Ganhador.com

Brasileirão Série A

Série A: Após derrota diante do Paraná, Abel Braga muda o Fluminense tentando segurar o líder Flamengo

Sem poder contar com seu ataque titular, Abel Braga mexe no Fluminense para segurar o Flamengo pela 3ª vez na temporada.

FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C./Reprodução

Em vantagem sobre o Flamengo na temporada com um empate e uma vitória, Fluminense quer recuperar-se da derrota diante do Paraná vencendo o líder do Campeonato Brasileiro em Brasília.

Confirmada a venda de todos os 60 mil ingressos colocados à disposição da torcida para o duelo entre Fluminense e Flamengo, hoje, à partir das 20:00, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, o recorde de público do Brasileirão 2018 poderá ser batido esta noite. Sinal de que a liderança fez bem ao time do ainda interino Maurício Barbieri. E tudo pode ficar ainda melhor: a combinação de resultados da 10ª rodada tem sido favorável ao Rubro-Negro. A vitória do Sport sobre o Atlético-PR levou o Leão à vice-liderança, com 18 pontos – 2 a menos que o Flamengo que, em caso de vitória, pode abrir uma vantagem de 5 pontos sobre o 2º colocado há duas rodadas da pausa para a Copa do Mundo da Rússia. A invencibilidade de 4 jogos no Brasileirão – 1 empate e 3 vitórias – fez muito bem ao Urubu.

Mas o Fluminense quer diminuir a empolgação Rubro-Negra e recuperar-se da derrota para o Paraná, vice-lanterna do torneio, na última rodada. Sem poder contar com seu ataque titular, Abel Braga será forçado a mexer em todo o esquema tático do Tricolor na esperança de interromper a boa fase do Flamengo e se aproximar, novamente, dos líderes da competição.

 

Forçado a mudar

Sem poder contar com os titulares Pedro e Marcos Júnior – machucados –, no ataque do Fluminense, o técnico Abel Braga mexe na estrutura do time e com a entrada do volante Douglas muda do 3-5-2 para o 3-6-1 com João Carlos, isolado no ataque, recebendo as aproximações de Sonorza e Jadson. É a mesma formação utilizada pelo treinador no empate em 0 a 0 com o Grêmio em Porto Alegre pela 8ª rodada – a diferença é que para o duelo contra o Imortal, Braga utilizou Dodi no meio-campo. Com Douglas, o professor espera ter mais volume ofensivo na busca pelos 3 pontos.

 

Muitos desfalques

Pedro e Marcos Júnior (ambos com lesões na coxa esquerda) juntam-se a uma lista de desfalques que conta também com Léo (que, além de lesionado, pertence ao Flamengo e não poderia jogar hoje), Ayrton Lucas (coxa direita), Marquinhos Calazans (joelho direito) e Felipe (joelho direito).

Boa notícia mesmo, apenas o retorno do ala/lateral Gilberto (poupado contra o Paraná).

 

O jejum do ex

Pressionado pela torcida do Flamengo após uma sequência de 9 jogos sem marcar gols, Henrique Dourado – artilheiro do Brasileirão no ano passado com 18 gols – reencontrará seu ex-clube nesta quinta-feira tentando não igualar o seu pior jejum quando esteve defendendo as cores do clube das Laranjeiras: 10 jogos sem balançar as redes.

Sem marcar desde o dia 2 de maio, contra a Ponte Preta, pela Copa do Brasil, o Ceifador, na rodada anterior, saiu sob vaias da torcida no duelo contra o Corinthians para dar lugar a Felipe Vizeu – coincidentemente, o autor do gol que deu a vitória ao Urubu.

O duelo de hoje contra o ex-clube é mais uma oportunidade de o atleta justificar os R$ 11 milhões investidos pelo Flamengo em sua contratação.

 

Acumulando gordura

A rodada foi muito boa para o Flamengo até aqui. Mesmo uma derrota hoje, manterá o clube da Gávea no topo da tabela do Brasileirão, dependendo apenas de si para manter-se lá.

Mas a combinação de resultados dá ao Urubu a possibilidade de terminar a 10ª rodada com 5 pontos de vantagem sobre o 2º colocado (Sport), tendo ainda um confronto contra o Paraná (casa) e o Palmeiras (fora) antes da pausa para a Copa do Mundo. Uma situação confortável como há tempos o Mengão não vivia e que coloca – finalmente – o seu caro elenco na luta real pelo título brasileiro.

 

O Urubu também tem seus problemas

Sem poder contar com o meia Diego, que cumpre suspensão em função do 3º cartão amarelo, Maurício Barbieri também tem sua cota de desfalques no departamento médico e por conta da Copa do Mundo.

Seguem fora do time: Trauco e Guerrero (ambos com suas seleções na Copa do Mundo), a zaga titular do Rubro-Negro Réver e Juan, além de Geuvânio, Pará e Berrío (todos sob os cuidados do departamento médico).

Felizmente para Barbieri, Rhodolfo e Léo Duarte têm dado conta do recado e mantido a solidez defensiva do Flamengo, que pode comemorar também o retorno de Cuéllar – que estava na lista de suplentes da Seleção Colombiana para a Copa do Mundo e, por este motivo, impedido de atuar pelo Brasileirão.

 

Possíveis escalações

Fluminense

Com os desfalques em seu ataque titular, Abel Braga mexe na estrutura do time de deverá colocar o Fluminense em campo com: Júlio César; Renato Chaves, Gum e Luan Peres; Gilberto, Jadson, Richard, Douglas, Marlon e Sonorza; João Carlos.

Flamengo

Maurício Barbieri mexerá pouco no time e muito provavelmente optará por uma escalação com: Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Rhodolfo e Renê; Jonas (Jean Lucas), Cuéllar, Lucas Paquetá; Éverton Ribeiro, Vinícius Júnior e Henrique Dourado.

 

Palpite para Fluminense e Flamengo

A tendência é de que o Fluminense, apesar de mandante, jogue mais recuado, esperando pelo Flamengo que, líder, lutará para ampliar sua vantagem sobre os demais concorrentes. Com mais gente no meio-campo, o Flu tem boas chances de anular Vinícius Júnior e Lucas Paquetá, as principais armas do Mengão. Mas sua falta de opções na frente deve lhe custar caro em “agressividade”.

Tudo indica que teremos um jogo muito “amarrado” no meio-campo, com muita disputa de bola e poucas chances de gol. É a receita típica de um empate – que dará ao Rubro-Negro uma vantagem de 3 pontos sobre o vice-líder.

 

Jogos, palpites e resultados da 10ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018

Terça-feira, 5 de junho

  • 21:30 – São Paulo 0 x 0 Internacional.

Quarta-feira, 6 de junho

  • 19:30 – Vitória 1 x 0 Chapecoense.
  • 19:30 – Botafogo 0 x 0 Ceará.
  • 21:00 – Sport 1 x 0 Atlético-PR.
  • 21:00 – Corinthians 1 x 1 Santos.
  • 21:45 – Cruzeiro 1 x 1 Vasco.
  • 21:45 – Grêmio 0 x 2 Palmeiras.

Quinta-feira, 7 de junho

  • 20:00 – Paraná x Bahia. Palpite: Bahia
  • 20:00 – Fluminense x Flamengo. Palpite: empate
  • 21:00 – América-MG x Atlético-MG. Palpite: empate

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar