Estaduais

Clássicos: Palmeiras afunda o São Paulo; Atlético-MG supera o América; Grêmio fatura o Gre-Nal dos reservas e Gatito salva o Botafogo

Não deu

Enquanto esteve em campo, Hernanes segurou a onda do São Paulo; contundido, viu do banco de reservas a derrota do Tricolor.

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Com clássicos divertidos e movimentados no Rio e em Minas – além do Gre-Nal dos reservas em Porto Alegre –, a rodada do final de semana nos estaduais viu o Cruzeiro rebaixar o Tupi no Campeonato Mineiro e o Palmeiras superar o São Paulo no Paulistão por um mixuruca 1 a 0 – resultado que deixou escancarado para quem quiser ver a dependência que o Tricolor tem do futebol de Hernanes. Teve também o Corinthians mostrando consistência mais uma vez e, por tabela, mantendo vivas as chances do São Paulo de chegar às quartas de final do Campeonato Paulista – precisa vencer o São Caetano no meio de semana.  Houve tempo para a torcida chamar Alberto Valentim de “burro” pela segunda vez em menos de uma semana no jogo em que a Cabofriense pulverizou a invencibilidade de 13 jogos do Cruzmaltino. Sorte de quem acreditou nos odds do Bodog que apontavam interessantes 5,50/1,00 (ou R$ 550,00 de retorno em uma aposta de R$ 100,00)

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Campeonato Paulista

São Paulo 0 x 1 Palmeiras

Carlos Eduardo entra no segundo tempo e classifica o Palmeiras

Precisando de apenas 2 pontos para se garantir nas quartas de final do Campeonato Paulista, o Palmeiras fez um jogo chato demais contra o São Paulo no último sábado, dia 16, pela penúltima rodada da fase de grupos da competição. O resultado contrariou a intuição deste Ganhador que acreditou no empate como resultado mais provável, mas confirmou as indicações do Bodog que dava ao time de Luiz Felipe Scolari o favoritismo para o Choque-Rei com odds em 2,35/1,00 contra 3,35/1,00 à favor do Tricolor.

Sobre o duelo em si, pouco a se falar. O São Paulo tinha como objetivo não perder e, se possível, marcar em algum contra-ataque. O técnico Vagner Mancini colocou o time com um posicionamento mais recuado, tirou a velocidade do Palmeiras e obrigou a equipe visitante a sair jogando com os zagueiros na etapa inicial. Hernanes e Antony até que se esforçaram e fizeram bom jogo, mas não criaram oportunidades de gol para Pablo e Carneiro.

Com Carlos Eduardo no lugar do inofensivo Borja, o Palmeiras voltou mais ligado para o jogo no segundo tempo. No primeiro minuto, Dudu chutou com perigo; aos 18, Ricardo Goulart teve boa chance. Aos 25 minutos, Hernanes deixou o campo sentindo a coxa esquerda e junto com ele, deixou o campo o rendimento do Tricolor. Sem a mesma pegada, a equipe cedeu terreno para o Verdão que marcou com Carlos Eduardo aos 34 em um tirombaço de fora da área após passe de Dudu.

Sem forças para reagir, o São Paulo viu o Palmeiras assumir o controle do jogo e cozinhar o resultado até o apito final com um placar de classifica o time do Parque Antártica e deixa o Tricolor precisando de uma vitória contra o São Caetano na última rodada da fase de grupos para avançar às quartas de final. Isso, claro, porque contou com a ajuda do Corinthians no jogo contra o Oeste.

 

Corinthians 1 x 0 Oeste

Mais uma vez, Jadson entra no segundo tempo e muda o Timão

Com um gol de Danilo Avelar, o Corinthians superou o Oeste no Itaquerão, confirmou a indicação deste Ganhador (com números do Bodog), reassumiu a liderança do Grupo C do Campeonato Paulista – e decide a manutenção desta posição na próxima quarta-feira contra o Ituano na última rodada da fase de grupos da competição.

O Timão foi absoluto em seu estádio durante todo o duelo, com Boselli assumindo o comando do ataque, mas a qualidade das finalizações não era das melhores. Foram 14 finalizações dos donos da casa mas apenas uma teve a direção certa.

O segundo tempo caminhava para o mesmo rumo até que Fábio Carille, diante da falta de apetite ofensivo do Oeste, trocou Ralf por Jadson e, assim como aconteceu na vitória diante do Ceará pela Copa do Brasil,  ganhou em criação no meio-campo. Aos 15 minutos, o meia cruzou, Danilo Avelar tentou sem sucesso, Pedrinho cruzou novamente e Avelar, enfim, colocou o Timão na frente. O Oeste quase empatou, mas Cássio fez boa defesa em dois tempos. Depois disso, a temperatura da partida foi caindo até que o juiz deu o apito final.

Com a derrota, o Oeste segue 2 pontos atrás do São Paulo no Grupo D e precisa não apenas vencer o Mirassol na última rodada da fase de grupos como também torcer por um tropeço do Tricolor diante do quase rebaixado São Caetano.

 

Santos 0 x 1 Novorizontino

Derrota provoca queda tripla do Santos no Paulistão

Segundo o Bodog, o Santos era franco favorito para o duelo da última sexta-feira contra o Novorizontino com odds em 1,50/1,00 contra 6,50/1,00 para a equipe do interior que com a vitória por 1 a 0 não apenas garantiu sua classificação para as quartas de final (o Guarani foi derrotado no clássico contra a Ponte Preta) como deu um lucro animador para quem acreditou na sua força (um retorno de R$ 650,00 em uma aposta de R$ 100,00). E mais: o resultado impôs uma derrota tripla ao Santos. Além do revés em campo, o Peixe perdeu também a melhor campanha do Paulistão e a liderança do Grupo A, ambas para o Red Bull Brasil.

O Santos exibiu durante todo o jogo aquilo que já virou marca do time comandado por Jorge Sampaoli: muita ofensividade e apetite pelo gol. Mas isso não bastou para furar o bom bloqueio defensivo do Novorizontino que se aproveitou o ímpeto alvinegro para abrir o placar aos 30 minutos do primeiro tempo em contra-ataque com Felipe Marques que deixou Victor Ferraz na saudade e tocou para Murilo Henrique bater cruzado. No finalzinho do primeiro tempo, o mesmo Felipe Marques foi derrubado na área por Vanderlei. Caiu pedindo pênalti, mas a arbitragem nada marcou.

O Peixe voltou para o segundo tempo pressionando ainda mais, mas sem encontrar caminho para furar a defesa do Tigre. Sampaoli mexeu e Felippe Cardoso e Copete entraram nas vagas de Cueva e Soteldo, respectivamente. Mas nada adiantou. O jogo seguia “amarrado” e, pior: o Novorizontino, com Felipe Marques em duas oportunidades, esteve mais perto de ampliar do que o Santos esteve de conquistar o empate.

No final, derrota do Peixe que segue classificado para as quartas de final do Campeonato Paulista, mas não depende mais apenas de si para garantir  melhor campanha do torneio.

 

Campeonato Carioca

Cabofriense 2 x 0 Vasco

O fim da invencibilidade Cruzmaltina

Alberto Valentim escalou um time de reservas para enfrentar a Cabofriense do técnico Valdir Bigode em Cariacica-ES e pagou o preço de sua escolha: derrota por 2 a 0 com direito aos tradicionais gritos de “burro” que o professor vem se acostumando a ouvir. Campeão da Taça Guanabara, o Cruzmaltino já está classificado para as semifinais do Campeonato Carioca  dentro deste raciocínio, fazia todo o sentido o técnico dar um descanso aos titulares. Mas perda da invencibilidade de 13 jogos doeu no torcedor – que já estava mal-humorado por conta do jogo contra o Avaí pela Copa do Brasil na semana passada (vitória do Vasco, no sufoco, por 3 a 2).

Contra a Cabofriense, os odds de 1,62/1,00 indicados pelo Bodog não confirmaram, em campo, o favoritismo do Cruzmaltino que cansou de desperdiçar chances de gol e acabou castigado por Rincon, aos 11 do primeiro tempo, e Bruno Lima aos 36 do segundo. Melhor para o torcedor fiel da Cabofriense que acreditou no sucesso de sua equipe e faturou 5,50/1,00 com o resultado.

 

Flamengo 0 x 0 Volta Redonda

Faltou capricho

Tivesse o setor ofensivo do Flamengo atuado com um pouco mais de capricho ou a arbitragem tido mais cuidado, os odds indicados por este Ganhador (com números do Bodog)  para o duelo do último sábado teriam se confirmado e a torcida rubro-negra estaria feliz da vida. Mas, apesar do trio formado por Arrascaeta, Vitor Gabriel e Uribe ter incomodado bastante a defesa do Volta Redonda a falta de capricho no último momento decretou o empate no Maracanã.

Isso e os erros da arbitragem que, segundo o comentarista Leonardo Gaciba da Central do Apito, deixou de marcar um pênalti aos 20 minutos do segundo tempo quando Rodinei cabeceou e pediu toque de braço de Luiz Paulo dentro da área. E aos 46 quando foi marcado impedimento inexistente no gol regular de Hugo Moura.

Melhor para quem cravou o empate como resultado final do jogo e faturou interessantes 4,53/1,00 no final de semana.

 

Fluminense 1 x 1 Botafogo

Na estreia de Diego Souza, Gatito foi o nome do jogo

Se o empate em 1 a 1 não teve grandes efeitos na campanha do Fluminense no Campeonato Carioca, mas jogou o Botafogo numa situação delicadíssima – se Flamengo, Bangu ou Cabofriense vencerem seus jogos no meio de semana, o alvinegro estará fora da decisão do estadual –, o resultado fez a alegria que quem seguiu a indicação deste Ganhador e, com números do Bodog, acreditou no empate em 1 a 1 com odds em 6,75/1,00 (ou R$ 675,00 de retorno em uma aposta de R$ 100,00).

Ganso, mais uma vez, foi o destaque do Fluminense. O meia organizou o time, distribuiu o jogo e foi recompensado com um gol ainda no primeiro tempo. Contando com a participação de Diego Souza, o Botafogo deixou tudo igual com menos de um minuto do segundo tempo em finalização de Alex Santana. Com tudo igual, o Flu partiu para cima mas parou nas mãos do goleiro Gatito que evitou, pelo menos, dois gols certos do Tricolor. O Alvinegro passou a viver de contra-ataques, mas não teve sucesso nas conclusões e agora depende do desempenho de outras equipes para decidir sua sorte no Estadual.

 

Campeonato Gaúcho

Grêmio 1 x 0 Internacional

Imortal leva a melhor no Gre-Nal dos reservas

Pelo Campeonato Gaúcho, com suas classificações às quartas de final decididas, Grêmio e Internacional mandaram equipes reservas para o Gre-Nal 418 e a sorte sorriu para o Imortal que se beneficiou com a expulsão, aos 28 minutos do primeiro tempo, de Nonato que abusou da vontade e do número de faltas em sequência. Com um jogador à mais, o Imortal abriu o placar com seu único titular em campo: aos 42 minutos, o lateral-direito Leonardo tabelou com André e bateu na saída de Daniel.

Na volta do intervalo, Odair Hellmann trocou Pedro Lucas por Tréllez e o Internacional, mesmo com um jogador à menos, foi para cima e assustou o Grêmio. Mas o gol não saia. Aos 18, Paulo Miranda salvou aquele que seria o empate Colorado. Aos 23, em cobrança de falta, Emerson Santos assustou a Arena. Com Wellington Silva e Camilo em campo, o Inter foi para o tudo ou nada, mas a bola insistia em não entrar. Aos 39, Wellington errou cabeceio na área Tricolor e desperdiçou a última chance de empate do colorado que não se acanhou com a inferioridade numérica mas viu seus reservas falharem na missão de empurrar a bola para o fundo do gol de Brenno.

 

Campeonato Mineiro

Atlético-MG 3 x 2 América-MG

Enquanto que o Cruzeiro não teve dificuldades para golear – e rebaixar – o Tupi na 10ª rodada do Campeonato Mineiro, o Atlético-MG teve que se esforçar mais para conseguir superar o América-MG no Mineirão na tarde do último domingo, dia 17. Em um duelo movimentado, o Galo ficou à frente no placar por duas vezes e só garantiu a vitória aos 45 minutos do segundo tempo. Réver, abriu o marcador na primeira etapa e Felipe Azevedo deixou tudo igual. O segundo tempo foi ainda mais movimentado: Matheusinho foi expulso aos 13 minutos e deixou o Coelho com um à menos. Aos 18, Alerrando desempatou para o Atlético. Aos 21, Paulão deixou tudo igual novamente.

O América-MG não se intimidou com a inferioridade numérica e seguiu enfrentando o Galo de igual para igual. Quando o duelo parecia definido, brilhou a estrela de Alerrando, jóia de 19 anos do elenco alvinegro, que aproveitou chute cruzado de Leonardo Silva e garantiu a vitória do Galo, o primeiro lugar na classificação geral do Mineirão 2019 e vantagens nas próximas fases: joga o duelo único das quartas de final em casa. Se conseguir chegar na semi e na final, jogará por dois empates ou por uma vitória e uma derrota pela mesma diferença de gols.

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Palpites para Resende x Vasco pela 5ª rodada da Taça Rio | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar