NBA

Playoffs da NBA: Houston Rockets revê fantasmas em derrota para o Utah Jazz

Houston Rockets vs Utah Jazz
Foto: Tim Warner/Getty Images

James Harden e companhia perderam em casa e reverteram a lógica de comandar a série mais tranquila de todas; o jogo desta sexta (4) é para se ver com atenção total                        

A NBA e as redes sociais também têm uma relação repleta de altos e baixos. Embora sejam multimilionários e passem a sensação de que são indestrutíveis, os astros do melhor basquete do mundo também muitas vezes parecem estar sentados em um tobogã e em ladeira abaixo. É o que ocorre com o Houston Rockets depois da inacreditável derrota para o Utah Jazz no Jogo 2 da série semifinal do Oeste. O esforçado time de Utah merece olhos bem abertos depois do surpreendente 116×108 obtido em pleno Toyota Center, a lotada casa dos Rockets.

 

Harden sob pressão

O esporte muitas vezes acaba sendo cruel com jogadores que obtêm um alto nível em determinado momento de uma competição e, por conta do esforço para atuar de tal maneira, acabam caindo logo mais. É o que ocorre com James Harden. Mesmo assim, ele teve uma atuação das mais competentes neste Jogo 2 diante do Jazz. Saiu de quadra com 32 pontos e 11 assistências, mas não conseguiu comandar a equipe nos momentos mais agudos do confronto, o primeiro e o último quarto, justamente quando o Utah construiu a sua vantagem que ao final foi de oito pontos.

Além de ser vítima de um gesto de mau gosto de um fã no fim da partida, o que fez Harden dar um tapa no celular do torcedor, o Barba deve ter ficado assustado quando acessou as redes sociais e viu inúmeros xingamentos, como se tudo o que ele fizesse até ali só servisse para uma coisa: justificar os insultos depois da derrota.

O momento dos Rockets e de seu principal craque é sim muito delicado. Ficar atrás na série diante do Utah vai aumentar ainda mais o desgaste emocional de uma franquia que não ganha nada há 22 anos. O último título dos Rockets foi em 1996, e de lá para cá esta é a maior possibilidade de se chegar à conquista. Mas para que isso ocorra, todos vão precisar ignorar os fantasmas especialmente da última temporada, quando o elenco foi duramente atacado pelo mundo todo ao ser eliminado pelo San Antonio Spurs. Já reserve a noite desta sexta e grude na telinha a partir das 23h30 (de Brasília). Promete ser sensacional.

 

Demais avançam sem sustos

Ao contrário do que poderia se esperar, Cleveland Cavaliers, Boston Celtics (ambos no Leste) e Golden State Warriors (no Oeste) estão caminhando com passos firmes em direção às finais das conferências. Na hora da verdade, a previsão de equilíbrio não está se concretizando.

A grande surpresa é o time dos Cavs, que sofreu horrores para despachar o Indiana Pacers na abertura do playoff e agora está atropelando o Toronto Raptors – o Jogo 2, com vitória do Cleveland por 128×110, com 43 pontos de LeBron, mostrou que o Rei do Basquete está realmente em outro nível neste momento. Ninguém está chegando sequer perto da sua condição superlativa.

Pelo Boston, o grande destaque está sendo justamente o jogo coletivo. Não há nenhuma peça que se sobressaia, mas a equipe segue extremamente competente nas bolas de três. O 2 a 0 na série diante do Philadelphia 76ers já indica que teremos um outro Cavs x Celtics na decisão do Leste, o que chega a ser realmente um espanto depois de ver os dois times suando em bicas no Jogo 7 da primeira rodada.

O Golden State Warriors, por fim, voltou a ser o timaço que cansamos de aplaudir no ano passado, quando realmente fizeram um playoff irretocável de ponta a ponta. Stephen Curry deu a sua contribuição com a sua capacidade de cestinha de sempre, e qualquer observador da NBA que não colocar um “big three” com ele, Kevin Durant e Klay Thompson como favorito ao título realmente está distorcendo um pouco a realidade. Resta saber agora se Anthony Davis vai se rebelar contra este domínio e se vai ter condições de arranhar pelo menos um pouco que seja a vitória dos Warriors sobre os Pelicans.

Jogos dos playoffs da NBA 2017/2018

Sexta-feira, 4 de maio

  • 21:00 – New Orleans Pelicans x Golden State Warriors (0-2) – Palpite: Warriors
  • 23:30 – Utah Jazz x Houston Rockets (1-1) – Palpite: Rockets

 Sábado, 5 de maio

  • 18:00 – Philadelphia 76ers x Boston Celtics (0-2) – Palpite: 76ers
  • 21:30 – Cleveland Cavaliers x Toronto Raptors (2-0) – Palpite: Cavs

 Domingo, 6 de maio

  • 16:30 – New Orleans Pelicans x Golden State Warriors (0-2) – Palpite: Warriors
  • 21:00 – Utah Jazz x Houston Rockets (1-1) – Palpite: Rockets

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.