Brasileirão Série A

Brasileirão: apenas mais dois pontos separam o Flamengo do título; Cruzeiro, Ceará, Botafogo e Fluminense seguem ameaçados pelo Z-4

Gabigol é o nome do jogo

Gabigol marca de pênalti, é expulso no segundo tempo e com o empate entre Bahia e Palmeiras, deixa o Flamengo a dois pontos do título.

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

A 33ª rodada do Campeonato Brasileiro vai chegando ao seu final – faltam ainda os jogos entre Vasco x Goiás e Cruzeiro x Avaí nesta segunda-feira, 18 – deixando o Flamengo em uma situação pra lá de privilegiada: a dois pontos do título de campeão brasileiro independente dos resultados dos demais times na reta final da competição. Além de fazer sua parte vencendo o Grêmio em Porto Alegre, o Rubro-Negro contou também com mais um vacilo do Palmeiras que ficou no 1 a 1 com o Bahia. Com esta combinação de resultados, o Flamengo, que empatou com o Vasco o jogo antecipado da 34ª rodada, também pode ser campeão no próximo domingo mesmo sem entrar em campo: basta que o Palmeiras não vença o Grêmio no Allianz Parque. É uma situação inusitada que permitirá ao Urubu retornar ao Brasil com dois títulos: o Brasileiro e o da Libertadores se vencer o River Plate na grande final no próximo sábado em Lima.

Na luta contra o Z-4, o Fluminense levou a pior com o empate em 1 a 1 com o Atlético-MG e agora torce contra o Cruzeiro, que ainda joga contra o Avaí, pra seguir fora da zona da degola – os times estão empatados com 35 pontos mas nos critérios de desempate, o Tricolor ocupa a 16ª posição enquanto que a Raposa abre a fila de embarque para a Série B na 17ª colocação.

Enquanto isso, no Cartola – e nas apostas – se deu bem quem investiu no Fortaleza que venceu o CSA por 3 a 0, deu um retorno de 10,50 no placar exato em nossa dica de aposta (ganho de R$ 1050,00 em uma aposta de R$ 100,00) e ainda colocou três atletas entre os dez maiores pontuadores do fantasy game até o momento. Nada mal.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1000

Saque em 1-2 - Dias

Rodada deixa o título no colo do Flamengo

Grêmio 0 x 1 Flamengo

Com apenas três titulares em campo – pensando, é claro, na final da Libertadores – o Flamengo superou o Grêmio em Porto Alegre e na combinação de resultados da rodada ficou ainda mais perto do título de campeão brasileiro. O gol foi marcado por Gabriel ainda no primeiro tempo, em cobrança de pênalti que, na opinião do comentarista Sálvio Spínola, deveria ter sido revista pelo VAR. O próprio Gabigol cobrou e marcou para o Urubu. E o camisa 9 foi o nome do jogo para o bem e para o mal: expulso por reclamação aos 28 minutos do segundo tempo, deixou o Flamengo com um jogador a menos por mais de 20 minutos. Para sorte da equipe carioca, Renato Gaúcho errou feio nas substituições e com seis atacantes em campo – Éverton, Luciano, Alisson, Pepê, André e Vizeu – perdeu a criação no meio campo e não achou formas para superar o bloqueio defensivo do Flamengo que segurou o placar até o final e agora precisa de apenas mais dois pontos para ser campeão – ou de um novo tropeço do Palmeiras.

Bahia 1 x 1 Palmeiras

Precisando acabar com a série de seis jogos sem vitórias, o Bahia fez valer seu mando de campo e se impôs sobre o Palmeiras no primeiro tempo, na Fonte Nova. A estratégia de pressionar o Verdão tanto deu certo que os donos da casa foram para o vestiário com a vantagem no placar: 1 a 0, gol de Arthur Caíke em cobrança de falta aos 46 minutos – com ajuda da barreira que abriu-se como o Mar Vermelho no filme Os Dez Mandamentos. O Verdão voltou mais esperto para o segundo tempo e com Borja no lugar de Deyverson chegou ao empate aos 25 minutos: Zé Rafael fez o passe e o colombiano girou para bater entre o goleiro Douglas e a trave: 1 a 1 na Fonte Nova. Os donos da casa mantiveram uma postura mais recuada, acreditando nos contra-ataques, mas a falta de velocidade da equipe baiana frustrou os planos do técnico Roger Machado que via o Palmeiras criar oportunidades até o apito final. Para os deuses do futebol, por outro lado, o empate estava de bom tamanho. Com 44 pontos, o Bahia segue vivo na luta pelo G-6 enquanto que o Verdão não pode sequer sonhar em perder pontos para o Grêmio na próxima rodada se pretende manter viva a luta pelo título contra o Flamengo.

 

Fortaleza garante um bom lucro e está perto de garantir vaga na Série A em 2020

Fortaleza 3 x 0 CSA

A cobrança de falta perfeita de Juninho aos 34 minutos do primeiro tempo abriu o caminho para a excelente vitória do Fortaleza que chegou aos 42 pontos e menos preocupado com o Z-4, sonha agora com uma vaga na Sul-Americana. O CSA por sua vez chegou à sua quarta derrota seguida e mantém-se no Z-4. O jogo também rendeu um excelente lucro para quem seguiu a dica deste Ganhador e investiu no resultado correto a 10,50 por 1.

No segundo tempo, o time comandado por Rogério Ceni seguiu superior aos visitantes que preocupavam-se em tentar fechar a defesa e buscavam alguma coisa nos contra-ataques. O que, é óbvio, não funcionou: aos três do segundo tempo, Tinga ampliou para 2 a 0 e aos oito minutos, Paulão aproveitou cobrança de falta de Juninho para fazer o terceiro. O CSA ainda tentou diminuir com Euller aos 21 mas não passou de um susto. Superior, o Fortaleza ainda desperdiçou boas chances para fazer o quarto gol.

 

Enquanto isso, no Z-4…

Fluminense 1 x 1 Atlético-MG

Um tempo para cada lado, um gol para cada lado. Assim pode ser resumido o empate entre Fluminense e Atlético-MG no Maracanã, no último sábado. Melhor no primeiro tempo, o Flu conseguiu chegar ao seu gol com uma grande ajuda de Patrick, que marcou contra aos 15 minutos. A vantagem encheu os donos da casa de coragem, mas faltou competência para ampliar o placar em cima do Galo. Como “quem não faz, toma”, os mineiros voltaram melhores para o segundo tempo e, se aproveitando do recuo exagerado da equipe tricolor, chegaram à igualdade com Di Santo aos 43 minutos. Um empate justo pelo que cada equipe mostrou em campo e que pode mandar o Fluminense de volta ao Z-4 nesta segunda-feira: apenas uma vitória do Avaí sobre o Cruzeiro manterá a Raposa na zona da degola.

Athletico-PR 1 x 0 Botafogo

Poderia ser pior, mas a vitória do Athletico-PR – que segue forte mesmo sem Tiago Nunes – teve pouco impacto na rodada do Botafogo graças ao empate entre Fluminense e Atlético-MG. Na combinação dos resultados, o triunfo paranaense confirmou nossa dica de aposta e o empate do tricolor manterá o alvinegro fora do Z-4 até o próximo final de semana. Com a bola rolando, o placar ficou barato para o Botafogo que foi amplamente dominado na Arena da Baixada e só assustou mesmo em uma finalização de Diego Sousa no final do segundo tempo. O Furacão, por sua vez, marcou com Thonny Anderson, teve um gol anulado e ainda perdeu um pênalti. O resultado mantém o Fogão a um ponto do Z-4 e ainda muito ameaçado pelo rebaixamento.

Chapecoense 1 x 0 Ceará

Com o gol de Everaldo no segundo tempo a Chapecoense derrubou o Ceará por 1 a 0 na Arena Condá no último domingo e manteve vivas as (remotas) chances de evitar o rebaixamento. Com 25 pontos, e ocupando a 19ª posição, a equipe catarinense está a 10 pontos do Fluminense, 16º colocado com 35, faltando cinco rodadas para o final do Brasileirão (ou 15 pontos em disputa). Com 36 pontos, o Vozão permanece na 15ª colocação e pode cair para 16º caso o Cruzeiro vença o Avaí nesta segunda-feira.

 

Empates, empates, empates…

Santos 1 x 1 São Paulo

Com um tempo dominado por cada time, Santos e São Paulo confirmaram a dica de aposta do Ganhador e ficaram no 1 a 1 na abertura da 33ª rodada na Vila Belmiro, resultado que mantém o Peixe na briga pela vice-liderança (está a três pontos do Palmeiras) e coloca o São Paulo também a três pontos do Grêmio, o quarto colocado. Com a bola rolando o que se viu foi um Santos superior no primeiro tempo – abriu o placar com Carlos Sanchéz em cobrança de pênalti – mas ineficaz na hora de ampliar e matar o jogo.

Com Liziero no lugar de Jucilei no segundo tempo, o São Paulo ganhou qualidade e mobilidade na saída de bola e passou a chegar no ataque com mais qualidade até que aos nove minutos Daniel Alves aproveitou cruzamento de Vitor Bueno para deixar tudo igual. Com o empate, o São Paulo seguiu melhor e pressionando, mas falhando miseravelmente nas finalizações – mesmo caso do Santos que deixou escapar a oportunidade de ampliar com Marinho.

No final, um empate com gosto, cheiro e cara de empate.

Corinthians 0 x 0 Internacional

O empate entre Santos e São Paulo terminou com o tradicional gosto de empate, é verdade. Mas, pelo menos, foi um jogo divertido. Muito diferente da chatice que foi este Corinthians 0 x 0 Internacional que, gravado, poderá ser usado como remédio para insônia de alvinegros e colorados. No conjunto dos 90 minutos, o Inter foi mais perigoso a maior parte do tempo, mas incompetente na hora de empurrar a bola para o fundo do gol. O Coritnhians, por sua vez, melhorou um pouco com a troca de Ralf por Claysson no segundo tempo, mas não o suficiente para chegar ao gol – ou melhor: até chegou com Gustavo, mas o lance foi, corretamente, anulado por impedimento. No final, o jogo foi bom para quem seguiu nossa dica de aposta e acreditou em um duelo abaixo de 1,5 gols a 2,35.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar