Ganhador.com

Copa do Mundo 2026

Oficializou-se o que todo mundo já sabia: a Copa do Mundo de 2026 será na América do Norte

Anúncio da sede da Copa do Mundo 2026
Foto: Mike Hewitt - FIFA/FIFA via Getty Images

Canadá, Estados Unidos e México receberão os jogos da competição

Primeira fase final de Copa do Mundo com 48 seleções será distribuída entre três países, todos membros da CONCACAF: Canadá, Estados Unidos e México. Conheça detalhes de como foi a votação e como será a edição de 2026 abaixo.

 

Como foi a votação?

A proposta da América do Norte recebeu 134 votos dos 203 possíveis e foi escolhida como sede para abrigar a Copa do Mundo de 2026. Será o primeiro Mundial com 48 times e o primeiro a ser dividido entre três países, que devem receber vagas automáticas para suas equipes. A única Copa dividida até o presente momento foi a de 2002, realizada em conjunto por Coreia do Sul e Japão.

A candidatura do Marrocos recolheu apenas 65 votos e sai derrotada mais uma vez da assembleia da FIFA, que pela primeira vez teve uma votação aberta, em vez dela ser feita pelo comitê executivo, que reunia 24 dirigentes. Os marroquinos haviam pleiteado anteriormente as edições de 1994, 1998, 2006 e 2010.

Na votação desta quarta-feira, Cuba, Eslovênia e Espanha se abstiveram. Já o Irã rejeitou ambas as candidaturas.

Os países candidatos não puderam votar: Canadá, Estados Unidos, Marrocos e México). Os territórios norte-americanos tampouco tiveram este direito: Guam, Ilhas Virgens Americanas e Porto Rico. Já Gana, tampouco pode manifestar seu desejo uma vez que o presidente de sua federação se encontra preso sob acusação de corrupção.

 

Como será a Copa do Mundo de 2026?

Apesar de dizerem que a Copa será na América do Norte, quase toda ela se passará nos Estados Unidos. Para ser bem preciso, três quartos dela. Canadá e México receberão na primeira fase, sete partidas cada. Eles também terão direito a duas pelejas da segunda etapa e a uma das oitavas de final. Um total de dez espetáculo para cada.

Enquanto isso, o Tio Sam ficará responsável por 60 duelos. Serão 34 da fase de grupos, doze das 16as de final, seis das oitavas, as quartas de final, as semifinais, a final e a disputa do terceiro lugar.

 

Os estádios

O comitê organizador ainda não bateu o martelo sobre quais, nem o número de praças que serão utilizadas. No começo do projeto, chegamos a ter 49 arenas inscritas e este número foi reduzido para 23. É possível cair ainda mais.

Canadá:

  • Edmonton: Estádio da Commonwealth, 56 mil.
  • Montreal: Estádio Olímpico, 61 mil.
  • Toronto: BMO Field, 30 mil.

Estados Unidos:

  • Atlanta: Estádio Mercedes-Benz, 75 mil.
  • Baltimore: Estádio Banco M&T, 71 mil.
  • Boston: Estádio Gillette, 66 mil.
  • Cincinnati: Estádio Paul Brown, 66 mil.
  • Dallas: Estádio AT&T, 80 mil.
  • Denver: Sports Authority Field, 76 mil.
  • Filadélfia: Lincoln Financial Field, 69 mil.
  • Houston: Estádio NRG, 72 mil.
  • Los Angeles: Rose Bowl, 92 mil.
  • Miami: Estádio Hard Rock, 65 mil.
  • Kansas City: Estádio Arrowhead, 76 mil.
  • Nashville: Estádio Nissan, 69 mil.
  • Nova York: Metlife, 83 mil.
  • Orlando: Estádio Camping World, 60 mil.
  • San Francisco: Estádio Levi’s, 69 mil.
  • Seattle: CenturyLink Field, 69 mil.
  • Washington DC: FedexField, 82 mil.

México:

  • Cidade do México: Azteca, 88 mil.
  • Guadalajara: Estádio Akron, 46 mil.
  • Monterrey: Estádio BBVA Bancomer: 54 mil.

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Onde serão as Copas do Mundo de 2022, 2026 e 2030? | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar