Ganhador.com

Brasileirão Série B

Raio-X do Brasileirão 2018: Série B

Foto: Divulgação Coritiba Foot Ball Club

Derby Campineiro, Rogério Ceni a frente do Fortaleza e disputa entre Coritiba, Figueirense e Goiás marcam edição do torneio de acesso à primeira divisão – dos candidatos ao G-4 aos possíveis rebaixados, confira tudo sobre a 2ª Divisão do Brasileirão 2018

Depois de três meses de campeonatos estaduais e decisões que afetaram para o bem ou para o mal diversos planteis pelos quatro cantos do país, é hora de focar no objetivo máximo de 2018: a tão sonhada vaga para a elite do futebol brasileiro. É assim que os 20 clubes do Brasileirão da Série B, vindo de 10 estados, iniciam a sua jornada nesta sexta-feira (13 de abril). Quais serão os quatro clubes que no dia 24 de novembro comemorarão o acesso e quais as outras quatro agremiações que irão chorar o descenso para a Série C? Confira o Raio-X da segunda divisão.

 

Os favoritos: equilíbrio

É muito comum dizer que os times rebaixados para a Série B são normalmente os principais favoritos ao G-4. Mas neste ano, a situação não é tão simples. Dos quatro clubes que caíram em 2017 – Coritiba, Ponte Preta, Avaí e Atlético Goianiense –, o Dragão é o que menos inspira confiança. O clube sequer se classificou para o mata-mata do Campeonato Goiano, o que mostra sua fragilidade atual.

Já um forte candidato é o Avaí, que apesar do desempenho irregular no Catarinense, está vivíssimo na Copa do Brasil e briga com o Goiás para seguir na competição. O time de Florianópolis foi o responsável por eliminar o Fluminense no torneio. Já o Figueirense, do experiente meia Jorge Henrique e do técnico Milton Cruz, entra com tudo após faturar o 18º título Catarinense. O jogo de abertura ocorre contra o Juventude, no Orlando Scarpelli.

Quem também merece toda atenção é a Ponte Preta, que acaba de se tornar campeã do interior. Com caras novas, como Orinho, Júnior Santos e Felipe Saraiva, e o retorno do técnico Doriva, a Macaca tenta conciliar a Série B com a Copa do Brasil para construir um time competitivo ao longo da temporada.

Já o Coxa Branca, um dos dois clubes que disputam o torneio que já venceram a Série A – ao lado do Guarani – , o favoritismo chega carregado de pressão por conta de seus rivais do estado – Atlético-PR e Paraná – estarem na primeira divisão. Para piorar, a perda do Estadual para o Furacão aumentou a tensão nos bastidores do clube, que terá diversas mudanças para a estreia fora de casa contra o Sampaio Corrêa.

Já no Goiás, a ordem é jogar pela última vez a Série B. O objetivo, obviamente, é a primeira divisão, da qual está fora desde 2015. Se na temporada passada o clube deu vexame, ficando apenas em 14º, a expectativa agora é outra. Atual campeão estadual, o time liderado por Tiago Luis e Júnior Viçosa quer retornar rapidamente à elite.

 

Candidatos a surpresas

Ao lado de São Bento e Sampaio Corrêa, que devem brigar para não cair, Guarani e Fortaleza são as outras duas equipes que vieram da Série C. Mas no caso do Bugre e do Tricolor do Pici, a expectativa é grande por conta da tradição das duas equipes e ainda pelo atual momento vivido por cada uma. O lado verde de Campinas, por exemplo, vem de um título da A-2 do Paulistão. Já os cearenses, que apostam no técnico Rogério Ceni para retornar à elite após 11 anos, foram recentemente vice-campeões estaduais. Sem a Copa do Brasil e Copa do Nordeste pela frente, o Mito terá tempo suficiente para entrosar e embalar seu plantel. A lista de possíveis surpresas ainda inclui o Brasil de Pelotas, atual vice-campeão Gaúcho, e o Oeste, do artilheiro da Série B do ano passado Mazinho.

 

Brigando contra a degola

Como adiantamos, São Bento e Sampaio Corrêa tem como principal missão se segurarem na Série B. Isto vale para o Paysandu, que acaba de perder o atacante Walter para o CSA, de Alagoas. Por falar no estado nordestino, é bom o CRB ficar atento, já que a equipe só não caiu por um triz – diga-se um ponto. O sinal de alerta também vai para o Vila Nova e Juventude.

 

Clássicos

É bom ficarmos de olho na Série B porque há uma onda de clássicos. O primeiro deles é o Derby Campineiro entre Ponte Preta e Guarani, que voltam a se enfrentar após cinco anos. No Sul, os rivais Figueirense e Avaí ditam a rivalidade em Florianópolis, enquanto Joinville e Criciúma fazem o clássico Norte-Sul. Já a cidade de Goiânia irá ferver com embates dos principais times da região: Atlético-GO, Goiás e Vila Nova. Para finalizar, o recém-promovido CSA lutará contra o CRB para saber quem é que manda em Alagoas.

 

Confira os jogos da 1ª rodada do Brasileirão Série B 2018

Sexta-feira, 13 de abril de 2018

  • 19:15 – Fortaleza x Guarani – Palpite: Fortaleza
  • 20:30 – Oeste x CRB – Palpite: Oeste
  • 20:30 – Atlético Goianiense x Criciúma – Palpite: Atlético-GO
  • 21:30 – Figueirense x Juventude – Palpite: Figueirense

Sábado, 14 de abril de 2018

  • 16:00 – Brasil de Pelotas x São Bento – Palpite: empate
  • 16:00 – Vila Nova x Avaí – Palpite: empate
  • 16:30 – CSA x Goiás – Palpite: Goiás
  • 16:30 – Londrina x Boa Esporte – Palpite: Londrina
  • 19:00 – Sampaio Corrêa x Coritiba – Palpite: empate
  • 21:00 – Ponte Preta x Paysandu – Palpite: Ponte Preta

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: À espera de Eduardo Baptista, Coritiba pega o Atlético-GO tentando colocar panos quentes em crise na 2ª rodada da Série B | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar