Brasileirão Série A

Flamengo amassa o Palmeiras e “mitar” no Cartola pode ser o caminho para lucrar com Fluminense x Avaí

Jogando como campeão, Flamengo passa por cima do Palmeiras e segue líder do Brasileirão

Foto: Alexandre Vidal & Marcelo Cortes / Flamengo / Reprodução

Faltando ainda o duelo entre Fluminense e Avaí, marcado para esta segunda-feira, a 17ª rodada do Campeonato Brasileiro não foi boa para o Palmeiras que, com um jogo a menos, caiu para o quinto lugar após a derrota para o Flamengo e a vitória do Corinthians sobre o Atlético-MG e o empate entre São Paulo e Grêmio.

Fluminense e Avaí fecham a rodada nesta segunda-feira, a partir das 2o horas no estádio do Maracanã. Os odds para este jogo apontam o Fluminense como o grande favorito. A vitória do Tricolor paga, segundo o Bodog, R$ 1,52 contra R$ 5,75 para a possibilidade de triunfo do Avaí, lanterna e única equipe que ainda não venceu nesta edição do Brasileirão. E se a matemática indica a segurança de uma aposta no time das Laranjeiras, as estratégias do Cartola podem ajudar a aumentar suas possibilidades de lucro. Se focarmos na defesa do Fluminense nos tempos de Fernando Diniz veremos que defender não era o forte do grupo. Mas a chegada de Oswaldo de Oliveira – um técnico mais chegado na retranca que o ex-treinador do time – mexeu com a defesa tricolor que sofreu apenas  1 gol em dois jogos (justamente o do 1 a 1 contra o Corinthians que classificou o clube do Parque São Jorge para a semifinal da Copa Sul-Americana).

A melhora do sistema defensivo foi nítida e Muriel evitou que o Timão vencesse por uma diferença de dois ou mais gols o duelo da última quinta-feira. Por conta disso,  vale a pena acreditar no talento do goleiro que se não for vazado garante 5 pontos no Cartola e dá um retorno de R$ 1,87 por R$ 1,00 nos números do Bodog. Vitória do Flu sem sofrer gols paga R$ 2,15. Mas se não quiser acreditar que Muriel mitará na rodada e ficará zerado, o placar abaixo de 2,5 gols rende R$ 1,66 e pode ser um combo interessante com a hipótese dupla de empate ou vitória dos donos da casa a R$ 1,12.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Resumo da Rodada

Palmeiras perde no Rio e é ultrapassado por Corinthians e São Paulo

Flamengo 3 x 0 Palmeiras

O Palmeiras bem que tentou parar o dinâmico ataque do Flamengo fechando o meio-campo com três volantes: Felipe Melo, Bruno Henrique e Matheus Fernandes. Sem ninguém para criar jogadas, o Verdão ainda conseguiu assustar primeiro quando William cruzou para Fernandes abrir o placar logo aos dois minutos. Mas, para tristeza palmeirense, o Bigode estava impedido (em lance bem marcado pelo VAR). E foi só. A partir daí o Flamengo foi tomando conta do jogo e aos 10 minutos Gabigol aproveitou boa jogada construída por Bruno Henrique e Arrascaeta para abrir o placar. Em desvantagem, o Palmeiras se desmontou inteiro e sem um jogador que parasse e bola e pensasse o jogo no meio campo, acabou levando o segundo aos 38 minutos quando Arrascaeta apareceu nas costas de Marcos Rocha para aproveitar cruzamento de Bruno Henrique e aumentar o estrago: 2 a 0 para o rubro-negro. Nos acréscimos William diminuiu, mas a arbitragem marcou impedimento de Vitor Hugo no cabeceio para o atacante.

Na volta para o segundo tempo, Raphael Veiga entrou no lugar de Matheus Fernandes e nada aconteceu. Com a vantagem construída no primeiro tempo, o Flamengo tirou o pé e chegou ao terceiro gol com Gabriel cobrando pênalti de Diogo Barbosa em Rafinha aos 15 minutos. Depois disso, Felipão mexeu no time e trocou William por Gustavo Scarpa e Bruno Henrique por Jean – mais uma vez, sem nenhum resultado positivo. Como desgraça pouca é bobagem, Gustavo Gómez foi expulso aos 36 após falta violenta no Bruno Henrique adversário.

O resultado não só confirmou nossa dica de aposta em um jogo com mais de 2 gols como também manteve o Flamengo na liderança do Brasileirão com 36 pontos e afundou de vez o Palmeiras na crise. O time não vence no Brasileiro desde o final da Copa América – são duas derrotas e cinco empates – e, para piorar, foi eliminado da Libertadores jogando em casa (a quinta eliminação do time em um mata-mata desde a volta de Felipão ao clube em 2018).

Chapecoense 0 x 1 Santos

A liderança do Flamengo só não é mais folgada porque o Santos, após três rodadas, fez as pazes com a vitória na Arena Condá, onde venceu a Chapecoense por 1 a 0 e confirmou nossa dica de aposta, seguindo empatado nos mesmos 36 pontos do Urubu. Claro que o gol (contra, de Gum) teve sua dose de polêmica. Isso porque na origem da jogada havia impedimento de Victor Ferraz não assinalado pelo assistente, Daniel do Espirito Santo Parro. Um erro classificado como “crasso” pelo comentarista de arbitragem Paulo César de Oliveira que explicou que, como a Chape recuperou a posse de bola antes de perdê-la novamente e Gum mandar contra o próprio, é considerada uma nova jogada. Como a anterior (impedimento) não foi apontada, gol legal e Santos líder ao lado do Flamengo, ambos com 36 pontos.

São Paulo 0 x 0 Grêmio

Confirmando parcialmente nossa dica de aposta – que, usando as estratégias do Cartola, indicava que a defesa dos donos da casa não sofreria gols –, o São Paulo abusou do direito de errar no ataque, levou alguns sustos na defesa e não passou de um 0 a 0 contra os reservas do Grêmio na abertura da 17ª rodada do Brasilerão, no Morumbi. O resultado ampliou para 5 pontos a distância que havia entre o tricolor e os líderes da competição e, pior, permitiu que o Corinthians pulasse para a terceira colocação com os mesmos 31 pontos. No balanço final, tudo OK para o Grêmio que foca todas as suas forças nos mata-mata (Libertadores e Copa do Brasil) e vaias para o São Paulo que, mais uma vez, negou fogo.

Corinthians 1 x 0 Atlético-MG

Jogando em casa o Corinthians suou para confirmar, no final do segundo tempo, nossa sugestão de aposta conservadora na chance dupla de empate ou vitória contra o Atlético-MG, domingo em Itaquera. O jogo foi movimentado e o Galo criou as melhores chances no primeiro tempo, mas parou em Cássio, Manoel e na furada de Chará na frente do goleiro corintiano. O Timão também teve seus momentos com Mateus Vital e Vagner Love, mas gol mesmo só no segundo tempo. Os donos da casa voltaram para a etapa final com a marcação mais acertada e deixaram o jogo mais equilibrado. Pelo lado do Galo, Cleiton contribuía para levar o jogo para a igualdade até que aos 42 minutos, errou a saída de bola e deu de graça nos pés de Mateus Vital que passou para Gustagol que não perdoou: 1 a 0 e Corinthians terceiro colocado do Brasileirão com 31 pontos. Estacionado nos 27, o Atlético-MG caiu para a sétima colocação e começa a se distanciar da luta pelo G-4.

 

Sem surpresas

Internacional 3 x 2 Botafogo

Sem poupar ninguém, o Internacional conquistou uma importante vitória contra o Botafogo no Beira-Rio e com 27 pontos entrou no G-6. O jogo em si foi bom – como são os jogos que terminam com cinco gols – e o Botafogo, ao contrário do que se poderia imaginar, assumiu uma postura de “igual para igual” com os donos da casa – e pagou o preço por isso, além de confirmar nossa dica de aposta. Lindoso fez valer a Lei do Ex e abriu o placar para os donos da casa aos 43 minutos do primeiro tempo. Na etapa final, Edenílson (7 minutos) e Nico López (37) ampliaram. Diego Souza aos 16 e Marcinho aos 49 diminuíram. O Bota ainda marcou com Alex Santana aos 9 do segundo tempo mas o árbitro com o auxílio do VAR anulou, corretamente, por conta de uma falta na origem da jogada (Luiz Fernando dominou a bola com o braço).

Bahia 1 x 0 CSA

Não foi surpresa para ninguém (mas também não foi nenhuma moleza). Mesmo assim, o Bahia confirmou nossas dicas de apostas e venceu o CSA por 1 a 0 com gol de falta cobrado por Arthur Caíke aos 40 minutos do segundo tempo. O clássico nordestino foi lá e cá, com Bahia e CSA alternando boas chances de abrir o placar. Na melhor delas, Artur bateu pênalti sofrido por Gilberto aos 23 do primeiro tempo e Jordi defendeu. O segundo tempo seguia equilibrado até que Caíke – que entrou no lugar de Artur aos 37 minutos – marcasse o gol salvador.

Cruzeiro 1 x 0 Vasco

A boa vitória do Vasco sobre o São Paulo na rodada passada derrubou nossas dicas de apostas para o duelo contra o Cruzeiro em Minas – o pênalti que Yago Pikachu perdeu no início do segundo tempo também não ajudou. O duelo, no final foi equilibrado e a solução para os problemas do Cruzeiro veio do banco de reservas e das categorias de base: o meia Mauricio, de 18 anos, entrou no segundo tempo e marcou o gol da vitória. Com isso, o Cruzeiro que não vencia ninguém está agora há quatro rodadas sem derrotas – mas ainda na 16ª colocação com 18 pontos conquistados, quatro à mais que a Chapecoense, 17ª colocada e primeira equipe do Z-4.

Athletico-PR 1 x 0 Ceará

O jogo entre Athletico-PR e Ceará não foi grandes coisas. Correu um tanto quanto equilibrado no primeiro tempo até que Nikkão, nos acréscimos, recebeu passe de Marco Ruben para abrir o placar. E ficou nisso. No segundo tempo, o Vozão tentou pressionar mas o Furacão, forte na Arena da Baixada, jogou para o gasto, garantiu a vitória, confirmou nossa dica de aposta e se poupou para o jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil na próxima quarta-feira contra o Grêmio.

Fortaleza 2 x 0 Goiás

Confirmando nossa dica de aposta em um jogo abaixo de 2,5 gols, o Fortaleza fez a “escadinha” completa com Zé Ricardo e após uma derrota e um empate, voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Quintero e Osvaldo marcaram para o Tricolor que chegou aos 21 pontos e assumiu a 12ª colocação à frente do próprio Goiás que, também com 21 pontos, caiu para a 13ª colocação.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar