Humor

Decifrando o Timão

A fase não é boa para o Corinthians. Sem vencer há seis rodadas no Campeonato Brasileiro, o Timão vai à campo hoje, dia 30, medir forças com o CSA precisando de uma vitória para, no mínimo, seguir na sexta colocação e garantindo vaga para a Libertadores 2020 (veja aqui os prognósticos do Ganhador para este jogo). Faltando 10 rodadas para o final da Série A, o time que vinha mantendo-se sabe-se lá Fábio Carille como, na quarta posição, perdeu o rendimento, o rumo e posições.

É como se da noite para o dia o grupo de jogadores passasse a acreditar nas declarações de seu treinador que em meio a uma série de entrevistas desastrosas, disse não saber como seu time se mantinha no G-4 porque não jogava futebol para isso. Agora, na sexta colocação, talvez Carille tenha a consciência mais tranquila e com a relação futebol-classificação.

A apatia do treinador e a nítida má-vontade de alguns jogadores com seu trabalho e trato com o grupo são cada vez mais evidentes. Quando tentou ser ofensivo em resposta à pressão da torcida que não aguenta mais o estilo de jogo retrancado da equipe, Carille meteu os pés pelas mãos e o time acumulou resultados – e apresentações – cada vez piores.

Agora, joga para salvar a temporada – o que significa “garantir vaga na Libertadores 2020”. O jogo desta quarta-feira é crucial e a expectativa de mais uma apresentação de baixíssimo nível técnico é alta com este Corinthians que mostra rodada após rodada que não há “futebol ruim” que não possa ser piorado.

É quase uma forma de arte. Mas não a arte que a torcida espera ver.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar