Ganhador.com

Humor

Paixão Nacional: aprimoramento

Tudo resolvido

A solução da Comissão de Arbitragem após os erros da 27ª rodada do Brasileirão.

Agindo de maneira rápida a CBF, na figura do coronel Marinho, seu chefe arbitragem, encontrou a solução para os problemas (erros) cometidos pelos trios de arbitragem envolvidos nos jogos entre Palmeiras x Cruzeiro, Internacional x Vitória e Santos x Atlético-PR durante a 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. A entidade, “brilhantemente”, determinou que os árbitros Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA), Sávio Pereira Sampaio (DF), Caio Max Augusto Vieira (RN) e os assistentes Hélcio Araújo Neves (PA), Heronildo Freitas da Silva (PA), Daniel Henrique da Silva Andrade (DF), Ciro Chaban Junqueira (DF), Jean Márcio Santos (RN) e Vinícius Melo de Lima (RN) sejam “rebaixados” e passem um período apitando jogos da Série B.

É o jeito CBF de fazer reprimenda de vó – “meninos feios, não comeram os legumes e agora vão ficar sem sobremesa”. Os “legumes” no caso são os lances de mão na bola fora da área que foram marcados como pênaltis em Palmeiras x Cruzeiro e Internacional x Vitória e o encontrão entre Rony, do Atlético-PR, e Dodô, do Santos, interpretado como pênalti por Caio Max. E o “ficar sem sobremesa” é serem “rebaixados” para a Série B, onde ficarão sob observação por algumas rodadas até mostrarem que se são mesmo trios dignos de Série A – numa nítida mostra do quanto a entidade se importa com a segunda divisão – quando o mais certo seria mandá-los para um aprimoramento e reciclagem.

E assim seguimos com nosso futebol de segunda categoria, inexplicavelmente, pentacampeão mundial.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar