UFC

A chance de ouro de Jéssica Andrade no UFC 237 contra Rose Namajunas

Jessica Andrade estrela série 'Nascidos para o Combate' do canal Combate
Foto: Divulgação / UFC

Jéssica Andrade está de contrato assinado para o UFC 237. Conversei com a brasileira sobre a disputa de cinturão contra Rose Namajunas que acontece no dia 11 de maio, mas ainda não tem local definido. Mais do que a chance de ser campeã do UFC em um evento no Brasil, a paranaense tem nas mãos a oportunidade de ouro de se tornar mais popular e atingir mais pessoas com seu legado. E se a luta é o primeiro passo para isso, o lançamento da série ‘Nascidos para o Combate’ pode ser o segundo passo rumo ao objetivo.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Produzida pelo canal Combate, a terceira temporada da séria ‘Nascidos para o Combate’ conta um pouco da trajetória dos principais lutadores do Brasil e mostra a relação dos atletas com amigos e familiares. Diante do combate mais importante de sua carreira, o qual aparece como favorita nas casas de apostas,  Jéssica lembra as dificuldades que passou quando trabalhou na roça, no interior do Paraná, e como as dificuldades a motivaram. Depois de fazer sua primeira luta no judô, aos 19 anos, ela iniciou uma trajetória meteórica que a levou até o octógono do UFC em quatro anos.

“A mensagem que quero passar com a minha história é que você não deve desistir nunca. Mesmo quando dizem que você não vai conseguir, temos que nos cercar de quem nos ama e acredita em nós. Por isso, vou lutar até o fim para trazer esse cinturão para o Brasil. Estou correndo atrás do meu sonho e vou realizar isso”, prometeu a lutadora, que soma seis vitórias nas últimas sete lutas no octógono.

Jéssica tem uma chance de ouro nas mãos. Mais do que disputar um cinturão do UFC – algo que ela já fez em maio de 2017 – ela o fará em casa, no Brasil. É raro um campeão aceitar defender o título na casa do desafiante, e é isso o que Namajunas estará fazendo. Vai colocar o cinturão em jogo em território inimigo. É uma oportunidade gigante para Andrade se tornar ainda mais conhecida no Brasil.

Dona de um poder de nocaute arrasador e uma simpatia natural, Jéssica Andrade tem tudo para se tornar uma estrela do MMA no Brasil. É claro que o título contra Namajunas, caso seja concretizado, vai ajudar muito, mas ações midiáticas e trabalhos como a participação na série “Nascidos para o Combate” são de grande valor para atletas com tamanho potencial atingirem as grandes massas.

Ídolos e lendas do MMA sempre são reconhecidos uma vez que combinam o sucesso dentro do octógono com o brilho fora do cage. Jéssica tem o que é necessário para cativar o público, ela só precisa daquele empurrãozinho que o ouro do cinturão dá para brilhar de uma vez por todas como uma estrela do esporte.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar