Surfe

Mundial de Surfe: Gabriel Medina pode ser campeão na etapa de Portugal; Filipinho e Wilson seguem na briga

O surfista Gabriel Medina
Foto: Reprodução/Instagram Gabriel Medina

Os candidatos ao título do Mundial de Surfe de 2018, Gabriel Medina, Filipe Toledo e Julian Wilson, seguiram para a 3ª rodada na abertura do MEO Rip Curl Pro Portugal, nesta terça-feira (16). Enquanto Medina e Wilson se classificaram com poucos problemas, a derrota na primeira rodada obrigou Toledo a vencer no segundo round (repescagem) no fim do dia.

Palpite: Gabriel Medina vencerá a etapa de Portugal da WSL, com odds a 5,00 no Bet365.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

(5,00) Gabriel Medina x (6,50) Felipe Toledo x (6,50) Julian Wilson

Com os três surfistas vivos na briga pelo título, em Peniche, as projeções seguem otimistas para o título de Medina nas ondas portuguesas, com Filipinho, que liderou até a realização da etapa de Hossegor, na França, e Wilson, vencedor da competição francesa, com as mesmas cotas.

10ª etapa do Campeonato Mundial de Surfe (WCT) 2018, em Peniche, na França, previsto para acontecer até o dia 27 de outubro.

Por que Gabriel Medina é favorito?

“Sinto que após os resultados na França, o momento é favorável a Gabe (Medina) e Julian”, palavras do tricampeão mundial Mick Fanning.

A análise de Fanning mostrou-se correta, com Wilson e Medina utilizando seu arsenal completo para apresentar algumas das melhores pontuações nas baterias do dia. E Medina foi implacável no Round 1. Aliás, ele é o único surfista que pode conquistar o título mundial em Portugal, penúltima etapa do WCT. Gabriel pegou um total de 11 ondas, quando registrou uma pontuação de 13.17, em mais uma exibição em que desfilou excelente técnica e confiança.

Aliás, Medina é o atual vencedor em Peniche, quando lutava pelo mundial no ano passado, que teve como campeão John John Florence, em Pipeline – mas que vive um 2018 para esquecer, com problemas de contusão que o impediram de lutar pelo tri. Por isso, Gabe, campeão em 2014, chega com muita força para faturar o MEO Rip Curl Pro Portugal.

Julian Wilson e Filipe Toledo: respeitados azarões

Julian Wilson foi o primeiro a dar um show em Peniche. Ele começou com 7,50 de cara. Ele então recuou com uma única manobra em uma enorme seção de encerramento. O movimento mostrou tal nível de risco, comprometimento e ousadia, que os juízes o recompensaram com um 7,0.

Falando em pressão, Filipe Toledo, que perdeu na rodada inaugural para o compatriota Tomas Hermes, se recuperou contra o wildcard e também brasileiro Samuel Pupo, sabendo que uma derrota acabaria com sua campanha em Portugal. Toledo se vê pressionado, já que liderou a maior parte do circuito, mas vem caindo de rendimento na fase final. Ele é mais azarão que Wilson.

Baterias do 1º round

  • Owen Wright (AUS) 6.50 x Ezekiel Lau (HAW) 9.00 x Ryan Callinan (AUS) 9.53
  • Jordy Smith (AFS) 9.73 x Yago Dora (BRA) 5.57 x Keanu Asing (HAV) 4.54
  • Ítalo Ferreira (BRA) 10.94 x Frederico Morais (POR) 6.20 x Wiggolly Dantas (BRA) 4.43
  • Julian Wilson (AUS) 14.50 x Connor O’Leary (AUS) 12.00 x Vasco Ribeiro (POR) 9.47
  • Filipe Toledo (BRA) 9,56 x Tomas Hermes (BRA) 10,50 x Miguel Blanco (POR) 4,17
  • Gabriel Medina (BRA) 13.17 x Patrick Gudauskas (USA) 4.77 x Samuel Pupo (BRA) 6.03
  • Wade Carmichael (AUS) 5.80 x Adrian Buchan (AUS) 9.10 x Miguel Pupo (BRA) 8.30
  • Conner Coffin (EUA) 12.16 x Griffin Colapinto (EUA) 10.17 x Joan Duru (FRA) 3.17
  • Kolohe Andino (EUA) 5.76 x Jeremy Flores (FRA) 1.80 x Ian Gouveia (BRA) 11.50
  • Willian Cardoso (BRA) 7.03 x Sebastian Zietz (HAW) 2.54 x Jesse Mendes (BRA) 8.83
  • Kanoa Igarashi (JPN) 17.77 x Adriano de Souza (BRA) 6.17 x Matt Wilkinson (AUS) 6.77
  • Michel Bourez (PYF) 10.47 x Michael Rodrigues (BRA) 1.67 x Michael February (AFS) 6.73

Baterias do 2º round

  • Filipe Toledo (BRA) 12.67 x 5.03 Samuel Pupo (BRA)
  • Owen Wright (AUS) 9.33 x 7.73 Miguel Blanco (POR)
  • Wade Carmichael (AUS)03 x 7.90 Vasco Ribeiro (POR)
  • Kolohe Andino (EUA) 12.33 x 9.73 Wiggolly Dantas (BRA)
  • Willian Cardoso (BRA) 9.93 x 8.67 Keanu Asing (HAV)
  • Michael Rodrigues (BRA) 13.00 x 10.10 Miguel Pupo (BRA)

Cotas das disputas restantes do 2º round (17/10)

  • (1,33) Adriano de Souza x Joan Duru (3,25)
  • (1,53) Sebastian Zietz x Matt Wilkinson (2,50)
  • (1,40) Jeremy Flores x Michael February (2,95)
  • (1,36) Griffin Colapinto x Patrick Gudauskas (3,10)
  • (1,66) Ezekiel Lau x Connor O’Leary (3,10)
  • (1,95) Yago Dora x Frederico Morais (1,85)

Cotas das disputas já definidas no 3º round

  • (1,61) Michel Bourez x Michael Rodrigues (2,30)
  • (1,45) Gabriel Medina x Ryan Callinan (2,75)

 

Cotas para os favoritos na etapa de Portugal do Mundial de Surfe 2018

  • Gabriel Medina – 4,50
  • Filipe Toledo – 6,50
  • Julian Wilson – 6,50
  • Ítalo Ferreira – 10,00
  • Jordy Smith – 11,00
  • Kolohe Andino – 17,00
  • Griffin Colapinto – 21,00
  • Conner Coffin – 21,00
  • Ryan Callinan – 23,00
  • Wade Carmichael – 26,00
  • Owen Wright – 26,00
  • Kanoa Igarashi – 26,00
  • Michel Bourez – 26,00
  • Sebastian Zietz – 31,00
  • Jeremy Flores – 34,00
  • Adrian Buchan – 41,00
  • Adriano de Souza – 41,00
  • Frederico Morais – 41,00
  • Michael Rodrigues – 41,00
  • William Cardoso – 51,00
  • Yago Dora – 51,00
  • Matt Wilkinson – 67,00
  • Connor O’Leary – 67,00
  • Ezekiel Lau – 67,00
  • Joan Duru – 81,00
  • Jesse Mendes – 81,00
  • Ian Gouveia – 81,00
  • Patrick Gudauskas – 101,00
  • Michael February – 101,00
  • Tomas Hermes – 101,00

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar