Humor

Jorge Sampaoli: última bolacha do pacote?

Sem tempo para um flerte longo, o início de namoro entre Palmeiras e Jorge Sampaoli acabou de forma bruta – como mostramos aqui. Valorizado no mercado brasileiro após a boa campanha com um modesto Santos no Campeonato Brasileiro onde conquistou o vice-campeonato ficando à frente do próprio Palmeiras, o treinador argentino valorizou-se em terras tupiniquins e ficou exigente.

A boa passagem pelo clube da Vila Belmiro, pulverizou a péssima imagem deixada por Sampaoli após a campanha ridícula à frente da seleção argentina na última Copa do Mundo. Às turras com o presidente do Santos, José Carlos Peres, Sampaoli forçou a barra para seguir no Peixe, exigiu uma pequena fortuna em reforços e o fim da multa rescisória para a sua comissão técnica. Não foi atendido, pediu demissão e foi conversar com o Palmeiras.

Depois de trocar seis por meia dúzia com a saída de Felipão e a chegada de Mano Menezes, o Verdão tentou dar um “choque de modernidade” em seu departamento de futebol e foi conversar com Jorge Sampaoli, valorizado e livre no mercado. E, no caso, a parte do “valorizado” foi o grande problema.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1000

Saque em 1-2 - Dias

O valor do técnico estrangeiro

A grande maioria dos técnicos brasileiros parou no tempo. Exceto por alguns lampejos de Thiago Nunes, Eduardo Barroca, Fernando Diniz e Rogério Ceni – que parecem ter vocação para entregar mais do que se espera –, nossos treinadores montam suas equipes pensando em não perder. Isso mostrou-se fatal quando introduzimos no mercado técnicos estrangeiros e qualificados como Jorge Jesus e Jorge Sampaoli que conhecem o esporte e montam times preocupados em ir à campo e jogarem bola. O resultado é consequência.

Como resultado do “baile” que os “jorges” deram nos brasileiros, a solução para todos os problemas do nosso futebol (na cabeça dos cartolas) passa pela contratação de um técnico estrangeiro (daqui a pouco alguém traz Diego Aguirre de volta). Ciente desta “obsessão” dos clubes brazucas, Sampaoli (livre no mercado) valorizou seu passe.

Mostrando grande conhecimento do elenco alviverde, o técnico argentino impressionou na reunião que teve com os emissários palmeirenses. A proposta do Verdão, entretanto não chegou ao exigido por Sampaoli que valorizou seu passe e quis prolongar o prazo para dar uma resposta ao clube.

Sem tempo – e escaldado após a dificuldade para encontrar um substituto para o diretor de futebol Alexandre Mattos – o Palmeiras deu um prazo-limite para Sampaoli dar uma resposta. A resposta não veio, o Verdão saiu de campo e, querendo olhar para o futuro, buscou uma solução no passado: trouxe de volta Vanderlei Luxemburgo que fez boa campanha com Vasco tentando repetir o sucesso da parceria da metade final dos anos 90 e início dos anos 2000. Se dará certo ou não, o tempo dirá.

Enquanto isso, Sampaoli ainda anima sonhos brasileiros e curte férias em Madrid.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar