Mineiro

Veja as escalações de Cruzeiro, Tupi, América e Atlético e os palpites para a semifinal do Mineiro

Foto: Washington Alves / Light Press / Cruzeiro

Raposa é a grande favorita para um lugar na final

Começa nesta quarta-feira a semifinal do Campeonato Mineiro. Diferentemente da fase anterior, agora a disputa será em dois jogos. Portanto, quem perder na ida ainda terá uma chance de se recuperar. Devido a diferença técnica, o Cruzeiro é o grande favorito para cima do Tupi, enquanto o duelo entre América-MG e Atlético-MG deve ser bem equilibrado.

 

Atlético-MG tem que correr atrás

O trabalho de Thiago Larghi vem dando resultado no Atlético-MG. Se ofensivamente o clube ainda não empolga, ao menos lá atrás dá sinais de recuperação. Desde que o interino assumiu, somente em duas oportunidades a zaga sofreu mais de um gol. No período, ainda ficou seis partidas sem ser vazada.

Um exemplo disso foi o triunfo sem sustos por 1 a 0 sobre o URT. Se o placar estava longe de empolgar, foi o suficiente para a equipe cumprir uma importante etapa. É confiando nisso que o Galo aparece o favorito para o encontro desta quinta-feira. Jogando com o seu mando de campo e com apoio da torcida, o Alvinegro deve buscar a vitória e tirar a vantagem do Coelho.

O time deve ir com força máxima para a semifinal com: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fabio Santos; Adilson, Elias e Cazares; Erik, Luan e Ricardo Oliveira.

 

Outro Coelho

Não se espante de ver um América-MG bem mais forte do que o que jogou contra o Galo na primeira fase. Isso porque duas alterações em relação aquele 11 inicial pode fazer toda a diferença. A de maior destaque é a volta de João Ricardo para o gol. O jogador estava com problemas musculares no começo da temporada e desde que retornou só sofreu um gol em três partidas. A outra mudança é a entrada de Marquinhos no lugar do Luan, que deve contribuir mais na criação de jogadas.

Sendo assim, a equipe deve ser escalada com: João Ricardo; Norberto, Messias, Rafael Lima e Giovanni; Zé Ricardo, Juninho, Serginho e Marquinhos; Aylon e Rafael Moura.

 

Cruzeiro com vantagem

Um dos melhores times do futebol brasileiro neste começo de temporada, o Cruzeiro não tem dado chances para seus adversários locais. No estadual, foram 12 jogos até aqui, com 10 vitórias e apenas dois empates. Superioridade tão grande que faz com que a Raposa seja tratada como nome certo na final do Campeonato Mineiro.

O atacante Raniel sentiu dores no joelho e virou dúvida de última hora. Como Fred também ainda está na reta final de recuperação, a vaga pode cair no colo de Sassá. Dedé e Thiago Neves também ficaram de fora dos treinos, mas estão confirmados no time titular.

Com isso, o Cruzeiro vai para campo com: Fábio; Lucas Romero, Dedé, Murilo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Robinho e Rafinha; Thiago Neves e Sassá.

 

Tupi é a zebra

A situação do Tupi já seria difícil de qualquer jeito, mas tendo a obrigação de vencer a chance de classificação é mínima. No entanto, ao menos a diretoria parece acreditar em uma surpresa. Afinal, depois de cogitar levar a partida de ida para o Mineirão, voltou atrás e vai fazer valer o mando de campo em Juiz de Fora.

O clube deve contar com a base dos últimos jogos e ir para campo com: Ricardo Vilar; Afonso, Sidimar, Mateus Alves e Patrick Brey; Léo Costa, Léo Salino, Vitinho e Tchô; Renato Kayser e Reis.

 

Históricos dos confrontos

Não é surpresa saber que o duelo entre Cruzeiro e Tupi é o mais desequilibrado. Ao longo da história, foram 41 encontros oficiais, com 28 vitórias da Raposa, 11 empates e apenas duas derrotas. O melhor momento da equipe de Juiz de Fora ocorreu em 2010 e 2011, quando conquistou sua última vitória e ainda segurou o empate no ano seguinte. Depois disso, foram sete revezes seguidos, incluindo o da primeira fase, que terminou 2 a 0.

No entanto, o confronto entre Atlético e América também está longe de ser de igual para igual. Dos 114 jogos oficiais, o Galo venceu 58, empatou 36 e perdeu 20. A vitória mais recente do Coelho aconteceu em maio de 2016, por 2 a 1. Depois disso, foram mais seis encontros, com quatro triunfos do Alvinegro.

 

Jogos das quartas de final do Campeonato Mineiro 2018

Quarta-feira, 21 de março

  • 21:45 – Tupi x Cruzeiro. Palpite: Cruzeiro vence por 1 a 0

Quinta-feira, 22 de março

  • 22:00 –Atlético-MG x América-MG. Palpite: Atlético-MG vence por 2 a 1

 

Comentários

2 Comentários

2 Comentários

  1. Ricardo Souza

    21 de março de 2018, às 14:58

    Precisa ser mais consistente e eficaz nas finalizações.

  2. Pingback: Você lembra da última vez que Cruzeiro e Atlético-MG ficaram de fora da final do estadual? | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar