UFC

Ronaldo Jacaré sobe em ranking oficial do UFC e fica a uma luta de disputa pelo título

Foto: Divulgação/UFC

A vitória de Yoel Romero contra Luke Rockhold no UFC 221 sacudiu a categoria dos médios. E um brasileiro acabou beneficiado pelo resultado: Ronaldo Jacaré. O brasileiro subiu no ranking oficial da divisão e agora aparece em segundo colocado, atrás apenas do campeão, Robert Whittaker, e de Romero. Ambos devem se enfrentar em breve, o que significa que Jacaré pode estar a apenas uma luta de garantir-se em uma sonhada disputa de título até 83,9kg.

Segundo a última atualização do ranking oficial da categoria dos médios, divulgado pelo Ultimate, Jacaré ultrapassou Luke Rockhold e passou a figurar em segundo lugar. Já o americano, caiu para terceiro com o nocaute sofrido para Romero no UFC 221. É uma mudança significativa e positiva para Jacaré, que nocauteou Derek Brunson em seu último combate e se colocou imediatamente no topo da divisão após quase um ano afastado.

Diante do atual cenário, Jacaré pode estar a apenas uma luta de se garantir em uma disputa de cinturão. Isso porque Yoel Romero, após nocautear Rockhold no terceiro round da luta principal do UFC 221, em Perth, Austrália, deve ser confirmado como primeiro desafiante ao título de Whittaker. A revanche deve acontecer menos de um ano após o primeiro combate, vencido pelo australiano. O que significa que Jacaré deve fazer mais uma luta para se colocar na posição de desafiante.

O Ultimate tem duas opções óbvias para escolher o próximo rival de Jacaré: Chris Weidman e Kelvin Gastelum. O primeiro é o quarto colocado no ranking dos médios, enquanto o segundo é o quinto. Um confronto entre Jacaré e Weidman ou Gastelum deve acontecer enquanto Whittaker e Romero disputam o título. O vencedor do duelo ganha a chance de disputar o cinturão em seguida.

Jacaré nunca esteve tão perto de uma chance pelo cinturão. A única forma de perder essa condição é enfrentando um rival abaixo de Weidman e Gastelum na divisão, o que não faria o menor sentido. E nem há o risco de Weidman e Gastelum se enfrentarem, já que tal luta já aconteceu em julho do ano passado – e terminou com o triunfo de Chris.

Segundo colocado no ranking dos médios, vindo de vitória espetacular por nocaute contra um top 7, experiente e um dos maiores nomes do Brasil no UFC, Jacaré só precisa agora escolher qual será sua próxima vítima para se garantir como desafiante ao título. Para melhorar, o brasileiro bem que merecia a chance de fazer sua próxima luta no Brasil, não acham? Teremos o UFC 224 dia 12 de maio, no Rio de Janeiro. Seria pedir muito?

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar