Ganhador.com

Brasileirão Série A

São Paulo vence o Vasco, ultrapassa o Flamengo e é o novo líder do Campeonato Brasileiro

O novo líder do Brasileirão

Tréllez sai do banco de reservas e ajuda a colocar o São Paulo na liderança do Campeonato Brasileiro.

Foto: Reprodução

Em uma rodada repleta de empates, o São Paulo aproveitou-se do tropeço do Flamengo diante do Grêmio em Porto Alegre e após vencer o Vasco da Gama por 2 a 1 assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro em sua 17ª rodada.

Marcada pelo grande número de empates (6 no total), a 17ª rodada do Campeonato Brasileiro pouco mexeu na tabela de classificação. Sem mudanças de posição entre o 6º e o 11º colocados e entre o 14º e 18º a competição espera pelo jogo de logo mais – a partir das 20 horas no estádio do Horto – entre Atlético-MG (27 pontos) e Internacional (29) no confronto direto pelo 3º lugar, ocupado no momento pelo Grêmio (30). Em sua reestreia pelo Palmeiras, Felipão viu sua equipe ficar no 0 a 0 com o América-MG no Horto, enquanto que Cuca também não conseguiu levar o Santos além de um 0 a 0 contra o Botafogo no Engenhão. Jogando em casa, o Corinthians de Osmar Loss quebrou sua boa série pós-Copa e também não saiu do 0 diante do Atlético-PR que segue no Z-4.

 

Segue o líder

São Paulo 2 x 1 Vasco

Após 123 rodadas, o São Paulo voltou a liderança de uma edição do Campeonato Brasileiro graças aos gols de Rojas e Tréllez diante do Vasco na tarde do último domingo no Morumbi. Desacreditado no início da competição por conta da má-temporada feita em 2017 e do Campeonato Paulista deste ano, o Tricolor se encontrou nas mãos de Diego Aguirre e veio, pouco a pouco, subindo posições na tabela até chegar ao ponto mais alto – aproveitando-se, também, da derrota do Flamengo para o Grêmio no último sábado.

Logo no primeiro  minuto de jogo, Rojas abriu o placar aproveitando-se do cruzamento de Militão que foi mal-afastado pelo zagueiro Ricardo. A bola bateu no atacante do Tricolor e foi para o fundo do gol de Martín Silva. Atrás no placar, o Vasco foi para cima e passou a criar as melhores oportunidades, mas o empate só veio aos nove minutos do segundo tempo quando Giovanni Augusto lançou Pikachu que bateu na saída de Sidão e deixou tudo igual.

Diego Aguirre, então, mexeu no time e colocou Tréllez e Carneiro nos lugares de Diego Souza e Nenê. As mudanças surtiram efeito e aos 35 minutos Éverton partiu em velocidade, ganhou de Luiz Gustavo e cruzou na cabeça de Tréllez que só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol.

Com o resultado, o São Paulo assume a liderança do Brasileirão com 35 pontos e ultrapassa o Flamengo que cai para a 2ª colocação (34 pontos). Com a derrota, o Vasco cai uma posição e agora é o 13º com 19 pontos – apenas 2 a mais que o Santos, 17º colocado com 17 e primeiro time dentro do Z-4.

 

Revanche

Grêmio 2 x 0 Flamengo

A decisão das quartas de final, da Copa do Brasil será apenas no próximo dia 15, mas no sábado o Grêmio pôde sentir o gostinho da revanche. Pelo mata-mata, o Tricolor deixou a vitória escapar aos 49 minutos do segundo tempo na última quarta-feira. Neste final de semana, com uma equipe formada em sua maioria por reservas (dos titulares, apenas Cortez foi a campo), o Imortal derrubou o Flamengo (que poupou quatro titulares) com um gol em cada tempo.

Jael, que desperdiçara uma cobrança de pênalti nas mãos de Diego Alves redimiu-se no final da etapa inicial (aos 46 minutos) quando mandou para o fundo do gol o cruzamento açucarado de Leonardo. Injusto por tudo que o Flamengo havia feito no primeiro tempo, com mais posse de bola e buscando mais o jogo. Mas futebol nunca foi “justo”.

No segundo tempo, o castigo final: aos 4 minutos Jael serviu Marinho que, na cara de Diego Alves, apenas deu um toquinho para tirar o goleiro da jogada e mandar para o fundo do gol. Com a grande vantagem no placar, o Tricolor passou a gastar o tempo enquanto que o Flamengo pouco –para não dizer “nada – faz para ameaçar o gol de Paulo Vítor.

Os times agora se concentram na Libertadores. O Grêmio vai a campo nesta terça-feira enfrentar o Estudiantes  às 21:45 em Quilhes enquanto que o Flamengo recebe o Cruzeiro no Maracanã na quarta-feira também às 21:45. No próximo domingo, também no Maracanã, Flamengo e Cruzeiro se enfrentam pela 18ª rodada do Brasileirão às 16 horas e o Grêmio recebe o Vitória na Arena às 19 horas.

 

Um caminhão de empates

Botafogo 0 x 0 Santos

No dia em que anunciou o acerto com Zé Ricardo para ser seu novo técnico, o Botafogo teve um gol polêmico anulado na parte final do segundo tempo e não saiu do 0 a 0 diante do Santos de Cuca, que fez sua primeira partida no Brasileirão 2018 à frente do Peixe. O futebol “marromeno” apresentado pelas duas equipes acabou ofuscado pela lambança do árbitro Paulo Roberto Alves Junior que aos 39 do segundo tempo, após muita discussão, validou o gol de Renatinho após desvio de cabeça de Aguirre. Mas Luiz Fernando, que estava em posição irregular, movimentou-se em direção à bola. Junior aponta para o centro do campo, mas, segundos depois, vira-se para um dos auxiliares e anula a jogada. Claro que ao final do jogo a torcida do Botafogo jogou tudo que tinha à mão no trio de arbitragem – menos a pia da cozinha. Pelo lado do Santos, o garoto Yuri Alberto teve uma chance incrível, defendida com os pés pelo goleiro Saulo. No mais, uma partida bem morna entre os alvinegros.

América-MG 0 x 0 Palmeiras

Em sua reestreia pelo Palmeiras o técnico Luiz Felipe Scolari deixou muito claro que a sua prioridade na metade final da temporada é a Libertadores – nesta quinta-feira o Verdão encara o Cerro Porteño, às 21:45, no Paraguai, pelas oitavas de final do torneio sul-americano. Por isso, apenas dois jogadores considerados titulares foram à campo no domingo contra o América-MG no Estádio do Horto: o goleiro Weverton e o meia Moisés. O Verdão tomou para si as ações do jogo e tentou dobrar o Coelho que ainda não perdeu desde que Adilson Batista assumiu a equipe. Na melhor oportunidade para os paulistas, João Ricardo fez boa defesa na cobrança de pênalti de Jean. No segundo tempo os donos da casa equilibraram as ações e chegaram a ameaçar com Ruy e Carlinhos. Felipão mexeu e colocou Bruno Henrique e Deyverson no jogo, mas nada adiantou. No final, um 0 a 0 justo pelo que foi o jogo como um todo.

Corinthians 0 x 0 Atlético-PR

Sem criatividade, preso na boa marcação do Atlético-PR e sem três titulares (Fagner, Danilo Avelar e Gabriel) poupados para o jogo contra o Colo-Colo, quarta-feira, às 21:45, em Santiago, pelas oitavas de final da Taça Libertadores, o Corinthians fez um jogo ruim, não passou do empate sem gols e quebrou sua boa série pós-Copa. O Furacão, por sua vez, comemorou muito o ponto conquistado fora de casa em sua luta contra o rebaixamento – os paranaenses estão na 18ª colocação com 14 pontos. Jogando melhor, o Furacão parou nas limitações de seus atacantes e em mais uma boa atuação do goleiro Cássio. Por seu lado, o Timão sofreu com a falta de criatividade – muito em função da excelente marcação exercida pelos visitantes em cima de Jadson – e pouco fez para ameaçar o gol de Santos. Em resumo, um jogo ruim e pouco interessante.

Fluminense 1 x 1 Bahia

Outro jogo, no geral, ruim, mas que pelo menos teve gols, Fluminense e Bahia serviu para premiar a luta dos baianos que não desistiram em nenhum momento e para castigar as limitações dos cariocas que saíram na frente mas em nenhum momento tiveram o controle do jogo. Pedro, astro das Laranjeiras, abriu o placar ainda no primeiro tempo, apesar de toda a pressão que o Tricolor baiano exercia dentro do Maracanã. No segundo tempo, os visitantes seguiram melhores e pressionavam a defesa do Flu. Preocupado, Marcelo Oliveira tentou fechar seu time e trocou o apagado Marcos Junior por Richard. O Bahia, por sua vez, queria jogo e aos 37, Edigar Junio completou o cruzamento de Élber (que entrou no segundo tempo) para o fundo das redes e garantiu o pontinho para os visitantes que se afastam mais um pouco do Z-4. O Fluminense, por sua vez, segue em 9º lugar, 5 pontos atrás do Palmeiras, 6º colocado.

Vitória 1 x 1 Cruzeiro

Poupando jogadores para o duelo do meio de semana pela Libertadores contra o Flamengo, o Cruzeiro recheado de reservas fez um jogo movimentado contra o Vitória mas não teve forças para vencer. Após sair atrás no placar – Neilton aos 26 minutos do segundo tempo marcou, de pênalti, para os donos da casa – a Raposa empatou com Manoel aos 30 e foi só. Um empate ruim para os dois times: o Vitória, com 19 pontos, continua perigosamente perto do Z-4 enquanto que o Cruzeiro completou três jogos consecutivos sem vitórias (duas derrotas e este empate), que mantém a equipe mineira na 8ª colocação, com 25 pontos.

Sport 1 x 1 Chapecoense

Com times cheios de limitações técnicas, Sport e Chapecoense fizeram um duelo de pouco brilho na Ilha do Retiro neste domingo e o empate em 1 a 1 é, no final, ruim para as duas equipes. A Chape saiu na frente com  Wellington Paulista ainda no primeiro tempo, mas o Leão, mesmo sem grande brilho, lutou até o final e aos 46 minutos do segundo tempo, Carlos Henrique deixou tudo igual. Agora, o Sport volta a campo no próximo domingo, às 16h, quando enfrenta o líder São Paulo na Ilha do Retiro. No mesmo dia e horário, a Chapecoense recebe o Corinthians na Arena Condá numa espécie de prévia da partida decisiva das quartas de final da Copa do Brasil.

 

A lanterna trocou de mãos

Paraná 0 x 1 Ceará

No duelo dos piores time do Campeonato Brasileiro, o Ceará conquistou sua primeira vitória fora de casa, manteve a boa fase pós-Copa do Mundo (onde conquistou três vitórias) e passou a lanterna da competição para o Paraná que com três derrotas consecutivas estacionou nos 13 pontos (o Vozão chegou aos 14 e está empatado em pontos com o Atlético-PR). O jogo em si trouxe poucas novidades: o novo ataque do Tricolor mostrou alguma criatividade com Silvinho distribuindo o jogo, mas o Ceará soube aguentar a pressão, marcar seu gol, fechar-se na defesa e garantir os 3 pontos.

 

Classificação do Campeonato Brasileiro 2018

Faltando ainda o jogo entre Atlético-MG e Internacional, hoje, dia 6, à partir das 20:00 no Estádio da Independência (Horto), a classificação do Campeonato Brasileiro é a seguinte após 17 rodadas:

  • 1º São Paulo – 35 – Campeão + Taça Libertadores (fase de grupos)
  • 2º Flamengo – 34 – Taça Libertadores (fase de grupos)
  • 3º Grêmio – 30 – Taça Libertadores (fase de grupos)
  • 4º Internacional – 29 – Taça Libertadores (fase de grupos)
  • 5º Atlético-MG – 27 – Taça Libertadores (fase preliminar)
  • 6º Palmeiras – 27 – Taça Libertadores (fase preliminar)
  • 7º Corinthians – 26 – Copa Sul-Americana
  • 8º Cruzeiro – 25 – Copa Sul-Americana
  • 9º Fluminense – 22 – Copa Sul-Americana
  • 10º América-MG – 21 – Copa Sul-Americana
  • 11º Botafogo – 21 – Copa Sul-Americana
  • 12º Sport – 20 – Copa Sul-Americana
  • 13º Vasco da Gama – 19
  • 14º Vitória – 19
  • 15º Bahia – 18
  • 16º Chapecoense – 18
  • 17º Santos – 17 – Série B
  • 18º Atlético-PR – 14 – Série B
  • 19º Ceará – 14 – Série B
  • 20º Paraná – 13 – Série B

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Série A: São Paulo é o líder do Brasileirão | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar