UFC

Dana White confirma disputa de cinturão entre José Aldo e Henry Cejudo nos planos do UFC

Foto: Divulgação / UFC

Qual o futuro de José Aldo? Esse é o assunto do momento, porque mesmo depois da polêmica derrota na decisão dividida dos juízes contra Marlon Moraes no UFC 245, o brasileiro pode ganhar a chance de disputar o título da categoria dos galos contra o campeão Henry Cejudo.

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saiba como apostar no UFC

Como todo mundo sabe, o resultado oficial da luta entre Aldo e Marlon foi polêmico. O fato é que aparentemente existem mais pessoas que viram vitória do Aldo do que pessoas que viram vitória de Marlon. E uma dessas pessoas que viu triunfo de José Aldo foi Dana White. Numa entrevista a ESPN, o dirigente declarou o seguinte:

“Eu acho que Aldo ganhou a luta. Você não pode vencer uma luta andando para trás durante dois rounds, não é assim que funciona. Não sei o que os juízes assistiram, mas darem a vitória para Marlon foi loucura. Cejudo me mandou mensagem logo depois da luta e disse: José Aldo ganhou essa luta com certeza. E acho que você deveria tratá-lo como vencedor. Ele disse: eu quero José Aldo”, afirmou o dirigente.

Perguntado se daria a chance pelo cinturão a Aldo mesmo depois de uma derrota, ele disse que é isso que Cejudo quer, ele é “o cara do momento”, então eles vão falar sobre isso.

Momentos depois, na coletiva de imprensa pós-UFC 245, o dirigente foi perguntado sobre o próximo passo de José Aldo e reforçou o discurso:

“Bem, Henry Cejudo me mandou uma mensagem dizendo que o resultado foi um absurdo, que Aldo não perdeu essa luta, ele ganhou. Ele quer enfrentar José Aldo e eu não odeio essa ideia”, concluiu.

É claro que embora já tenha acontecido diversas vezes, é estranho ver um lutador disputando o cinturão vindo de derrota. Mas o fato é que como mencionei antes, Aldo caiu de pé. Mesmo derrotado, o resultado foi mais expressivo pro Aldo que pro Marlon. Aldo perdeu pro número um da categoria até 61,2kg num confronto empolgante e apertadíssimo, não ganhou por muito pouco. Por outro lado, o Marlon passou sufoco pra vencer um rival que mesmo sendo José Aldo, uma lenda, tava fazendo a estreia no peso galo do UFC.

O que eu quero dizer é que pensando em futuro, a derrota do Aldo do jeito que foi empolgou mais do que a vitória do Marlon. E olha que não tô ignorando o valor de Aljamain Sterling e Petr Yan na categoria dos galos. O Sterling vem de quatro vitórias consecutivas e bateu Pedro Munhoz na última luta, enquanto o Petr Yan venceu Urijah Faber no mesmo UFC 245. Os dois merecem atenção também.  Mas o mais importante é o seguinte: semana passada, em entrevista ao MMA Fighting, Henry Cejudo, que inclusive tá no Brasil, treinando com os irmãos Pitbull em Natal, declarou que pode até deixar o UFC se não receber a bolsa que ele acha que merece. E se ele bater o pé e realmente pedir um valor alto pra lutar, como todos sabemos, a forma mais fácil de gerar dinheiro é apostando no entretenimento acima da esportividade. E uma luta entre José Aldo e Henry Cejudo é muito mais lucrativa do que uma luta entre Cejudo e Sterling, por exemplo.

Malandro que é, Cejudo até ja publicou uma provocação logo depois da luta desafiando José Aldo pra uma disputa de cinturão no Rio de Janeiro. Então, amigos, não se surpreendam se José Aldo for escalado pra disputar o cinturão peso galo contra Cejudo mesmo após a derrota no UFC 245. Eu não ficaria nada surpreso com isso.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.