Brasileirão Série A

Palmeiras vence o São Paulo e assume a liderança do Campeonato Brasileiro na 28ª rodada

Arrancada Alviverde

Sem sufoco, o Palmeiras definiu o placar ainda no primeiro tempo contra o São Paulo.

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Palmeiras e Flamengo foram as equipes que mais se deram bem na 28ª rodada do Campeonato Brasileiro – que segue com jogos hoje, dia 8, e amanhã, dia 9. Venceram seus jogos, subiram na classificação e mantém aberta a luta pelo título de Campeão Brasileiro. No duelo contra o São Paulo, o Bodog colocava o Verdão em desvantagem (odds em 3,10 contra 2,45 do Tricolor). Mesmo assim, como bem lembrou Matheus Filippi aqui, o time de Felipão podia aprontar para cima do São Paulo em pleno Morumbi e quebrar o tabu de 16 anos sem vitórias alviverdes na casa tricolor. Foi além: aproveitou-se da má-fase da equipe de Diego Aguirre que chegou à liderança da competição mas caiu de rendimento e agora acumula apenas uma vitória em sete rodadas e cravou um importante 2 a 0 que pulverizou o tabu e mandou o Palmeiras para a liderança isolada do Campeonato Brasileiro, 3 pontos à frente do Internacional – que perdeu para o Sport – e 4 de vantagem sobre o Flamengo que assumiu a 3ª colocação ao derrotar o Corinthians  no Itaquerão.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Saúdem o novo líder isolado

São Paulo 0 x 2 Palmeiras

Nem parecia um jogo de duas equipes que lutam pelo título. Absoluto em campo – apesar de ter menos posse de bola – o Palmeiras não deu chances ao São Paulo que, inofensivo, pouco (ou nada) fez para pressionar a defesa do Verdão que, bem plantada e treinada, assistia aos donos da casa tocarem a bola sem nenhum poder de penetração. Sempre com emoção, Sidão poderia ter sido expulso aos 9 minutos de jogo ao fazer uma defesa com as mãos fora da área. Ficou barato para o atleta. Mas aos 33, Gustavo Gómez se aproveitou de falha de Anderson Martins em escanteio e colocou o Verdão na frente. Aos 37, Deyverson complementou boa jogada de Dudu – que parou na trave – e fechou a fatura ainda no primeiro tempo. Na saída do intervalo, como não poderia deixar de ser, o São Paulo foi vaiado por seu torcedor – uma tradição que havia sido deixada de lado em tempos recentes. Diego Aguirre, claro, foi chamado de “burro”.

Tentando mudar sua sorte, o técnico uruguaio tirou Rodrigo Caio – improvisado na lateral-direita – e Nenê. Everton e Gonzalo Carneiro foram para o jogo que não mudou nada: as melhores jogadas dos atletas tricolores eram se jogarem na área tentando conseguir um pênalti – parecia até que tinham treinado (mal) durante a semana. Sem muito a oferecer, o São Paulo viu o tempo passar e o Palmeiras – que sabia do resultado do jogo entre Sport e Internacional – pular para a liderança isolada do Campeonato Brasileiro.

 

Vacilo Colorado

Sport 2 x 1 Internacional

Após um primeiro tempo sonolento onde nada aconteceu, Sport e Internacional voltaram para o segundo tempo do jogo que abria a 28ª rodada do Campeonato Brasileiro um pouco mais ligados. Mas não muito – pelo menos no lado do Colorado que achou seu gol com Nico López ao 21 da etapa final após um vacilo monstruoso da defesa do Leão. Mas a festa do visitante que jogava sem vontade durou pouco: aos 32 Adyrelson subiu de cabeça em cobrança de escanteio de deixou tudo igual. Empolgados, o pernambucanos seguiram pressionando a defesa do time de Odair Hellmann até que aos 42 minutos Charles errou em frente a área e deixou Michel Bastos em condições de fazer passe preciso para Mateus Gonçalves estufar as redes de Marcelo Lomba. 2 a 1 que custou ao Inter a primeira colocação no Brasileirão ao lado do Palmeiras e mantém o Sport na vice-lanterna da competição com 27 pontos – 10 à frente do Paraná, o lanterna do torneio.

 

Flamengo quebra o tabu em Itaquera

Corinthians 0 x 3 Flamengo

9 dias após a eliminação na Copa do Brasil que jogou o time em uma crise que culminou com a demissão do técnico Maurício Barbieri, o Flamengo retornou ao Itaquerão para encarar o Corinthians que, pensando na final da Copa do Brasil pouco (ou nada) fez para evitar a derrota por 3 a 0 – a maior em sua sua arena e que colocou ponto final à série de jogos sem vitórias do Rubro-Negro como visitante contra o Timão. Com 2 gols de Paquetá e um de Renê – todos no segundo tempo, o Urubu deu um salto na tabela e chegou à 3ª colocação com 52 pontos, 4 a menos que o líder Palmeiras e 1 atrás do 2º colocado, o Internacional. Nada mal para um início de trabalho em que Dorival Júnior mal teve tempo de treinar a equipe.

 

Grêmio sai atrás e conquista 1 ponto

Grêmio 2 x 2 Bahia

Atuando em sua Arena, o Grêmio foi surpreendido pelo Bahia logo as 2 minutos de jogo quando Élber aproveitou cobrança de lateral para desviar para o fundo do gol de Marcelo Grohe. À partir daí o que se viu foi aquilo que se esperava desde o início: os donos da casa pressionando e os visitantes, bem fechados e compactos, aguentando o pressão e procurando surpreender no contra-ataque – momento em que levaram perigo ao gol de Marcelo Grohe. O Imortal chegou a empatar com Cícero, mas a arbitragem anulou corretamente.

O Grêmio voltou na mesma pegada para o segundo tempo e ainda contou com uma inesperada vantagem: Jackson aos 10 minutos foi expulso após entrada em Juninho Capixaba. Com um jogador à mais o Imortal seguiu pressionando mas quem marcou o segundo foi o Bahia novamente com Élber aos 21 minutos após bom cruzamento de Zé Rafael. Os donos da casa pareciam “mortos” até que aos 38, Juninho Capixaba aproveitou passe de Alisson e mandou para o fundo do gol de Douglas. Aos 40, o árbitro viu pênalti no toque de Gregore em  Marinho – que desabou teatralmente na área do Bahia. Jael cobrou e deixou tudo igual diminuindo o prejuízo do Imortal diante de sua torcida. O Bahia segue em 14º lugar, com 31 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Vasco que enfrenta o Botafogo hoje, dia 8, no Engenhão.

 

Fechando os jogos pré-eleição

Atlético-PR 4 x 0 América-MG

Demolidor em casa, o Atlético-PR conquistou sua décima vitória como mandante no Campeonato Brasileiro 2018 e massacrou o América-MG – que até deu algum trabalho no primeiro tempo, mas desidratou no segundo – com gols de seu quarteto ofensivo: Marcelo Cirino e Raphael Veiga na etapa inicial e Nikão e Pablo na volta do intervalo. O resultado mantém vivo o sonho do Furacão de conquistar uma vaga na Libertadores (chegou aos 36 pontos) e manteve o Coelho na 13ª colocação com 32 pontos.

Chapecoense 1 x 0 Atlético-MG

Em um duelo morno e de pouca emoção a Chapecoense conquistou a vitória em casa nos acréscimos do segundo tempo com chute do argentino Doffo que desviou em Leonardo Silva e encobriu o goleiro Victor. Foi o 3º gol do atleta em 8 jogos com a camisa da Chape. Um resultado injusto pelo que as duas equipes apresentaram no sábado. A má-qualidade tática e técnica teria sido melhor representada com um 0 x 0. De todo modo, os 3 pontinhos puxaram a Chapecoense para fora do Z-4 – para onde pode voltar dependendo do resultado de Botafogo x Vasco.

Vitória 0 x 1 Santos

Carlos Sánchez mandou de fora da área no início do primeiro tempo e decretou o 4º triunfo seguido do Santos contra o Vitória no Barradão, São 100% de aproveitamento do Peixe como visitante contra o Rubro-Negro desde novembro de 2013 – última vez que o Vitória bateu o Santos na Bahia. O resultado mantém vivo o sonho santista de chegar ao G-6 e deixa os donos da casa dentro do Z-4, na 18ª posição com 29 pontos e dependendo apenas de si para seguir na Série A.

 

JOGOS DA 28ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO 2018

SEGUNDA-FEIRA, 08 DE OUTUBRO
  • 20:00 – (R$ 1,45) Fluminense x Paraná (R$ 6,50); Empate (R$ 3,60) – Palpite: Fluminense
TERÇA-FEIRA, 09 DE OUTUBRO
  • 21:00 – (R$ 2,30) Botafogo x Vasco (R$ 3,40); Empate (R$ 3,20) – Palpite: Botafogo

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar