Ganhador.com

Brasileirão Série A

Rodada derruba Roger Machado do Palmeiras, consagra Romero no Corinthians, redime Victor no Atlético-MG e ameaça a liderança do Flamengo

Comandante da melhor campanha da fase de grupos da Libertadores, Roger Machado não resiste a mais um resultado ruim e não é mais o técnico do Palmeiras.

Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação

A derrota para o Fluminense na abertura da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro acabou com a “Era Roger Machado” no Palmeiras; em Itaquera, Romero se consagrou diante da torcida e fez os dois gols da vitória do Corinthians em cima do Cruzeiro; na Vila Belmiro, o Flamengo saiu na frente, cedeu o empate ao Santos e pode perder a liderança do torneio para o São Paulo enquanto que no Horto, Victor se redimiu e garantiu a vitória do Atlético-MG por 2 a 0 sobre o Paraná.

 

“Blindado” até a página 2

Fluminense 1 x 0 Palmeiras

Um dia após o diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, garantir, na Fox Sports, que Roger Machado estava “blindado” no Verdão, que não era o momento de trocar de técnico e que a diretoria acreditava no trabalho que estava sendo feito, o técnico foi demitido pouco mais de 3 horas após a derrota por 1 a 0 para o Fluminense na abertura da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. A princípio, Wesley Carvalho, técnico do sub-20, assume o time interinamente até a chegada de um novo técnico que pode ser Zé Ricardo, Abel Braga, Dorival Júnior, Jair Ventura ou qualquer outro que esteja dando sopa no mercado uma vez que está mais do que provado que “projeto” e “planejamento” não entram na administração dos clubes brasileiros.

Em campo, o Palmeiras foi melhor que o Fluminense, buscou a vitória o tempo todo mas acabou parando nas mãos do irregular Júlio César que fez, ontem, uma partida irretocável. Atuando com três volantes, o Tricolor das Laranjeiras “soube sofrer” e chegou ao gol da vitória com Gilberto aos 42 minutos do primeiro tempo.

Nervoso em campo, o Palmeiras seguiu melhor mas, desorganizado, perdia chances atrás de chances. Apagado, Gustavo Scarpra não fez valer a “lei do ex”.

O resultado deixa o Verdão sem técnico e estacionado na 6ª colocação do Brasileirão, com 23 pontos e podendo ser ultrapassado pelo Grêmio que pode chegar aos 26 pontos se vencer o São Paulo hoje.

O Fluminense completa agora três jogos sem derrotas e com 21 pontos é o 9º colocado, podendo ser ultrapassado pelo Sport que tem 19 pontos e joga hoje, dia 26, contra o Vitória.

 

O líder tropeçou

Santos 1 x 1 Flamengo

Em seu primeiro jogo sem o técnico Jair Ventura, o Santos pouco mudou mas foi o bastante para segurar o inconstante Flamengo na Vila Belmiro. Além conseguir ser expulso em seu primeiro jogo como interino, Serginho Chulapa fez uma pequena mudança no posicionamento tático do quarteto ofensivo do Santos: Rodrygo – destaque do jogo –, deixou de atuar centralizado e fez a festa pelo lado direito do campo. Bruno Henrique foi fixado na esquerda e Gabigol atuou como centroavante. Sasha foi o meia centralizado, mas, apagado, deu lugar a Renato no intervalo. Com isso, Pituca passou a jogar mais avançado, trabalhando na criação.

O Flamengo saiu na frente aos 2 minutos de jogo graças a um gol contra de Bruno Henrique – que ainda teve tempo para levar um drible desconcertante do goleiro Diego Alves. Aos 33 minutos, o empate: Rodrygo fez uma bagunça na defesa rubro-negra, enfileirou três adversários e tocou para Gabigol guardar o dele.

No segundo tempo, a intensidade dos dois times caiu bastante e as chances de gol rarearam. O empate acabou sendo ruim tanto para Santos quanto para o Flamengo.

Pelo lado do Peixe, os 16 pontos conquistados até aqui o mantém perigosamente perto do Z-4. 17º colocado e primeiro time na degola, o América-MG recebe o Internacional hoje à noite no Estádio do Horto e pode chegar aos 17 pontos. Chapecoense com 16 e Vitória com 15 também podem ultrapassar o Santos – que só não entraria no Z-4 graças aos critérios de desempate que o colocam à frente do Bahia que tem os mesmos 16 pontos.

Com 31 pontos, o Flamengo segue líder, mas pode ser ultrapassado pelo São Paulo que chegará aos 32 pontos se conseguir vencer o Grêmio em Porto Alegre hoje a noite.

 

Romero brilha

Corinthians 2 x 0 Cruzeiro

Com Osmar Loss pressionado, sem Rodriguinho, sem Pedro Henrique, sem Renê Júnior e sofrendo com a falta de entrosamento dos reforços, o Corinthians recebeu o Cruzeiro em Itaquera para um duelo que poderia custar o emprego do treinador alvinegro. Com o time cansado da maratona de jogos das últimas duas semanas, Mano Menezes optou por mandar a campo uma equipe mista, poupando titulares para a rodada do final de semana e sequência do campeonato. O resultado disso foi um primeiro tempo de leve domínio mineiro que, paradoxalmente, resultou em poucas chances de gol – na melhor delas, Barcos, no primeiro minuto do jogo, obrigou Cássio a fazer grande defesa. O goleiro corintiano, aliás, redimiu-se da atuação desastrosa diante do São Paulo e garantiu a vitória do Timão nos minutos finais do segundo tempo, quando a Raposa aumentou a pressão.

Sentindo a coxa, o recém-chegado atacante Jonathas precisou ser substituído ainda no primeiro tempo. Pedrinho foi para o jogo e com isso Romero foi deslocado da direita para a faixa mais central do campo – mudança fundamental para a vitória corintiana.

Com mais posse de bola no segundo tempo graças à presença do jovem revelado nas categorias de base, o Corinthians abriu o placar aos 16 minutos: Romero lançou Danilo Avelar em profundidade, o lateral bateu cruzado para boa defesa de Fábio mas, no rebote, o artilheiro de Itaquera completou para o fundo das redes. Aos 38, Jadson cobrou falta de Manoel em Danilo Avelar no travessão. Romero ganhou do zagueiro no rebote e, de cabeça, fez o segundo.

O Cruzeiro foi pra cima nos minutos finais mas não conseguiu vencer a defesa corintiana que, mais uma vez, deu grandes sustos, mas contou com a sorte – e o talento – para garantir a vitória. O resultado alivia a pressão em cima de Osmar Loss e mantém o Timão em 8º lugar, com 22 pontos. O Cruzeiro, com 24, caiu para a 5ª colocação e pode terminar a rodada em 6º caso o Grêmio vença o São Paulo.

 

Victor garante a vitória do Galo

Atlético-MG 2 x 0 Paraná

Bastante criticado por parte da torcida do Atlético-MG por conta da derrota para o Palmeiras no final de semana, o goleiro Victor redimiu-se e foi peça fundamental para garantir a vitória do Galo na noite de ontem, por 2 a 0 contra o Paraná, que não se intimidou e deu trabalho aos donos da casa o tempo todo – o time de Rogério Micale finalizou 20 vezes contra a meta atleticana. Mas o capitão Leonardo Silva, recuperado de lesão, e o contestado Elias foram mais felizes e aproveitaram as chances que tiveram para dar a vitória ao alvinegro.

Pressionado pelo Paraná que mostra evolução mas sofre com os maus resultados, o Galo deu o primeiro chute a gol apenas aos 33 minutos do primeiro tempo – mostra do tanto que os visitantes pressionavam. Mas, sem qualidade no passe final, os paranaenses viram Leonardo Silva abrir para o Galo aos 39 minutos.

Pressionando ainda mais no segundo tempo – e sendo vítima da falta de qualidade do seu ataque – o Paraná caiu de vez quando, aos 28 minutos, o voltante Caio Henrique tentou atravessar por baixo uma bola que, roubada por Elias, acabou no fundo do gol de Thiago Rodrigues. 2 a 0 e fim, por enquanto, da crise da torcida com o Galo que agora é o 3º colocado com 26 pontos. O Paraná, por sua vez, continua agonizando no Z-4 com apenas 13 pontos.

 

Jogos, resultados e palpites da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 201

Quarta-feira, 25 de julho

  • 19:30 – Fluminense 1 x 0 Palmeiras
  • 21:00 – Atlético-MG 2 x 0 Paraná
  • 21:45 – Corinthians 2 x 0 Cruzeiro
  • 21:45 – Santos 1 x 1 Flamengo

 

Quinta-feira, 26 de julho

  • 19:30 – Botafogo (R$ 1,90) x Chapecoense (R$ 4,14); empate (R$ 3,30) – Palpite: Botafogo
  • 19:30 – Grêmio (R$ 1,92) x São Paulo (R$ 4,18); empate (R$ 3,22) – Palpite: Grêmio
  • 19:30 – Vitória (R$ 2,14) x Sport (R$ 3,39); empate (R$ 3,24) – Palpite: Vitória
  • 20:00 – América-MG (R$ 2,90) x Internacional (R$ 2,49); empate (R$ 3,07) – Palpite: Inter

 

 

Comentários

3 Comentários

3 Comentários

  1. Pingback: Humor: Blindagem brasileira | Ganhador.com

  2. Pingback: Felipão está de volta ao Palmeiras | Ganhador.com

  3. Pingback: Com interino, Palmeiras busca a vitória contra o Paraná | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar