Tênis

Prognósticos para os ATP 250 de Moscou, Estocolmo e Antuérpia

O tenista Nick Kyrgios
Foto: TPN/Contributor/Getty Images

Sem gigantes em quadra, torneios com pontuações máximas de 250 pontos dão oportunidades para os “azarões” do ranking abocanharem um título na temporada

A gira da ATP na Ásia terminou no último domingo (14 de outubro) com a vitória de Novak Djokovic no Masters 1000 de Xangai, mas ainda há muita bola quicando pelo mundo do tênis. Em uma semana de descanso para os principais tenistas do ranking, temos as disputas dos ATP 250 de Moscou, Estocolmo e Antuérpia. Em meio à eliminação do cabeça de chave número 1 Marco Cecchinato já na primeira rodada, o australiano Nick Kyrgios surge como boas chances na Rússia, através da cotação de R$ 4,50 segundo o Bet365. Já na Suécia, o norte-americano John Isner retorna às quadras após um mês focado no nascimento de sua filha. Favorito, ele é avaliado em R$ 4,00 para ganhar o título. Enquanto isso, na Bélgica, Richard Gasquet, campeão do torneio em 2016, já está nas quartas de final e é apontado com um dos possíveis rivais a Kyle Edmund e Diego Schwartzman, a odds de R$ 5,00.

Palpite para o ATP de Moscou: vitória de Karen Khachanov, com odds a R$ 4,00 no Bet365

Palpite para o ATP de Estocolmo: vitória de John Isner, com odds a R$ 4,00 no Bet365

Palpite para o ATP de Antuérpia: vitória de Richard Gasquet, com odds a R$ 5,00 no Bet365

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

 

ATP 250 de Moscou, Estocolmo e Antuérpia

Sem as presenças dos tenistas considerados tops, como Rafael Nadal, Novak Djokovic e Roger Federer, a semana dos ATP 250 dá as caras. Ainda com vagas abertas para o ATP Finals, competição que reunirá em novembro os oito melhores tenistas da temporada, e para o ATP NextGen Finals, que reúne os melhores jovens do ranking em Milão, os torneios em Moscou, Estocolmo e Antuérpia têm grande relevância.

Por que Kyrgios é favorito em Moscou?

Uma das figuras mais contraditórias do circuito da ATP, Nick Kyrgios é um dos principais candidatos ao título do ATP 250 de Moscou. Após fraca exibição no Masters 1000 de Xangai, caindo na primeira rodada para o norte-americano Bradley Klahn, que veio do qualificatório, o polêmico tenista estreou bem na Rússia. Mesmo atuando contra o anfitrião Andrey Rublev, o australiano número 37 da ATP recebeu imenso apoio da torcida local e ganhou o embate por 2 sets a 1. De olho no bósnio Mirza Basic, seu próximo adversário, Kyrgios tenta superar a desconfiança que paira sobre o seu tênis.

Em meio às dúvidas em torno do australiano, o russo Karen Khachanov surge como boas possibilidades de título, com odds a R$ 4,00, após ser bem testado diante de Lukas Rosol. O cabeça de chave número três salvou 12 de 13 break points e venceu a partida por 6/4 e 7/5. Aguardando o vencedor de Basic ou Kyrgios, Khachanov busca o seu segundo título em piso duro e coberto na temporada. Ele ganhou em fevereiro o ATP 250 de Marselha.

 

Por que Isner é favorito em Estocolmo?

De volta ao circuito da ATP após uma rápida parada para cuidar do nascimento de sua filha Hunter Grace, John Isner é o principal candidato ao título do ATP 250 de Moscou. Cabeça de chave número 1, o norte-americano chega com a missão de se aproximar do ATP Finals, competição que reúne os melhores tenistas da temporada. Atualmente em 10º lugar na corrida para Londres, o tenista campeão neste ano do Masters 1000 de Miami está 605 pontos atrás do oitavo colocado Dominic Thiem e dono da última vaga. Com 250 pontos em jogo nesta semana, Isner pode abocanhar bons pontos na Suécia.

Ele terá na estreia um duelo caseiro. Isso porque enfrenta o compatriota Bradley Klahn, que na semana passada superou Nick Kyrgios, em Xangai. Favorito no embate, Isner cotado em R$ 1,22 para vencer o confronto e em R$ 4,00 para levantar o troféu.

Apesar do favoritismo do cabeça de chave número 1, há outros dois tenistas focados em estragar a festa do norte-americano. O primeiro deles é Stefanos Tsitsipas. Terceiro cabeça de chave, o grego de 20 anos já está nas quartas após vencer o australiano John Millmann. O atual número 30 da ATP é cotado em R$ 4,50 para vencer o inédito torneio. Já o experiente Fabio Fognini, segundo cabeça de chave e sempre uma figura a ser vista com cuidado devido a sua agressividade em quadra, é avaliado em R$ 10,00 para sair campeão.

 

Por que Gasquet é favorito em Antuérpia?

Os principais cabeças de chave em Antuérpia são Kyle Edmund (1º) e Diego Schwartzman (2º), mas é Ricard Gasquet quem ganha a nossa atenção. Campeão do torneio belga em 2016, o francês acumula 5-0 na competição. Após vencer o checo Jiri Vesely na estreia e alcançar a 33ª vitória no ano, o experiente tenista tem o alemão Jan-Lennard Struff na segunda rodada. Gasquet é cotado em R$ 5,00 para o bicampeonato.

Já Edmund, que ficou conhecido ao atingir às semifinais do Australian Open, no início do ano, continua em busca de seu primeiro troféu da carreira. Entrando diretamente nas oitavas de final, o britânico atual número 15 do mundo tem taxa de R$ 5,50 para alcançar a inédita taça.

 

Melhores palpites para o ATP 250 de Moscou, Estocolmo e Antuérpia

Com exceção do ATP 250 de Estocolmo, que conta com John Isner como favoritaço, com odds a R$ 4,00, os demais torneios levam inúmeras possibilidades. O equilíbrio é chave ao analisarmos as competições na Rússia e na Bélgica. Mesmo com uma chave difícil, Karen Khachanov vem crescendo de produção e pode faturar o título em Moscou – cotação de R$ 4,00 segundo o Bet365. Já em Antuérpia, a dificuldade é ainda maior para apontar o vencedor. Apesar de o torneio estar suscetível a zebras, a experiência do francês Richard Gasquet, cotado em R$ 5,00, pode falar mais alto. Veremos!

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar