Brasileirão Série A

Em jogo de nove gols, Fluminense vira sobre o Grêmio e volta de Porto Alegre com uma vitória épica

Vitória épica

Grêmio 4 x 5 Fluminense entra para a história dos Campeonatos Brasileiros e foi, até aqui, o melhor jogo – brazuca – em 2019.

Foto; Reprodução

A missão do Fluminense não era das mais fáceis: precisava vencer o Grêmio em Porto Alegre para conquistar seus primeiros pontos no Campeonato Brasieliro. É certo que a fase do Imortal não é das melhores, mas os odds, como mostrado pelo Bodog, estavam todos contra o Tricolor das Laranjeiras que pagava 7,50/1,00 em caso de vitória contra 1,50/1,00 para o triunfo dos donos da casa. Este Ganhador mesmo não botava grande fé no jogo e indicou como melhor possibilidade de aposta o empate em 1 a 1 a 3,80/1,00 segundo o Bodog. E, contrariando todas as expectativas, o time comandado por Fernando Diniz estava perdendo por 3 a 0 no início do primeiro tempo e, de forma épica, buscou uma improvável virada por 5 a 4 que fez a alegria do torcedor que acreditou até o fim e apostou todas suas fichas no sucesso carioca na Arena do Grêmio.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

O Grêmio abriu 3 a 0 em 21 minutos

O Grêmio começou o jogo a toda velocidade, querendo resolver a fatura o quanto antes. Mais uma vez, Fernando Diniz escalou o Fluminense com três volantes no meio-campo (formação que não deu resultados nos últimos três jogos) e pagou o preço de sua “teimosia”. O Imortal não tinha nada a ver com isso e sua equipe mista abriu 3 a 0 nos primeiros 21 minutos da etapa inicial com André, Everton e Jean Pyerre. O palco estava armado para uma goleada histórica – e foi mesmo um duelo histórico, mas não pelos motivos que os gaúchos imaginavam.

 

Lei do ex ao contrário

Ainda no primeiro tempo o Fluminense conseguiu voltar para o jogo ao se aproveitar de dois vacilos da defesa do Grêmio. No primeiro, o ataque dos visitantes conseguiu tabelar dentro da área gaúcha antes da finalização de Yony González. Pouco depois, o goleiro Júlio César, ex-Fluminense, errou e entregou a bola nos pés de Luciano que teve pouco trabalho para recolocar o Tricolor das Laranjeiras no jogo. A lei do ex mais uma vez entrou em campo, mas desta vez, às avessas.

Não perca as contas: Grêmio 3 x 2 Fluminense.

 

Diniz mexe e o Fluminense volta melhor

Na volta para o segundo tempo, Fernando Diniz corrigiu seu erro e abriu mão de jogar com três volantes ao trocar Airton por Daniel. A mudança deu resultado e Ferraz deixou tudo igual.  Vendo que era possível sonhar com vôos mais altos, Diniz trocou o recém-chegado – e ineficaz – Guilherme, por Pedro. O artilheiro, que ainda busca o melhor condicionamento após se recuperar de uma cirurgia no joelho, virou para o Tricolor das Laranjeiras em cobrança de pênalti e calou a Arena por alguns momentos.

Olho no placar: Grêmio 3 x 4 Fluminense.

 

Kannemann deixa tudo igual

Aos 38 minutos do segundo tempo, Luan cobrou escanteio e Kannemann, de cabeça, deixou tudo igual mais uma vez. O jogo seguia lá e cá e fazia valer a terceira rodada medíocre que o Brasileirão nos apresentava até então. Mas o “jogo maluco” era a prova viva que o futebol só acaba quando o juiz apita.

Estamos com Grêmio 4 x 4 Fluminense.

 

A vitória chegou nos acréscimos

O juiz deu quatro minutos de acréscimos, mas nem foi preciso tanto: aos 46 minutos, Allan alçou a bola na área do Grêmio. Kannemann afastou de cabeça e a sobra ficou com Yony Gonzáles que bateu para o gol. A bola desviou em Léo Moura e morreu no fundo do gol de Júlio César. Sem tempo para mais nada, o Imortal caiu em sua Arena: Grêmio 4 x 5 Fluminense para alegria do torcedor fiel que lucrou maravilhosos 7,50/1,00 (ou R$ 750,00 em uma aposta de R$ 100,00), segundo o Bodog com este que foi, sem dúvida nenhuma, o melhor jogo do Campeonato Brasileiro até aqui.

 

Sem tempo para pensar

Enquanto que o Fluminense terá a semana livre para recuperar seus jogadores e aproveitar a sensação boa que é vencer um jogo como o de ontem, dia 5, o Grêmio não terá tempo para nada: nesta quarta-feira o Imortal recebe a Universidad Católica em sua Arena, a partir das 19:15 precisando de pelo menos um empate para se garantir nos mata-mata da competição.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar