Ganhador.com

Fórmula 1

Tudo como antes na Fórmula 1: duelo entre Vettel e Hamilton terá um novo round no Bahrein

Foto: PAUL CROCK/AFP/Getty Images

Problemas na Mercedes de Hamilton deram a vitória a Vettel na Austrália, e o alemão pode disparar na liderança no domingo

A temporada 2018 da Fórmula 1 começou do mesmo jeito que a do ano passado, com o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, no ponto mais alto do pódio, Lewis Hamilton, da Mercedes, em segundo, e o também ferrarista Kimi Raikkonen ocupando a terceira colocação no Grande Prêmio da Austrália. O resultado foi surpreendente até mesmo para o próprio Vettel, uma vez que as Mercedes foram as mais rápidas nos treinos livres.

O circo da Fórmula 1 agora se desloca para o Bahrein, onde no próximo domingo (08), a partir de 12:10 (horário de Brasília), acontece o segundo Grande Prêmio do ano. Localizado no meio do deserto, o circuito de Sahkair é um dos mais modernos do mundo, e se caracteriza por longas retas e curvas de baixa velocidade que exigem muita perícia por parte dos pilotos. A Mercedes é a equipe com o melhor histórico recente, mas quem se deu bem em 2017 foi Vettel, que pode disparar na liderança e estabelecer um novo recorde se conseguir repetir a dose.

 

Vettel e Alonso disputam a hegemonia do circuito

Os dois maiores vencedores do Grande Prêmio do Bahrein dividirão a pista de Sahkair no domingo, e um deles poderá estabelecer uma nova hegemonia no circuito.

O espanhol Fernando Alonso foi o mais rápido em 2005 e 2006, com a Renault, e em 2010, quando já era piloto da Ferrari. Atualmente na McLaren, o bicampeão mundial terminou o Grande Prêmio da Austrália na quinta colocação, mas o desempenho do seu carro foi extremamente criticado, e o espanhol não aparece entre os mais cotados para o GP do Bahrein. A última vez que a McLaren venceu uma corrida foi no GP do Brasil de 2012, com o britânico Jenson Button.

A situação de Vettel é bem diferente. O vice-campeão de 2017 venceu em 2012, 2013 e no ano passado, e tem chances reais de ser o mais rápido novamente. No entanto, o alemão mantém o discurso pessimista que vem repetindo desde a pré-temporada, e não mudou uma vírgula após a vitória na Austrália.

“Hoje não temos o ritmo de corrida equivalente (ao da Mercedes). Para sermos justos, Lewis foi o mais rápido. Ao passo que, no ano passado, estivemos um pouco mais próximos, pressionando. No momento, estamos um pouco abaixo. Se analisarmos todo o fim de semana, ainda não há uma disputa verdadeira, não estamos onde queremos estar. Quando estou na pista, o carro não responde do jeito que eu gostaria. Preciso de mais estabilidade no momento de pisar no freio e contornar as curvas. Continuo lutando um pouco, e ainda não estou feliz. Mas creio que temos bons motivos para continuar trabalhando.”, queixou-se o tetracampeão.

 

Hamilton demonstra preocupação com a Ferrari

O atual campeão, Lewis Hamilton, não concorda com as palavras do rival. A vitória do piloto da Mercedes na Austrália era dada como favas contadas, especialmente após o bom desempenho nos treinos, que lhe garantiram a pole position com 0s664 de vantagem para o segundo colocado Kimi Raikkonen, mas o inglês foi traído por uma falha em um software do carro que atrapalhou toda a estratégia para a corrida.

Preocupado com a possibilidade de um novo triunfo de Vettel, ele fez o alerta:

“O desempenho deles foi melhor do que pareceu. A Ferrari será veloz nas retas e eles serão rápidos na próxima corrida, costumam ir bem no Bahrein. Eles sempre são bons nos circuitos quentes, mesmo com a corrida sendo à noite, é um circuito duro para os pneus.”, observou.

A escuderia italiana, de fato, é a maior vencedora do Grande Prêmio do Bahrein. Porém, quem levou a melhor em três das últimas quatro temporadas foi a Mercedes. Duas vezes, em 2014 e 2015, com o próprio Hamilton, que é o franco favorito para ser novamente o mais rápido.

 

Palpite

É pouco provável que alguma equipe consiga tirar Mercedes e Ferrari das primeiras colocações. O Grande Prêmio da Austrália mostrou que alemães e italianos seguem muito acima dos demais, e mais uma vez polarizarão a disputa pelo título.

Contudo, o que também ficou claro, mesmo com a vitória de Vettel, é que não há ninguém andando mais rápido que Hamilton no momento, e será muito difícil superá-lo em condições normais.

Por isso, cravo uma vitória do inglês, com Vettel e Bottas completando o pódio.

 

Programação do Grande Prêmio do Bahrein 2018

  • Sexta-Feira, 06/04 – 08:00 – 1º Treinos Livres
  • Sexta-Feira, 06/04 – 12:00 – 2º Treinos Livres
  • Sábado, 07/04 – 09:00 – 3º Treinos Livres
  • Sábado, 07/04 – 12:00 – Treino Classificatório
  • Domingo, 08/04 – 12:10 – Corrida

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar