Copa do Mundo Feminina 2019

Após cortes, Brasil estreia contra a Jamaica esperando por Marta; veja os prognósticos para o duelo da 1ª rodada da Copa do Mundo

Sem favoritismo

Sem favoritismo ao título, Brasil está pronto (ou quase) para a estreia na Copa do Mundo da França

Foto: Divulgação/CBF

Na teoria, a Seleção Brasileira feminina está pronta para sua estreia na Copa do Mundo da categoria neste domingo, dia 9, a partir das 10:30 (horário de Brasília), em Grenoble, na França. “Teoria” porque, na prática, o time convocado pelo técnico Vadão vem  de uma série terrível de resultados negativos, sofreu três cortes desde a primeira convocação para a competição e Marta, seis vezes eleita a melhor jogadora do mundo, ainda se recupera de uma lesão e não tem, segundo o departamento médico, uma previsão de retorno aos gramados – na última sexta-feira, dia 7, a atleta estava fazendo trabalhos de transição para o campo. Neste cenário caótico, a única boa notícia é que a seleção canarinho fará sua estreia contra a Jamaica, lanterna nos outrights da competição e, na teoria, seleção mais fraca do Grupo C e de toda a Copa do Mundo. Tanto que o Bodog dá ao Brasil odds em 1,05 por 1,00 para a possibilidade de vitória contra absurdos 19,00 por 1,00 para o sucesso jamaicano e 11,00 por 1,00 para um eventual empate. É o jogo perfeito para garantir bons lucros na primeira rodada do torneio e tirar do Brasil o ranço da má-fase recente.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Brasil (1,05) x (19,00) Jamaica

Sem apresentar o favoritismo de outros tempos e apostando na experiência de Formiga, que aos 41 anos vai para sua sétima Copa do Mundo em 24 anos de Seleção Brasileira, a equipe está pronta para a estreia. Ao lado de Marta – que ainda se recupera de uma lesão – a incansável veterana terá a missão de liderar a equipe que com outrights em 19,00 por 1,00 é apenas a oitava seleção entre as favoritas ao título. Os problemas dentro e fora de campo, entretanto, não deverão afetar a equipe em sua estreia, neste domingo, contra a Jamaica, que é considerada a equipe mais fraca do torneio e chega com outrights em 751,00 por 1,00.

 

Um Brasil de problemas

A Seleção Brasileira chega para a Copa do Mundo da França com uma lista considerável de problemas. A começar pelo retrospecto recente do time que nos últimos 10 jogos que disputou (todas as competições), venceu um e depois emendou uma série de nove derrotas sem folga, uma seguida da outra.

A preparação do time também não foi das mais tranquilas, com três atletas sendo cortadas por conta de contusões. A última baixa se deu com a zagueira Erika, na sexta-feira, dia 7. Cortada do grupo por conta de uma lesão no tornozelo, a atleta do Corinthians se junta à meio-campista Adriana (sua colega no Timão) e à lateral Fabiana, do Internacional, que já haviam sido cortadas. Agora, Vadão conta com Mônica, Tayla, Kathellen e a recém-chegada Daiane como opções para a zaga.

Marta, seis vezes eleita a melhor do mundo e estrela máxima do time, dificilmente participará da estreia do time. O departamento médico da seleção evita fazer previsões, mas ainda fazendo o trabalho de transição da academia para o campo e em fase final de recuperação de uma lesão na coxa, são quase nulas as chances de ela ir à campo – e se for, será longe da forma ideal.

 

Jamaica não assusta

Esta é a primeira vez que a Seleção da Jamaica participa de uma edição da Copa do Mundo Feminina de Futebol. A seleção deixou de existir em 2010 e só retornou às atividades em 2014 graças a intervenção decisiva da filha de Bob Marley, Cedella Marley, que atuou como embaixadora e patrocinadora da equipe através da Bob Marley Foundation. Apesar de contar com Jody Brown, destaque da equipe e eleita a melhor jogadora jovem das eliminatórias da Concacaf, as Reggae Girlz, não mostram força capaz de assustar equipes mais experientes – caso do Brasil. Chegaram à Copa do Mundo com a terceira vaga em suas eliminatórias, conquistada nos pênaltis após empate em 2 a 2 com o Panamá.

As principais casas de apostas colocam a Jamaica como a mais improvável candidata ao título – uma conquista que pagaria, neste momento, 751,00 por 1,00.

 

Melhor palpite para Brasil x Jamaica

Apesar da péssima fase exposta acima, não há motivos para duvidar do favoritismo do Brasil que conta com uma equipe mais experiente dentro e fora de campo. Por isso, investir na vitória da equipe canarinho a 1,05 por 1,00 (segundo o Bodog) é ganho certo. Uma boa opção para aumentar os lucros é acreditar em um jogo com mais de 3,5 gols a 1,74.

 

Jogos da 1ª rodada da fase de grupos da Copa do Mundo Feminina 2019

Sexta-feira, 7 de junho
  • 16:00 – França 4 x 0 Coreia do Sul.
Sábado, 8 de junho
  • 10:00 – Alemanha (R$ 1,27) x (R$ 10,35) China. Empate: R$ 5,22
  • 13:00 – Espanha (R$ 1,12) x (R$ 20,05) África do Sul. Empate: R$ 7,67
  • 16:00 – Noruega (R$ 1,25) x (R$ 10,40) Nigéria. Empate: R$ 5,48
Domingo, 9 de junho
  • 08:00 – Austrália (R$ 1,61) x (R$ 5,05) Itália. Empate: R$ 3,86
  • 10:30 – Brasil (R$ 1,05) x (R$ 19,00) Jamaica. Empate: R$ 11,00
  • 13:00 – Inglaterra (R$ 1,21) x (R$ 13,10) Suécia. Empate: R$ 5,73
Segunda-feira, 10 de junho
  • 13:00 – Argentina (R$ 23,73) x (R$ 1,09) Japão. Empate: R$ 8,60
  • 16:00 – Canadá (R$ 1,14) x (R$ 7,80) Camarões. Empate: R$ 6,84
Terça-feira, 11 de junho
  • 10:00 – Nova Zelândia (R$ 9,07) x (R$ 1,28) Holanda. Empate: R$ 5,07
  • 13:00 – Chile (R$ 22,80) x (R$ 1,11) Suécia. Empate: R$ 7,52
  • 16:00 – Estados Unidos (R$ 1,02) x (R$ 52,07) Tailândia. Empate: R$ 16,92

 

OUTRIGHTS DA COPA DO MUNDO:

  • França – R$ 4,25
  • Estados Unidos – R$ 4,50
  • Alemanha – R$ 6,50
  • Inglaterra – R$ 7,50
  • Holanda – R$ 13,00
  • Japão – R$ 15,00
  • Austrália – R$ 17,00
  • Brasil – R$ 19,00
  • Canadá – R$ 23,00
  • Espanha – R$ 23,00
  • Suécia – R$ 23,00
  • Noruega – R$ 31,00
  • Itália – R$ 41,00
  • China – R$ 51,00
  • Coreia do Sul – R$ 51,00
  • Nova Zelândia – R$ 67,00
  • Chile – R$ 101,00
  • Escócia – R$ 101,00
  • Argentina – R$ 101,00
  • Nigéria – R$ 201,00
  • África do Sul – R$ 301,00
  • Camarões – R$ 401,00
  • Tailândia – R$ 501,00
  • Jamaica – R$ 751,00

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar