da Taça Rio | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar