Ganhador.com

Humor

Paixão Nacional: de novo?

Parece que o Palmeiras de 2018 decidiu “imitar” o Palmeiras de 2017 e após um grande início de temporada teve dois tropeços importantes em menos de uma semana.

Tudo começou na incapacidade gritante do Verdão em furar a retranca do Corinthians no segundo jogo da final do Campeonato Paulista no último dia 8. O gol de Rodriguinho no primeiro minuto da partida foi o suficiente para levar a decisão para os pênaltis – apesar de o todo-poderoso Palmeiras ter mais de 90 minutos para conseguir o gol salvador que lhe daria o título. Fora a questão do “pênalti que foi sem nunca ter sido”, o problema maior foi a falta de criatividade do meio-campo palmeirense que aceitou passivamente a marcação alvinegra.

E o mesmo aconteceu na última quarta-feira, quando, pela Libertadores, recebeu o Boca Juniors no Allianz Parque e aceitou a catimba e a cera argentina pouco ameaçando o gol de Rossi. O gol de Keno saiu no final do segundo tempo e o empate, de Tévez, nos acréscimos. Muito pouco para um time que foi montado – assim como o 2017 – para ganhar tudo.

A impressão que se tem é a de que o Palmeiras não aprendeu nada na temporada passada quando teve 3 técnicos, um grande elenco e nenhum time. 2018 começa com um elenco ainda melhor, um bom técnico e, mais uma vez, sem time . Se isso não mudar logo, a nonna ficará ainda mais irritada até o final da temporada.

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Palmeiras muda em busca da 1ª vitória | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar