Brasileirão Série A

Flamengo atropela o Bahia e abre 10 pontos de vantagem sobre o Palmeiras que ficou no 1 a 1 com o Corinthians

Torcida do Flamengo se prepara para a festa do título

Com duas assistências e um gol, Gabigol comanda o Flamengo em mais uma vitória rumo ao título do Brasileirão 2019

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo/Reprodução

O duelo entre Botafogo e Avaí, que fecha a 32ª rodada do Campeonato Brasileiro ainda não aconteceu, mas já podemos dizer que, faltando apenas seis rodadas para o final da competição, o Flamengo – com uma ajuda do Corinthians – colocou as duas mãos no troféu de campeão da Série A em 2019. A vitória, de virada, sobre o Bahia por 3 a 1 aliada ao empate em 1 a 1 entre Palmeiras e Corinthians deu ao Urubu uma vantagem de 10 pontos sobre o vice-líder garantiu os lucros para quem acreditou na vitória Rubro-Negra e também viu sua linha de frente fazer boa pontuação no Cartola, com Gabigol somando 18,20 pontos e Bruno Henrique fechando a rodada com 10 (aliás, a “certeza” de que o Flamengo fará pelo menos um gol, não só tem garantido bons pontos no fantasy game como também tem servido de boa orientação na hora de definir sua aposta em totais de gols).

Falando em Cartola, o grande mito da rodada foi o pequeno Soteldo que marcou 2 na vitória do Peixe por 3 a 0 sobre o Goiás, garantiu o retorno de R$ 2,10 para cada real investido e ainda levou 23,20 pontos no game. O ataque do Santos, assim como o do Flamengo, vem tendo bom desempenho e garantindo bons resultados nas casas de apostas e no Cartola FC.

Na parte de baixo da tabela, o Fluminense deu mole mais uma vez, perdeu para o Internacional por 2 a 1 e com 34 pontos, pode voltar ao Z-4 nesta segunda-feira se o Botafogo, que tem 33 pontos e ocupa a 17ª posição vencer o Avaí, lanterna do Brasileiro.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1000

Saque em 1-2 - Dias

Flamengo 3 x 1 Bahia

Flamengo cada vez mais perto do título

O Flamengo fez um primeiro tempo preguiçoso e por conta disso correu o risco de sofrer nova derrota para o Bahia – que o havia vencido por 3 a 0 no primeiro turno – na noite deste domingo, dia 10, no Maracanã. Tanto que o time comandado por Roger Machado foi para o intervalo com a vantagem no placar, fruto de uma grande lambança da defesa do Urubu que começou no corte errado de Marí, que explodiu em Filipe Luis e terminou no gol contra de Arão aos 38 minutos. Na volta do intervalo, João de Deus (que comandava o Mengo no lugar do suspenso Jorge Jesus) trocou Vitinho por Reinier e as coisas começaram a dar certo. Jogando aberto pela direita, Gabigol cruzou e o jovem atacante completou para o o gol. Aos 26 minutos, Gabigol recebeu de Filipe Luis e mandou para Bruno Henrique que fez o da virada. E teve tempo para o artilheiro do Brasileirão guardar o seu após duas assistências, aproveitando rebote de cobrança de falta de William Arão que explodiu na trave aos 42 minutos e confirmou nossa dica de aposta.

Com este resultado e o empate entre Palmeiras e Corinthians, o Flamengo precisa de apenas mais oito pontos em seis rodadas para soltar o grito de campeão. Ou vencer Vasco e Grêmio nas próximas duas rodadas e torcer para que o Palmeiras não vença o Bahia. De todo modo, mesmo que matematicamente ainda seja possível, é difícil acreditar que o Verdão tem forças para impedir o título do Urubu.

 

Palmeiras 1 x 1 Corinthians

Palmeiras perde pênalti e, no sufoco, arranca empate do Corinthians

De forma surpreendente, o Corinthians começou melhor o último Dérbi de 2019 e com finalizações de Boselli e Ramiro, assustou o Palmeiras no início do primeiro tempo. Mas contando com o apoio de 100% do Pacaembu no clássico de torcida única, o Verdão se ajustou em campo e passou a ter o controle da bola e das ações ofensivas, mas falhava na hora de definir.

A equipe do técnico Mano Menezes voltou melhor para o segundo tempo e colocava pressão na defesa do Timão até que – mais uma vez com a ajuda do VAR – a arbitragem marcou pênalti para o Verdão. Scarpa, que não fazia grande jogo, foi para a cobrança e parou na ótima defesa de Walter. A partir daí o time de verde perdeu sua força, passou a atacar com (ainda) menos qualidade e deu espaços para o Corinthians tentar seu gol – que saiu em lindo chute de Michel Macedo aos 46 minutos do segundo tempo, sem chances de defesa para Weverton. Quando a torcida já mostrava irritação com mais uma jornada muito abaixo da qualidade que se espera pelos jogadores que tem, o Palmeiras achou o gol de empate aos 48, com Bruno Henrique mandando para o fundo das redes uma bola que ficou viva na área do Timão após cobrança de escanteio.

No final, um empate ruim para os dois times, mas muito pior para o Palmeiras que vê o Flamengo aumentar a vantagem na liderança. Para o Corinthians, que ainda luta por uma vaga no G-6, são dois jogos de invencibilidade e nova postura em campo sob o comando de Dyego Coelho.

 

São Paulo e Fluminense

Times que levam a grife “Fernando Diniz 2019” tropeçam mais uma vez

Fluminense e São Paulo, duas equipes ligadas a Fernando Diniz em 2019 fizeram mais uma rodada decepcionante e deixaram de pontuar.

No encontro com seu clube na temporada passada, o técnico Fernando Diniz viu o São Paulo repetir a apatia que vem sendo a marca da equipe há bastante tempo e, no final do segundo tempo, em falha gritante de Tiago Volpi, caiu por 1 a 0 diante do desfalcado Athletico-PR que segue sob comando interino após a demissão de Thiago Nunes que assumirá o Corinthians em 2020. Diante de um Morumbi vazio (pouco mais de 13 mil pagantes), a falta de vontade do time não foi perdoada pela torcida que protestou, contra diretoria e jogadores. Com a derrota por 1 a 0, o tricolor estaciona nos 52 pontos, cai para a quinta colocação e está apenas três pontos à frente de Internacional e Corinthians, seus concorrentes diretos por uma vaga na Libertadores do ano que vem.

Colocando frente a frente duas equipes pressionadas – uma pelo Z-4 e outra pela sequência de maus-resultados – o duelo entre o Fluminense (ex-clube de Fernando Diniz) e o Internacional foi, de certa forma, equilibrado até que Muriel falhou e Potker aproveitou o rebote de goleiro para abrir o placar. Minutos depois, o mesmo Potker se aproveitou da instabilidade do conjunto carioca e marcou o segundo. Com a vantagem construída na etapa inicial, o Colorado voltou fechado em sua defesa, explorando os contra-ataques sem muita qualidade. Tanto que o Flu diminuiu com Wellington Nem após erro de Cuesta na saída de bola. Mas faltou qualidade para buscar o empate. Com o 2 a 1 o Internacional voltou a se aproximar da luta por uma vaga na Libertadores e o Fluminense precisa torcer contra o Botafogo nesta segunda-feira para não voltar ao Z-4.

 

Cruzeiro 0 x 0 Atlético-MG

Futebol medíocre contamina a torcida e clássico termina em confusão

O jogo em si foi muito ruim – um reflexo da temporada que Cruzeiro e Atlético-MG fazem em 2019. Sem emoção e disputado muito abaixo da disposição que a posição das equipes na tabela do Brasileirão exige, o empate em 0 a 0 entre Raposa e Galo no Mineirão acabou sendo melhor para o conjunto alvinegro que chegou aos 40 pontos e precisa de mais cinco para afastar qualquer possibilidade de rebaixamento. O Cruzeiro por sua vez segue colado no Z-4 e com 35 pontos pode ser ultrapassado pelo Botafogo nesta segunda-feira e ficar na 16ª colocação.

Diante de futebol tão ruim – e mesmo antes dele – as torcidas encontraram tempo para arrumar confusão e após o apito final, atleticanos invadiram camarotes reservados à torcida do Cruzeiro para decidirem na porrada – e de uma vez por todas – quem é que torce para o pior time mineiro em 2019. Simplesmente lamentável.

 

Santos e Grêmio seguem firmes no G-4

Goiás 0 x 3 Santos

Com o pequeno Soteldo mandando soltar e prender no ataque santista, o Peixe não teve dificuldades para engolir o Goiás no Serra Dourada na abertura da 32ª rodada do Campeonato Brasileiro e garantir um retorno de R$ 2,10 por 1. O venezuelano marcou dois e ainda deu a assistência para o gol de Marinho. A vitória por 3 a 0 ajudou a consolidar o Santos na terceira posição do torneio e praticamente garante a equipe de Jorge Sampaoli na fase de grupos da Libertadores do ano que vem – resta apenas saber se o técnico argentino seguirá na Vila Belmiro.

Chapecoense 0 x 1 Grêmio

Com as defesas atuando bem na maior parte do tempo, Chapecoense e Grêmio foi um duelo decidido nos detalhes: mais precisamente na bicicleta de Luciano após David Braz ajeitar de cabeça cobrança de escanteio aos dois minutos do primeiro tempo. Atordoada, a Chape demorou para se reencontrar em campo e por pouco não levou o segundo, cortesia de Everton Cebolinha. Mas o tempo passou, os donos da casa se ajeitaram em campo e até criaram chances – a melhor delas com Camilo, que escorregou na hora do chute – mas pecaram no último toque ou ficaram presos na defesa do tricolor que também tinha dificuldades para criar novas chances. E esta foi a tônica do jogo também no segundo tempo com o trabalho defensivo superando os ataques e a Chape chegando à sua nona derrota como mandante.

O Grêmio por outro lado, com cinco vitórias seguidas, deu um lucro de R$ 1,69 segundo nossa dica, pulou da sétima colocação para o quarto lugar e também está próximo de garantir vaga na fase de grupos da Libertadores do ano que vem.

 

Fortaleza e Vasco vão bem e faturam os três pontos

Fortaleza 1 x 0 Ceará

No segundo Clássico-Rei da Série A em 2019, o Fortaleza devolveu a derrota do primeiro turno e segue distante do Z-4 e dentro da faixa de classificação para a Sul-Americana do ano que vem. O gol do Leão foi marcado por Wellington Nem ainda no primeiro tempo. Com mais posse de bola, o Vozão do técnico Adilson Batista tentava pressionar a defesa tricolor que, bem postada, aguentou a pressão nos dois tempos e garantiu a vitória. Com o resultado, o Ceará estacionou nos 36 pontos e segue fora, mas perigosamente perto do Z-4.

CSA 0 x 3 Vasco

Pela primeira vez no Brasileirão 2019 o Vasco fez três gols em um jogo. A vitória por 3 a 0 sobre o CSA levou o time de São Januário aos 42 pontos, acabou com a série de quatro rodadas sem vitórias para o time do professor Luxemburgo e praticamente acabou com as chances de rebaixamento da equipe carioca e rendeu R$ 2,40 para cada real investido por quem seguiu nossa dica de aposta. O CSA por sua vez chegou à sua terceira derrota seguida e com 29 pontos, segue estacionado na 18ª colocação muito mais perto de voltar à Série B do que de seguir na primeira divisão nacional.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar