UFC

UFC Fortaleza: José Aldo Vs Renato Moicano é um Brasil Vs Brasil interessante para todos

José Aldo - UFC
Foto: Divulgação / UFC

O UFC anunciou no último fim de semana o retorno de José Aldo ao octógono mais famoso do mundo. E o adversário do ex-campeão dos penas, pela primeira vez no Ultimate, será um compatriota. No dia 2 de fevereiro, pelo UFC Fight Night que acontece em Fortaleza, Aldo encara Renato Moicano em duelo de tops da categoria até 66kg. Embora seja um duelo altamente competitivo, a grande questão do combate será a postura de Aldo, que nunca gostou da ideia de enfrentar brasileiros no UFC e tenta adiantar as lutas de seu contrato para se ver logo livre do vínculo que ainda tem de cumprir com a organização.

Depois de perder o cinturão dos penas sendo nocauteado duas vezes por Max Holloway, Aldo se recuperou em julho passado, quando nocauteou Jeremy Stephens. Foi o primeiro nocaute do brasileiro em quase cinco anos. O resultado empolgou o brasileiro, que tinha a expectativa de ganhar uma chance pelo título, caso Brian Ortega se tornasse o novo campeão dos penas diante de Holloway, o que não aconteceu. Não à toa, a luta entre Aldo e Moicano só foi confirmada após o UFC 231. Com Holloway detentor do cinturão, as chances de Aldo disputar o título em breve diminuem, então nada melhor do que se manter ativo para encerrar logo seu contrato com o UFC.

O duelo com Moicano será a co-luta principal do UFC Fortaleza, que terá como principal combate da noite a revanche entre Marlon Moraes e Raphael Assunção. Aldo já lutou quatro vezes no Brasil atuando pelo UFC e venceu três combates. Conhecido como “campeão do povo” especialmente no Rio de Janeiro, Aldo estará pela primeira vez diante de um compatriota no octógono. Antes de chegar ao UFC, ele já enfrentou vários rivais tupiniquins, e isso nunca foi problema. A dúvida aqui é se Aldo vai entrar no cage disposto a dar tudo de si e seguir buscando o título mesmo em fim de contrato ou se ele vai entrar para “cumprir tabela”, o que pode ser um problema.

Moicano vive uma boa fase no UFC, com duas vitórias consecutivas. Ele tem 15 lutas na carreira, sendo 13 vitórias, um empate e apenas uma derrota, sofrida contra Brian Ortega, ex-desafiante ao cinturão dos penas. São cinco triunfos no total no Ultimate. Moicano é um lutador duro, estratégico e não tem muitas brechas. Atualmente, ele é o quarto colocado no ranking oficial da categoria, enquanto Aldo é o número dois. Qualquer um dos dois que vencer vai se aproximar de uma chance ao título, especialmente se Moicano for o vencedor – o problema de Aldo é que ele já perdeu duas vezes por nocaute para Holloway, atual campeão.

É uma grande oportunidade para ambos. Moicano pode mostrar que tem tudo para se confirmar como uma nova força do Brasil dentro do UFC com credenciais para se tornar campeão e despontar como ídolo. Por outro lado, Aldo, se ainda interessado, pode mostrar diante de Moicano que embora esteja de olho no fim do contrato com o UFC, ainda tem motivação o suficiente para brilhar em alto nível no octógono e quem sabe buscar mais uma vez o título dos penas. Essa luta vai exigir dos dois. Quem está mais motivado por seus objetivos?

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar