UFC

Qual o sentido de José Aldo Vs Renato Moicano nos penas do UFC?

Renato Moicano, lutador do UFC
Foto: Divulgação UFC

O confronto entre lutadores brasileiros é sempre evitado não só por lutadores, mas os próprios fãs evitam projetar desafios entre dois nomes do país dentro do octógono mais famoso do mundo. Na categoria dos penas do UFC é possível que estejamos diante de um duelo Brasil Vs Brasil. Depois de atropelar Jeremy Stephens com um nocaute no primeiro round, José Aldo voltou a vencer no cage e agora Renato Moicano aparece como possível próximo rival de Aldo dentro do octógono. 

É claro que é tudo especulação, mas a questão é que caso Moicano não fosse brasileiro, essa é a luta que mais faria sentido. Eu explico. Aldo vinha de duas derrotas consecutivas por nocaute para Max Holloway. Depois de perder o cinturão, em junho passado, ele tentou recuperá-lo em revanche realizada em dezembro. Outra data, outro loca, o mesmo desfecho: nocaute de Holloway.  De volta à ativa, Aldo encarou Jeremy Stephens no UFC Canadá. Com um nocaute no primeiro round, ele voltou a brilhar na divisão e seu nome, claro, volta a ser falado. Como Max Holloway segue como campeão, ainda não há cabimento para o brasileiro sonhar com uma trilogia com Max. Sem contar que o havaiano está se curando de uma concussão e ainda não tem data para voltar a lutar. Neste caso, um duelo com Brian Ortega seria perfeito para Aldo, mas o americano prefere esperar por Holloway. É justo. Sendo assim, diante de lutas já marcadas, o melhor nome para encarar Aldo é o de Renato Moicano, que finalizou de forma expressiva o top 5 Sub Swanson e vem se destacando na categoria.

Se olharmos para o top 5 dos penas, veremos a sequência Brian Ortega (1º colocado), José Aldo (2º), Frankie Edgar (3º), Renato Moicano (4º) e Chad Mendes (5º). Ortega deve esperar pela chance contra Holloway. Aldo quer encarar Ortega, mas sem o americano, e diante da pressa para encerrar o contrato, terá que aceitar outra luta. Ele já bateu Edgar e Mendes duas vezes. Logo, Moicano é o nome que faz mais sentido no momento. No caso de Moicano, ele já perdeu para Ortega, está atrás de Aldo no ranking e sabe que Frankie Edgar já tem luta marcada em novembro. O confronto com Aldo faz sentido pra ele. Caso contrário, deve receber Chad Mendes.  

O que pesa contra Aldo Vs Moicano é que à essa altura da carreira, Aldo não tem porque enfrentar brasileiro. Ele só quer encerrar seu contrato logo e se livrar das garras do Ultimate. Talvez prefira até pegar um cara mais abaixo no ranking do que um top brasileiro. Ele não ganha muita coisa e o risco é grande.  

O que pesa a favor de Aldo Vs Moicano é que o brasileiro tem pressa. Moicano está fresco, não tem lesões após a vitória contra Swanson e se quiser pode lutar mês que vem. É melhor se manter ativo do que ficar esperando. São infinitos os exemplos de atletas que voltam piores depois de muito tempo parado. Aproveitar a boa fase é melhor para os dois. 

Se essa luta vai acontecer ou não, ainda é uma incógnita. O fato é que, caso ela se concretize, estaremos diante de dois profissionais da melhor qualidade no mesmo octógono. E o fato de ambos serem brasileiros deve nos orgulhar, não nos incomodar. Patriotismo é também valorizar o que te mos de melhor.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar