UFC

Junior Cigano tem volta ao UFC anunciada e divisão dos pesados pode sacudir ainda mais

Foto: Divulgação/UFC

Depois de ter seu caso de doping esclarecido e sua punição reduzida para seis meses, o que o deixa livre para voltar ao octógono mais famoso do mundo, Junior Cigano está de compromisso marcado no maior evento de MMA do mundo. O ex-campeão dos pesados foi confirmado na luta principal do UFC Fight Night que acontece em Boise (EUA), no dia 14 de julho. Ele enfrenta o lutador búlgaro Blagoy Ivanov, que fará sua primeira apresentação dentro do octógono do Ultimate.

Cigano foi, junto a Rogério Minotouro e Marcoz Pezão, flagrado no doping no ano passado, mas teve seu caso esclarecido. Após investigação conduzida pela Usada (Agência Antidoping dos Estados Unidos), os três brasileiros foram declarados inocentes no caso devido a comprovação de que seus suplementos haviam sido contaminados pelo laboratório responsável e assim tiveram suas penas reduzidas para seis meses. Com o caso esclarecido, o brasileiro pode voltar a trabalhar no topo da categoria dos pesados.

Cigano não luta desde maio do ano passado, quando pelo UFC 211 acabou nocauteado pelo campeão Stipe Miocic, em disputa de cinturão realizada em Dallas (EUA). Ele chegou a ser escalado para enfrentar Francis Ngannou no segundo semestre da temporada passada, mas o caso de doping o afastou do octógono e, de quebra, o fez sair do ranking. Quando voltar, acredito que ele volte a figurar no top 5 da divisão. Cigano tem um nome forte no MMA e qualquer vitória expressiva recoloca o catarinense na briga pelo título.

Blagoy Ivanov me parece um bom rival para encarar Cigano em seu retorno. Embora esteja diante de sua primeira luta no Ultimate, o búlgaro é peso-pesado de respeito. Ele soma cinco vitórias consecutivas (duas por nocaute, uma por finalização e duas por decisão) e é ex-campeão dos pesados do WSOF, um dos maiores eventos de MMA do mundo. Não é nenhuma bomba que pode acabar sendo uma missão difícil pro brasileiro que voltará a lutar após mais de um ano parado, mas também está longe de ser um cachorro morto que facilitará o retorno de Cigano.

Sem contar que Cigano voltará logo fazendo uma luta principal, o que comprova sua expressividade dentro da categoria dos pesados. Uma vitória boa e ele já entra na discussão de uma disputa de cinturão, embora a situação atual da divisão seja diferente. Existem vários novos talentos chegando ao topo e Cigano pode fazer boa luta contra todos eles. Sua volta ao octógono só tem a acrescentar à categoria, que durante anos sofreu com a falta de novidades. Agora, com nomes como Alexander Volkov, Curtis Blaydes e Francis Ngannou, astros como Junior Cigano, Fabricio Werdum e Cain Veláquez podem voltar à ativa com boas opções de combate. Quem ganha é o fã de lutas!

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar