Futebol Europeu

No Porto, festa com vinho; em Moscou, comemoração com vodka; em Salzburgo alegria com Red Bull: saíram mais sete campeões europeus

FC Porto Campeão Português 2018
Foto: MIGUEL RIOPA/AFP/Getty Images

Andorra, Áustria, Bósnia & Herzegovina, Eslováquia, Inglaterra, Portugal e Rússia

A temporada europeia vai chegando ao fim, os campeões continuam a ser definidos e as vagas nas competições da UEFA de 2018/19 já estão praticamente todas elas preenchidas. Confira um pequeno resumo da história vitoriosa de mais sete campeões, que fizeram por merecer.

 

Porto campeão português

Na penúltima rodada da Primeira Liga portuguesa, Benfica e Sporting fizeram o clássico lisboeta que terminou sem gols. O resultado foi perfeito para o Porto que bateu o Feirense por 2 a 1 e festejou o título nacional, ao atingir 85 pontos.

O Dragão está garantido na fase de grupos da próxima Champions League. Os outros dois gigantes estão empatados com 78 pontos e decidem na última rodada quem vai para etapa preliminar da principal competição interclubes do planeta. O Braga também tem remotas possibilidades de terminar em segundo lugar, mas deve se contentar mesmo com a Liga Europa.

Os rebaixados não foram definidos. Moreirense, Feirense, Vitória de Setúbal, Paços de Ferreira e Estoril estão no bolo e tentam não terminar nas duas últimas posições.

Na segundona, o Nacional, da Ilha da Madeira, ficou com a taça. Santa Clara e Acadêmica lutam pela última vaga na elite.

 

Lokomotiv de Moscou campeão russo

O português Eder se transformou no mais novo herói moscovita. Ele marcou aos 42′ do segundo tempo o gol que fez como que a Locomotiva derrotasse o Zenit de São Petersburgo por 1 a 0, coroasse a campanha dos rubroverdes e encerrasse o jejum, que vinha desde 2004. O brasileiro Ari, revelado no Fortaleza, faz parte do plantel medalhista de ouro.

Agora, o Lokomotiv de Moscou já sonha com a Champions League, onde começa na etapa principal, junto com o vice-campeão (briga boa entre Spartak de Moscou e CSKA de Moscou).

Já carimbaram os passaportes para a Liga Europa: Krasnodar e Zenit de São Petersburgo.

O SKA-Khabarovsk é o primeiro rebaixado. Os dois que sobem já foram definidos: Orenburgo e Krylia Sovetov Samara.

 

Red Bull Salzburgo pentacampeão austríaco

Com gols de Hwang-Hee-Chan, Caleta-Car, Onguéné e Dabour, o Red Bull Salzburgo goleou o Sturm Graz e conquistou mais uma Bundesliga para sua coleção. Desde que a bebida energética desembarcou na cidade, o time de futebol levanta quase todos os troféus do país. Em 33 partidas realizadas até agora, os Touros venceram 23, empataram oito e perderam apenas duas.

Red Bull Salzburgo e Sturm Graz seguem para as fases preliminares da Champions League. Rapid Viena, LASK Linz e Admira Wacker jogam a Liga Europa.

No outro extremo da tábua, o St. Pölten terá que disputar um torneio da morte para saber se fica ou se sai da primeira divisão. É que o certame será ampliado para onze clubes em 2018/19. Um dos novos participantes será o Wacker Innsbruck.

 

Wigan Athletic campeão da League 1

O Wigan Athletic, aquele que eliminou o Manchester City da FA Cup, foi finalmente reconhecido e subiu no lugar mais alto do pódio da League 1, a terceirona inglesa. Ele foi promovido junto com o tradicional Blackburn Rovers. Shrewsbury Town, Rotherham United, Scunthorpe United e Charlton Athletic decidem nos playoffs o outro merecedor de concorrer na Championship.

Oldham Athletic, Northampton Town, Milton Keynes Dons e Bury descem mais um degrau em 2018/19.

 

Spartak Trnava campeão eslovaco

A espera de cinco anos chegou ao fim para os Anjos Brancos. A nação pode soltar o grito da garganta, pois o rubro-negro voltou a ser o melhor da Eslováquia e participará da próxima Champions League.

Dunajska Streda e Estrela de Bratislava desfilam na Liga Europa. Resta saber se a última vaga será do Zilina ou do Trencin.

 

Torneios definidos em Andorra e Bósnia & Herzegovina

Andorra só tem oito clubes na primeira divisão. Após três turnos, os quatro melhores decidem o título num quadrangular e os quatro piores se esforçam para não irem para a forca. O Santa Coloma foi o melhor da primeira fase, com 48 pontos, e se manteve assim na etapa final. Será que o Pombo consegue surpreender na Champions League? Difícil, né? O Engordany confirmou presença na Liga Europa.

O Zrinjski Mostar deu a volta olímpica pela segunda vez consecutiva na Bósnia & Herzegovina. Os de uniforme semelhante ao da seleção peruana acumulou 66 pontos e desbancou o Zeljeznicar Sarajevo, que parou nos 60. Aliás, a cidade olímpica de inverno de 1984 terá seus dois maiores clubes na Liga Europa. O outro é o FK Sarajevo. Você deve estar preocupado com quem foi degolado, certo? Pois anote aí: Celik Zenica e Vitez.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.