Brasileirão Série A

Palmeiras recebe o Atlético-PR torcendo por um empate entre Internacional e Flamengo; o Furacão joga para se livrar de vez do Z-4

Desempenho de campeão

Desde a chegada de Felipão, o Palmeiras não sabe o que é perder no Brasileirão.

Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Esperando pelo que pode acontecer (e torcendo por um empate) no jogo entre Internacional e Flamengo, às 21:45 no Beira-Rio, o Palmeiras recebe o embalado Atlético-PR que com uma das melhores campanhas do pós-Copa, saiu da lanterna do Campeonato Brasileiro para a 9ª colocação e começa a sonhar com uma vaga no G-6.

Desde a demissão de Roger Machado e a contratação de Luiz Felipe Scolari, o Palmeiras não sabe o que é perder no Campeonato Brasileiro. De lá para cá, foram 5 vitórias (uma com o interino Wesley Carvalho) e 2 empates. Uma campanha que levou o Verdão para a 5ª colocação, com 40 pontos conquistados em 11 vitórias, 7 empates e 4 derrotas. Apenas 1 ponto separa o alviverde (e o Grêmio) do 3º colocado, o Flamengo, que soma 41 e enfrenta o vice-líder, Internacional, no Beira-Rio, hoje. Um empate entre o Colorado e o Urubu – e uma vitória em cima do Furacão – colocará o Verdão na 3ª colocação, 1 ponto à frente do Flamengo e 1 atrás do Internacional. Isso explica a opção de Felipão em escalar vários titulares hoje à noite – sem se preocupar tanto com o Dérbi do próximo domingo contra o Corinthians.

Mas o adversário de hoje não é bobo.

Dono de uma das melhores campanhas do Campeonato Brasileiro após a Copa do Mundo, o Atlético-PR trocou Fernando Diniz – que tem boas ideias, mas peca na execução – por Tiago Nunes, que foi Campeão Paranaense este ano com a “equipe B” do Furacão e deu certo no time principal. Nunes defende hoje uma invencibilidade de 9 jogos à frente da equipe e uma série de 4 vitórias seguidas na competição. A boa série tirou o rubro-negro da lanterna do Brasileirão e o levou para a 9ª colocação, com uma campanha que tem 7 vitórias, 6 empates, 8 derrotas e 27 pontos conquistados.

 

Joga para encostar no líder

Precisando somar pontos para se manter próximo do São Paulo – e contando também com algum novo tropeço do líder – o Palmeiras não deverá poupar muitos titulares para o jogo de hoje. Duas grandes mudanças devem acontecer: Marcos Rocha, recuperado de dores no joelho, substitui o cansado Mayke na lateral-direita e Fernando Prass poderá substituir Weverton que se queixa de dores musculares e deverá ser poupado. No mais, a base da equipe segue a mesma para tentar garantir os 3 pontos hoje.

Para o jogo do próximo domingo, contra o Corinthians, entretanto, Felipão adiantou que deverá mandar uma equipe totalmente diferente, pensando, evidentemente, no duelo pela semifinal da Copa do Brasil contra o Cruzeiro na próxima quarta-feira.

Com chances de título em três frentes – Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil – Felipão, que nunca foi um grande estrategista, roda, inteligentemente o numeroso – e qualificado – elenco do Palmeiras e colhe os frutos disso. Levar a “tríplice coroa” é muito difícil, Mas não acreditar, hoje, nesta possibilidade seria tolice.

 

Joga para se afastar de vez do Z-4

Os 12 pontos conquistados nos últimos 4 jogos, lançaram o Atlético-PR para a metade superior da tabela e colocaram o Furacão nos calcanhares do Corinthians, 8º colocado. Uma vitória hoje, não apenas deixará o time paranaense mais distante do rebaixamento como também, dependendo da combinação de resultados, o deixará mais próximo da luta pela 6ª colocação – hoje nas mãos do Atlético-MG, com 35 pontos.

Para conseguir seu objetivo, o técnico Tiago Nunes fará mudanças pontuais na equipe que venceu o Bahia por 2 a 0 na última rodada. Suspenso (e impedido de jogar por força contratual), Raphael Veiga dará lugar a Bruno Nazário enquanto que Lucho González reassume a titularidade mandando Bruno Guimarães de volta para o banco de reservas. No mais, o Furacão segue o mesmo que vem colhendo bons frutos nas últimas 9 rodadas.

 

Possíveis escalações

Palmeiras

Mexendo pouco no time, o mais provável é que o Verdão comece o jogo com a seguinte formação:

Fernando Prass (Weverton); Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Thiago Santos, Felipe Melo e Moisés; Willian, Dudu e Borja.

Atlético-PR

Como em time que está ganhando não se mexe, Tiago Nunes deverá mandar à campo o Furacão com os seguintes jogadores:

Santos; Jonathan, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington e Lucho González; Nikão, Bruno Nazário e Marcinho; Pablo.

 

Palpite para Palmeiras x Atlético-PR

O Palmeiras tem pela frente uma sequência complicada de jogos: Atlético-PR hoje, Corinthians no domingo e Cruzeiro, pela Copa do Brasil, na próxima quarta-feira. Faz sentido a opção de Felipão em colocar um time bem próximo do ideal para o jogo de hoje e poupar atletas no Dérbi: o desempenho recente do Atlético-PR é muito superior ao do Corinthians – mesmo que, como visitante, o Furacão tenha conquistado apenas 5 pontos em 30 possíveis nos últimos 10 jogos.

Apesar de vir embalado por uma boa sequência de resultados, o Atlético-PR não deverá ser páreo para este Palmeiras que, mesmo sem grande brilho, alcançou um aproveitamento de campeão sob o comando de Felipão. O empate é uma possibilidade, mas a vitória do Verdão é um resultado muito mais provável.

 

JOGOS DA 23ª RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE A 2018

QUARTA-FEIRA, 5 DE SETEMBRO
  • 19:30 – Bahia x Sport – Palpite: Empate
  • 19:30 – Botafogo x Cruzeiro – Palpite: Cruzeiro
  • 20:00 – Ceará x Corinthians – Palpite: Empate
  • 21:00 – Paraná x Chapecoense – Palpite: Paraná
  • 21:00 – Palmeiras x Atlético-PR – Palpite: Palmeiras
  • 21:45 – Atlético-MG x São Paulo – Palpite: Empate
  • 21:45 – Internacional x Flamengo – Palpite: Internacional
QUINTA-FEIRA, 6 DE SETEMBRO
  • 19:00 – Fluminense x Vitória – Palpite: Fluminense
  • 19:00 – Santos x Grêmio – Palpite: Empate
  • 20:00 – América-MG x Vasco – Palpite: América-MG

 

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO BRASILEIRO 2018

  1. São Paulo, 46 – Libertadores
  2. Internacional, 43 – Libertadores
  3. Flamengo, 41 – Libertadores
  4. Grêmio, 40 – Libertadores
  5. Palmeiras, 40 – Pré-Libertadores
  6. Atlético-MG, 35 – Pré-Libertadores
  7. Cruzeiro, 31 – Copa Sul-Americana
  8. Corinthians, 30 – Copa Sul-Americana
  9. Atlético-PR, 27 – Copa Sul-Americana
  10. Santos, 27 – Copa Sul-Americana
  11. Fluminense, 27 – Copa Sul-Americana
  12. América-MG, 26 – Copa Sul-Americana
  13. Vitória, 25
  14. Bahia, 25
  15. Botafogo, 25
  16. Vasco, 24
  17. Sport, 23 – Série B
  18. Chapecoense, 21 – Série B
  19. Ceará, 20 – Série B
  20. Paraná Clube, 15 – Série B

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Atlético-MG x Atlético-PR, pela 24ª rodada do Brasileirão | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar