Copa do Mundo Feminina 2019

Estados Unidos, Suécia, Holanda e Canadá já estão nas oitavas de final da Copa do Mundo

Classificadas

Com dois gols de Carli Lloyd, Estados Unidos vencem o Chile e chegam aos mata-mata da Copa do Mundo

Cathrin Mueller - FIFA/FIFA via Getty Images/Reprodução

Confirmando os números apontados pelas principais casas de apostas, a segunda rodada dos grupos E e F da Copa do Mundo Feminina confirmou a classificação antecipada de Estados Unidos, Suécia, Holanda e Canadá para as oitavas de final da competição – faltando apenas definir primeiros e segundos colocados nos grupos. Os resultados, nem de longe surpreendentes (basta ver os números do Bodog indicados aqui), também ajudam a seleção brasileira que, na pior das hipóteses pode se classificar como uma das melhores terceiras colocadas do torneio. Veja a seguir como foram os jogos entre Holanda x Camarões e Canadá x Nova Zelândia pelo Grupo E e Suécia x Tailândia e Estados Unidos x Chile pelo Grupo F.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1000

Saque em 1-2 - Dias

Grupo E

Com dificuldades, Holanda vence Camarões e o Canadá ajuda o Brasil derrotando a Nova Zelândia

Holanda 3 x 1 Camarões

Embora o placar deixe a impressão de um jogo fácil, as holandesas precisaram suar a camisa no segundo tempo para conseguir passar a seleção de Camarões e assumir a liderança do Grupo E. Asssim como fizeram as neozelandesas na primeira rodada, a camaronesas dificultaram o jogo e venderam caro a derrota. Favoritas, as holandesas abriram o placar com Miedema aos 40 minutos do primeiro tempo. Camarões empatou aos 42 com Onguene. Na volta do intervalo, com uma postura mais ofensiva, a Holanda retornou à liderança com gol de Bloodworth aos dois minutos após erro da zaga camaronesa. Aos 38, Miedema marcou novamente e se tornou a maior artilheira da história da seleção com 60 gols marcados. Além disso, confirmou nossa dica de aposta na vitória das Leoas Laranjas que pagou 1,12 por 1,00 (ou R$ 112,00 em uma aposta de R$ 100,00) mas derrubou nosso palpite de um jogo abaixo de 3 gols.

Canadá 2 x 0 Nova Zelândia

Sem muita cerimônia – e com gols de Fleming e Prince – a seleção do Canadá passou sem sustos pelas meninas da Nova Zelândia, garantiu sua vaga nas oitavas de final e garantiu, também, lucro de 1,43 por 1,00 na hipótese dupla de vitória para qualquer uma das equipes e de 1,64 por 1,00 para um jogo abaixo de 2,5 gols segundo nossa dica de aposta com os números do Bodog. Indiretamente, a vitória canadense também ajuda a seleção brasileira que pode precisar disputar com a equipe da Oceania uma das quatro vagas reservadas às melhores terceiras colocadas nas oitavas de final da Copa do Mundo.

 

Grupo F

Suécia e Estados Unidos passeiam e decidirão sua ordem de classificação no confronto direto

Suécia 5 x 1 Tailândia

Chegamos perto, mas com certeza este não foi o jogo onde geramos maiores lucros. A simples aposta na previsível vitória da Suécia dava um retorno de R$ 0,02 cada R$ 1,00 apostado. O emocionante gol da valente seleção tailandesa – que havia apanhado de 13 a 0 dos Estados Unidos na primeira rodada – foi um momento lindo no jogo, provocou choro no estádio e também nos lares daqueles que investiram em um duelo onde apenas uma das equipes marcaria gols (como foi nosso palpite que também sugeriu um resultado final acima de 6,5 gols). Com a bola rolando, um massacre. As escandinavas marcaram com Sembrant, Asllani (a melhor do jogo), Rolfö, Hurtig e Rubensson enquanto que Sung-Ngoen diminuiu para a brava seleção da Tailândia que tecnicamente não ofereceu grande resistência às suecas.

Estados Unidos 3 x 0 Chile

Todos sabíamos que a seleção do Chile não seria um adversário tão fácil quando as tailandesas dos 13 a 0 da primeira rodada. Mas a verdade é que os Estados Unidos não sentiram grande dificuldade para definir o jogo no primeiro tempo com gols de Lloyd (2) e Julie Ertz. O que poucos poderiam imaginar era a atuação determinante da goleira chilena, Christiane Endler, que chegou, inclusive, a defender cobrança de pênalti de Lloyd. O desempenho da arqueira derrubou aquela que seria minha escolha pessoal de um jogo com mais de 5 gols entre as três possibilidades apontadas pelo Ganhador (coisas do futebol). Agora, com um caminhão de gols no saldo, os EUA decidirão com a Suécia quem fica com a primeira e quem fica com a segunda colocação no Grupo F na terceira rodada da Copa do Mundo.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar