Copa do Brasil

Athletico-PR cala o Beira-Rio e conquista a Copa do Brasil; pelo Brasileirão, sucesso no Cartola pode garantir bons lucros

Festa paranaense: Athletico-PR fatura a Copa do Brasil garante vaga na Libertadores 2020

Foto: Reprodução

No Beira-Rio lotado, Furacão se mostra maduro e conquista o quarto título sob o comando de Thiago Nunes.

Diante de um Internacional que acreditou demais no seu sucesso doméstico e em sua capacidade de “virar todas” no Beira-Rio, o Athletico-PR mostrou segurança e firmeza para conquistar, na noite de ontem, dia 18, a vitória por 2 a 1  e com ela a Copa do Brasil – título que rendeu R$ 64 milhões aos cofres paranaenses e vaga na Libertadores 2020. O título é um prêmio à maturidade do Rubro-Negro e um castigo ao “medo de perder” que o Colorado demonstrou na Arena da Baixada na semana passada. Mas isso também não deve tirar o mérito do trabalho de Odair Hellmann à frente do Internacional, que pecou pela falta de ousadia na primeira partida da final, mas que no balanço final faz duas temporadas muito boas após o retorno da equipe à Série A em 2018.

Ao Athletico-PR resta comemorar o título nesta quinta-feira antes de começar a pensar no jogo contra o Vasco, no próximo domingo, em São Januário, na 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. E por falar em Brasileiro, o bom desempenho de atacantes e defensores no Cartola FC pode mostrar um bom caminho para garantir lucros interessantes neste início de returno do Brasileirão.

O Corinthians, por exemplo, que não viu a cor da bola na derrota por 2 a 0 para o Independiente Del Valle, no Itaquerão, pela ida da semifinal da Copa Sul-Americana, terá a difícil missão de se recuperar contra o Bahia – equipe que, no geral, apresenta números defensivos muito bons dentro do fantasy game. O sucesso da zaga tricolor pode render uma boa quantia nas casas de apostas esportivas.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Beira-Rio em silêncio diante do Furacão

Com a vantagem de 1 a 0 construída no duelo de ida, há uma semana, na Arena da Baixada, o Athletico-PR jogou de forma correta, seguro na defesa e aplicando contra-ataques absurdamente perigosos contra o Internacional que, empurrado por um Beira-Rio lotado, exibia grande nervosismo à medida que o tempo passava e o gol não saia. Sem poder contar com D’Alessandro – que sentiu uma lesão – e com Patrick irritando o torcedor com passes errados que jogavam por terra contra-ataques promissores, o Colorado não conseguia ser objetivo. Wellington Silva se esforçava, mas não dava ao time a mesma fluência que o ídolo argentino.

O Furacão, por sua vez, explorava os erros – e os nervos – dos donos da casa. A recompensa veio aos 23 minutos do primeiro tempo quando Léo Cittadini aproveitou rápido contra-ataque para ampliar a vantagem dos visitantes. Com uma desvantagem de 2 a 0 no placar agregado da final, O Internacional lançou-se ao ataque e Nico López – o mais lúcido do time – deixou tudo igual aos 30.

Mas o empate não serviu para “incendiar” o time. Precisando de pelo menos mais um gol, Odair Hellmann sacou Patrick no intervalo, e mandou Sóbis a campo, avançando López para o ataque. Pouco depois, Nonato entrou no lugar de Bruno e Edenílson passou a fazer a lateral-direita do Internacional. Nunes respondeu com Madson no lugar de Khellven e Cirino na vaga de Marco Rúben (que, amarelado, abusava das faltas no ataque). Mais ofensivo, o Colorado tentava pressionar a defesa do Atheltico-PR que seguia mantendo o perigo longe do gol de Santos – e quando falhava, podia contar com a segurança do arqueiro.

Nos acréscimos, o castigo final: Marcelo Cirino fez brilhante jogada na direita da defesa colorada, deixou os marcadores para trás e cruzou na medida para Rony bater firme, sem chances de defesa para Marcelo Lomba. 2 a 1 que valeu o título e derrubou nossa dica de aposta na hipótese dupla de vitória ou empate do Internacional e em um jogo abaixo de 2,5 gols. (#xatiados)

 

Campeonato Brasileiro

Dicas do Cartola que podem lhe ajudar a “quebrar a banca”

Com o returno do Campeonato Brasileiro começando neste final de semana, é possível usar a mecânica por trás da pontuação do Cartola FC – fantasy game do Brasileirão – para aumentar as chances de lucro na hora de planejar seus investimentos nas apostas esportivas. Analisar a tabela da rodada e pesar valores de ataque e defesa podem indicar, por exemplo, quais times estão mais propensos a não sofrerem gols e quais ataques têm mais chances de marcar – mesmo que isso não signifique a vitória do time.

Investindo no ataque

Gabriel, artilheiro do Brasileirão e do Flamengo, é, nos números Cartola, o melhor atacante do torneio. Some-se a isso o fato de que Arrascaeta e Everton Ribeiro são os líderes em assistências do jogo e é fácil prever que as chances de o líder do Brasileirão passar em branco em qualquer jogo são pequenas. Junte a isso uma defesa que se não é brilhante, também não é nenhuma peneira e fica seguro apostar sempre que o Rubro-Negro marcará gols com grandes chances de não levar nenhum.

Jogo da rodada

  • Cruzeiro x Flamengo – 21/09/2019 – Mineirão – 17 horas

Gilberto do Bahia é outro que costuma deixar sua marca com frequência. Neste final de semana o tricolor baiano vai medir forças com o Corinthians – que não vive um bom momento – em Itaquera. O Timão ainda tem a melhor defesa do Brasileirão e é forte jogando em casa, mas apostar que as duas equipes farão gols é uma boa estratégia na hora de montar seu time no Cartola e de planejar sua aposta no final de semana.

Jogo da Rodada

  • Corinthians x Bahia – 21/09/2019 – Itaquerão – 19 horas

Defesa – para o bem e para o mal

Embora tenhamos dito acima que vale a pena investir em uma estratégia onde tanto Bahia quanto Corinthians marcarão gols, é preciso atentar para o detalhe de que os zagueiros Lucas Fonseca e Manoel lideram o número de jogos sem sofrerem gols no primeiro turno. O zagueiro do Bahia ficou zerado em 10 oportunidades enquanto que o xerife alvinegro não viu Cássio buscar a bola no fundo do gol em oito ocasiões.

Por outro lado, os goleiros Tiepo (Chapecoense), Tadeu (Goiás) e Felipe Alves (Fortaleza) estão entre os mais vazados com, respectivamente, 32, 25 e 24 gols sofridos até aqui. Não escalá-los no Cartola nesta semana é uma estratégia para pontuar bem e acreditar que suas equipes sofrerão gols na rodada pode ajudar a aumentar suas chances de lucro.

Jogos da Rodada

  • Internacional x Chapecoense – 22/09/2019 – Beira-Rio – 11 horas
  • Fortaleza x Palmeiras – 22/09/2019 – Castelão – 16 horas
  • Goiás x Fluminense – 22/09/2019 – Serra Dourada – 19 horas

Artilheiros

Outra boa estratégia, é apostar em seus atacantes no Cartola como nomes que farão os gols na rodada. Por exemplo: as chances de Gabigol (Flamengo), Everton Cebolinha (Grêmio), Sasha (Santos) e Gilberto (Bahia) fazerem gols – independente do resultado do jogo – são sempre grandes.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar