Ganhador.com

Mercado da bola

Será? Kieza e Tréllez podem deixar Vitória às vésperas do início da temporada

Foto: Miguel Schincariol/Getty Images

Assediados por grandes de São Paulo e Rio de Janeiro, goleadores devem se despedir do time baiano nos próximos dias

Não é muito comum um time que briga contra o rebaixamento ter jogadores de destaque em um campeonato, mas quando isso acontece, como é o caso de Kieza e Santiago Tréllez pelo Vitória, no Brasileirão 2017, temos que valorizar, não é?! Responsáveis diretos pela permanência dos baianos na Série A, os atacantes vivem uma incógnita para a jornada que começa no dia 1º de fevereiro, diante do Ferroviário, em jogo válido pela primeira rodada da Copa do Nordeste. Depois de assegurarem o Leão na elite nacional, os goleadores viram a boa fase ser coroada com sondagens de vários gigantes canarinhos. Será que eles deixam Salvador às vésperas do início do Nordestão e Baiano? Se liga só no resumo da dupla!

 

Gols e gols

Um dos andarilhos do futebol brasileiro, já tendo passado por nove equipes, incluindo Fluminense, Náutico, São Paulo, Bahia, entre outras, Kieza encara sua terceira temporada pelo Vitória após um período curto sem brilho pelo Tricolor Paulista. Considerado um “farejador” de gol, o camisa 9 de 31 anos tem com a camisa rubro-negra 25 gols em menos de dois anos. E isso é o principal fator para o jogador que deu início a sua carreira na Desportiva Ferroviária, do Espírito Santo, ser a bola da vez em diversos clubes da Série A.

Mesma situação vive o colombiano Santiago Tréllez. Contratado sem muita “pompa” pelo Vitória em razão de sua inconsistência pelos clubes que passou – nada mais do que 10, entre Vélez Sarsfield, Atlético Nacional (COL) e Morelia (MEX) -, o sul-americano rapidamente caiu nas graças da torcida baiana. Tanto é que mesmo após chegar na janela de transferências do verão passado, ele foi o artilheiro da equipe no Brasileirão 2017 com 10 gols. Sua grande performance no Nacional chamou a atenção de importantes times, que tentam negociar com o Vitória o valor de sua multa rescisória.

 

Especulações

Não é novidade para ninguém que o Vitória não tem intenção alguma de negociar os dois atacantes, mas sua diretoria vive uma encruzilhada: torcer para ambos irem muito bem no primeiro semestre e vendê-los para o mercado exterior ou fazê-los cumprir todo contrato – ambos terminam em dezembro de 2018. Neste último caso, o clube poderia não lucrar nada com a dupla, que já estaria disponível para assinar pré-acordos a partir de julho.

Em relação a Kieza, temos uma briga estadual pelo “Rei da Bahia”. Depois de o Vasco se interessar pelo jogador, já que Luis Fabiano tem passado mais tempo no departamento médico do que em campo, o Botafogo entrou na parada e pode levar o goleador. Sem Roger, que foi para o Internacional, o Fogão busca um centroavante para “ontem”. Atualmente, o time da Estrela Solitária conta apenas com Brenner para a posição. E pelo que temos escutado, Kieza deve sim ser jogar no futebol carioca. As próximas horas serão decisivas!

Já a situação de Tréllez não é tão simples assim. O Vitória vê no atacante uma boa chance de fazer caixa. E como sabemos sobre a atual “saúde financeira” dos clubes brasileiros, o Leão não irá desperdiçar esta oportunidade. Com contrato até o fim do ano, o colombiano tem multa rescisória de R$ 10 milhões. O Corinthians até tentou em dezembro passado assegurar a contratação do sul-americano com dinheiro e jogadores em troca, mas os baianos vetaram.

Quem agora surge como interessado é o Santos. Sem um centroavante desde a saída de Ricardo Oliveira para o Atlético Mineiro, o Peixe busca uma peça de reposição. O problema é que uma possível volta de Gabigol, que está atualmente encostado na Inter de Milão e possui um salário fora dos padrões brasileiros, pode inviabilizar o negócio com Tréllez. Entre o colombiano e o jogador revelado pelo clube, o time da Baixada Santista deve optar pelo segundo em razão do apelo junto à torcida. É esperar para ver!

 

Reposições

A possível saída dos dois goleadores será uma dor de cabeça e tanta para o técnico Vagner Mancini, que querendo ou não, conta com os jogadores para a estreia na Copa do Nordeste. Atualmente, o colombiano tem aparecido entre os titulares na pré-temporada.

Caso a dupla realmente deixa à Toca do Leão, o comandante deve dar oportunidade para o jovem Denílson, que chega por empréstimo de um ano junto ao Granada, e Neilton, ex-Botafogo e São Paulo. Com poucas opções, o Vitória deve ir ao mercado novamente em caso de alguma perda.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar