Ganhador.com

Carioca

Praticamente classificado na Libertadores, Vasco agora busca vaga na Taça Guanabara

Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Bela goleada sobre a Universidad de Concepción embala a equipe de Zé Ricardo para rodada decisiva do Carioca; Vasco precisa bater Volta Redonda

O Vasco da Gama retornou ao Rio de Janeiro com a confiança nas alturas: depois de atravessar os Andes para encarar o Universidad de Concepción no Chile, a equipe de São Januário curte o alívio de voltar ao Brasil com a vaga praticamente assegurada na próxima fase da Copa Libertadores 2018. A linda goleada sobre os chilenos (4×0) dá ao time do técnico Zé Ricardo uma dose adicional de confiança para encarar o próximo desafio. No fim de semana, o torcedor vascaíno viverá fortes emoções na rodada derradeira da fase classificatória da Taça Guanabara. Em desvantagem na tabela, o Gigante da Colina corre por fora na briga pela vaga.

O Vasco fecha sua participação nessa etapa da competição estadual jogando em São Januário, no domingo (4), às 17h (de Brasília), contra o Volta Redonda. O grupo está tão embolado que o próprio Voltaço, que ocupa a lanterninha, está vivo. O Vasco, em quinto lugar, com quatro pontos, precisa vencer de qualquer jeito. Se conseguir fazer sua parte, a equipe ainda precisará torcer por outros dois resultados – e o pior, ficará na mão do arquirrival Flamengo, que pega o Nova Iguaçu e já está classificado por antecipação. Caso o Fla seja derrotado, o Vasco está fora das semifinais. Mesmo que o rival der uma mãozinha, ainda será preciso torcer para o Bangu não vencer a Cabofriense.

 

O novo dono da camisa 10

Independente das contas necessárias para a equipe avançar às semis, pelo menos uma coisa parece estar clara em relação aos próximos desafios do Vasco. O futuro da equipe sem Nenê já tem nome: Evander, de 19 anos. A jovem promessa marcou dois gols e comandou a goleada pela Libertadores no Chile. Foi a primeira vez que o Vasco marcou quatro gols fora de casa numa competição internacional desde a épica final da Mercosul de 2000, aquele inesquecível 3×4 contra o Palmeiras no antigo Palestra Itália. Vestindo a camisa 10 desde a saída do principal articulador de jogadas vascaíno, que agora defende o São Paulo, Evander quer cair de vez nas graças da torcida classificando a equipe no Estadual.

Com a excepcional vantagem obtida com a goleada sobre os chilenos, Zé Ricardo também terá mais tranquilidade para escalar o que tem de melhor na partida decisiva contra o Volta Redonda, já que não é preciso pensar em poupar atletas no momento. Caso confirme seu enorme favoritismo na volta contra o Concepción, o Vasco enfrentará uma equipe boliviana, que sai do confronto entre os compatriotas Jorge Wilstermann e Oriente Petrolero. Nesse caso, provavelmente será necessário promover um rodízio de atletas para suportar o desgaste da viagem e da altitude. Enquanto esse possível duelo não chega, porém, o Vaso deve ir a campo com força máxima.

 

Hora de a camisa pesar

Apesar da campanha bastante irregular no Carioca, o Vasco chega como favorito indiscutível ao compromisso do fim de semana. Curiosamente, as campanhas de Vasco e Volta Redonda são quase idênticas: cada um venceu um jogo, empatou outro e perdeu duas vezes. O Vasco só leva vantagem no saldo de gols. Ainda assim, o torcedor vascaíno não quer nem pensar em qualquer resultado que não seja a vitória em São Januário. Nas duas últimas rodadas, a equipe de Zé Ricardo tropeçou (empate sem gols com o Flamengo e derrota fora de casa para a Cabofriense). Agora é o momento de fazer valer a tradição e deixar claro que a força do Vasco precisa ser respeitada, mesmo nos momentos de dificuldade.

O Vasco precisará tomar cuidado com o atacante Dija Baiano, herói da partida que deixou o Voltaço vivo na competição na última rodada. Dija marcou os três gols de sua equipe no duelo equilibradíssimo com a Cabofriense, 3×2. Como o setor defensivo tem dado sinais preocupantes – principalmente em função da perda do zagueiro Anderson Martins, que se juntou a Nenê no São Paulo –, Zé Ricardo espera evitar surpresas desagradáveis. Ainda assim, o treinador aposta num crescimento de produção de sua equipe a partir de agora. “Acredito que na hora certa dá tudo certo”, disse ele após a bela apresentação no Chile. “É uma temporada que está apenas começando e ainda temos alguns ajustes a fazer.”

 

Jogos da 5a rodada do Campeonato Carioca 2018

Sábado, 3 de fevereiro

  • 19:00 – Fluminense x Macaé – Palpite: Fluminense
  • 19:00 – Portuguesa x Boavista – Palpite: Empate
  • 19:00 – Botafogo x Madureira – Palpite: Botafogo

Domingo, 4 de fevereiro

  • 17:00 – Vasco da Gama x Volta Redonda – Palpite: Vasco
  • 17:00 – Nova Iguaçu x Flamengo – Palpite: Flamengo
  • 17:00 – Cabofriense x Bangu – Palpite: Bangu

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar