UFC

Conor McGregor é preso nos Estados Unidos e futuro no esporte vira incógnita maior

Conor McGregor foi detido em uma mansão em Miami Beach, Estados Unidos
Foto: Divulgação / UFC

Conor McGregor está novamente encrencado! Enquanto não resolve seu futuro dentro do octógono do UFC agendando data, local e rival de seu retorno, o astro irlandês se envolveu em uma confusão em Miami (EUA) e acabou preso. O ex-campeão dos leves e dos penas do Ultimate é acusado de quebrar e roubar o celular de um fã que o filmava enquanto ele saía de uma boate por volta das cinco da manhã.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

GANHE DINHEIRO COM AS LUTAS DO UFC

Não me surpreenderia se em breve o Bodog lançar odes a respeito do futuro de Conor McGregor. Ele é tão imprevisível e polêmico que certamente faria muitas pessoas investirem dinheiro em seu futuro, mesmo que não se trate de um investimento em luta. Será que ele vai se meter em outra confusão? Será que um dia ele volta ao MMA?

Segundo o jornal “Miami Herald”, McGregor notou a presença do inglês Ahmed Abdirzak na saída de uma boate. Ele foi até o fã, bateu em seu celular, pisoteou o aparelho e o levou embora. Segundo o site MMA Fighting, Ahmed prestou queixa à polícia de Miami e 12 horas depois McGregor acabou detido em uma mansão em Miami Beach.

O irlandês acabou preso, mas foi liberado momentos depois que a fiança de US$ 12.500 (cerca de R$ 48 mil) foi paga. Em publicação no Instagram, McGregor divulgou a foto de sua saída da cadeia, quando vestia uma camisa sua com a famosa frase: “Se eu digo que algo vai acontecer, algo acontece”. Ele também publicou uma legenda que dizia: “Paciência é uma virtude nesse mundo. O trabalho continua. Obrigado a todos os meus fãs”.

Vale lembrar que é a segunda vez que Conor McGregor acaba preso pela polícia americana. O irlandês já foi detido e liberado só após pagamento de fiança em abril do ano passado, quando atacou um ônibus do UFC onde estava Khabib Nurmagomedov, em Brooklyn, Nova York. Na ocasião, ele feriu outros lutadores também. Curiosamente, no último sábado, McGregor terminou de cumprir os serviços comunitários e passou pelo tratamento de raiva exigidos para se ver livre de pena de detenção pela confusão.

A reincidência pode acabar implicando em diversos problemas para McGregor nos Estados Unidos. O principal deles é ter seu visto no país negado. Já imaginaram o que seria da carreira do irlandês no UFC se não puder mais entrar nos EUA? E essa é só uma das possibilidades.

Aos 30, McGregor é um dos maiores astros que já brilharam no UFC. O irlandês também coleciona polêmicas e casos com a polícia. É bom ele aprender enquanto há tempo que é uma pessoa pública e não pode ter tais descontroles emocionais. Como ídolo do esporte, ele tem de dar o exemplo, e não o contrário. Se ele quer, de fato, voltar ao esporte e recuperar o brilho que encantou o mundo dentro do octógono, é hora de colocar a cabeça no lugar e respeitar os limites de uma sociedade. Esse é o primeiro passo.

Conor McGregor lutou pela última vez em outubro do ano passado, no UFC 229, quando foi finalizado por Khabib Nurmagomedov. Desde então, o irlandês não definiu seu futuro no MMA.  Rumores apontaram para um duelo entre Conor e Donald Cerrone, mas nada foi confirmado.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar