UFC

O que você precisa saber sobre Israel Adesanya, rival de Anderson Silva no UFC 234

Israel Adesanya encara Anderson Silva pelo UFC 234, neste sábado, em Melbourne, Austrália
Foto: Divulgação / UFC

Nascido em Lagos, Nigeria, no dia 22 de julho de 1989, Israel Adesanya é o nome completo do rival de Anderson Silva no UFC 234, neste sábado, em Melbourne, Austrália. Como a semana é importante e muita gente ainda não entende o motivo de Spider ser azarão diante da promessa da categoria dos médios, nada melhor do que contar algumas curiosidades sobre a história do lutador que é visto por muitos como futuro campeão da categoria até 83,9kg e grande favorito contra o Anderson no octógono.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Radicado na Nova Zelandia, Israel tem nacionalidade dupla, ele é um atleta nigeriano-neozelandês. Ele vai lutar neste sábado do lado de casa, já que a Austrália é pertinho da Nova Zelandia, país que ele vive desde 2001.

O nome completo dele é Israel Mobolaji Adesanya. Mobolaji, na cultura africana, significa “nascido na riqueza”.

O primeiro contato dele com a luta foi treinando Taekwondo. Mas, ainda adolescente, ele foi retirado dos treinos pela mãe depois que quebrou o braço. “Ela também não gostava porque eu chutava tudo o que podia dentro de casa”. Adesanya já declarou em entrevistas que um dos motivos que o fizeram procurar a luta foi o bullying e o racismo que encarou quando mais novo, em Lagos, onde nasceu.

Sete anos depois de migrar da Nigéria para a Nova Zelandia, aos 18, Adesanya voltou a treinar e começou a competir no kickboxing. Como amador, ele teve um cartel perfeito de 32 vitórias em 32 lutas. Já no kickboxing profissional, ele foi campeão em torneios como o King in The Ring e o Glory, mas também acumulou algumas derrotas. E duas dessas derrotas foram para um brasileiro: Alex Pereira, atual campeão dos médios do Glory. Alex, inclusive, fez parte da preparação de Anderson Silva para ajudar o o brasileiro a decifrar o jogo de Adesanya, porque se no kickboxing ele perdeu algumas vezes, no MMA ele está invicto.

Fã de dança, Adesanya considerou virar dançarino, mas sua família esperou que ele encontrasse uma “profissão”. Seu apelido, “The Last Stylebender”, é inspirado no desenho Avatar. E ele é completamente obcecado em desenho e ficção. Ele fala muito nas entrevistas sobre o poder da imaginação.

Assim como muitos lutadores, ele é fã de Muhammad Ali e já publicou diversas montagens em fotos parecidas com a lenda do boxe. Adesanya também é fã de Anderson Silva. Prova disso é que em 2012, logo depois de Spider vencer Chael Sonnen pela segunda vez, ele publicou no Instagram uma foto de Spider onde a legenda dizia. “Melhor lutador de todos os tempos! Não (o melhor) boxeador, não (o melhor) lutador de jiu-jítsu. Melhor lutador”!

A estreia de Adesanya no MMA aconteceu em março de 2012 e foi logo com um nocaute em dois minutos. Mas até abril de 2017 ele seguiu com a carreira no kickboxing profissional em paralelo. Em janeiro de 2015, quando tinha apenas duas lutas de MMA, ele mandou uma mensagem de texto para o presidente do UFC Dana White pedindo uma chance no UFC. A chance no octógono mais famoso do mundo veio só em fevereiro de 2018, ano passado, quando ele já tinha um cartel de 11 vitórias em 11 lutas.

A sua primeira temporada no UFC foi espetacular. Ele teve um ano perfeito e emplacou quatro vitórias nas quatro primeiras lutas no UFC. Ele bateu Rob Wilkinson por nocaute técnico na estreia, depois venceu Marvin Vetori na decisão dos juízes… Aí, já na sua terceira apresentação no UFC, ele já fez uma luta principal, quando venceu Brad Tavares na luta principal do The Ultimate Fighter 27 Finale. Essa luta, inlusive, eu vi de perto em Las Vegas!

E por fim, em novembro do ano passado, no UFC 230, ele nocauteou Derek Brunson no primeiro round pelo card principal do show em uma performance desmoralizadora.

Com um estilo incrivelmente versátil e uma confiança nas alturas, Israel Adesanya é um dos lutadores mais empolgantes da atualidade. As comparações a Jon Jones e Anderson Silva não são à toa. Ele tem muito futuro no UFC!

E hoje, aos 29 anos, invicto, com um cartel de 15 vitórias em 15 lutas, 13 nocautes conquistados (sendo seis no primeiro round), 1,93m de altura, mais de dois metros de envergadura, e um “hype” enorme, uma expectativa gigante por trás de seu desempenho, Israel Adesanya chega para o duelo com Anderson Silva como favorito, com chances de se aproximar de uma chance pelo cinturão do UFC em caso de vitória.

Confira os odds para o UFC 234

(R$ 1,40) Robert Whittaker x Kelvin Gastelum (R$ 2,95)
(R$ 1,15) Israel Adesanya x Anderson Silva (R$ 5,25)
(R$ 1,95) Rani Yahya x Ricky Simon (R$ 1,80)
(R$ 1,37) Montana De La Rosa x Nadia Kassem (R$ 3,05)
(R$ 1,71) Jimmy Crute x Sam Alvey (R$ 2,10)
(R$ 1,41) Devonte Smith x Dong Hyun Ma (R$ 2,90)
(R$ 1,33) Shane Young x Austin Arnett (R$ 3,30)
(R$ 1,33) Kai Kara France x Raulian Paiva (R$ 3,30)
(R$ 4,25) Teruto Ishihara x Kyung Ho Kang (R$ 1,22)
(R$ 1,28) Lando Vannata x Marcos Mariano (R$ 3,65)
(R$ 3,15) Callan Potter x Jalin Turner (R$ 1,36)
(R$ 2,40) Wuliji Buren x Jonathan Martinez (R$ 1,58)

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar